Blog Diferente Para Ser Diferente

Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Quem tem pet sabe o quanto esses animais são insubstituíveis em nossa vida, sendo parte da família. Mas assim como nós, seres humanos, eles também precisam realizar exames periódicos para manter a saúde em dia.


Afinal de contas, os animais também são acometidos por doenças silenciosas e quanto mais cedo é o diagnóstico, maiores são as chances de cura.


Por isso, além de levar o seu pet para o tradicional banho e tosa higiênica, vale a pena ter ao lado um consultório veterinário de confiança, para fazer o check-up completo da saúde do seu melhor amigo.


No artigo de hoje, saiba quais são os exames que o seu pet deve fazer periodicamente. Acompanhe a leitura!



Exame de sangue

O exame de sangue é o principal teste de avaliação da condição de saúde do seu animal de estimação. Por meio dele, é possível verificar a quantidade de células, sendo possível diagnosticar condições de anemia ou demais doenças relacionadas.


Além do mais, o exame de sangue traz informações importantes sobre problemas de colesterol alto, diabetes e até mesmo enfermidades causadas pelo carrapato.


Normalmente, é recomendável que os animais façam a coleta de sangue para análise pelo menos uma vez ao ano. Porém, dependendo das condições do pet (idade, histórico de doenças, etc.), o veterinário pode requisitar o exame em um intervalo menor.

Exame de urina e fezes

O exame de urina e fezes é usado para verificar se o pet está com alguma verminose ou falta de nutrientes. Inclusive, a administração de vermífugos é indicada a cada 6 meses, ou anualmente, dependendo das características do animal.


A grande vantagem é que a maioria dos vermífugos é facilmente encontrada em clínicas, lojas de pet banho e tosa, farmácias e consultórios médicos, tendo um preço acessível.


Quando o animal está com uma grande quantidade de vermes, eles geralmente são vistos a olho nu nas fezes. Por isso, vale a pena ficar de olho nos excrementos do seu pet. Já o exame de urina é usado para identificar as condições renais e de digestão.

Exame retal

O exame retal, embora seja bastante desconfortável para os animais, é um dos testes mais importantes para avaliar as condições de saúde dos pets - principalmente, quando há sintomas de dor ao defecar.


Através desse exame, é possível identificar a presença de tumores em cães e gatos mais velhos, além de condições relacionadas à subnutrição.


Quando é constatado alguma inconformidade, o pet pode ser submetido a outros exames, indo até uma clínica veterinária raio x para fazer tomografias dos órgãos.

Exame oftalmológico

Depois que o animal atinge uma certa idade, é importante realizar alguns exames mais específicos, como é o caso da análise oftalmológica.


É comum que alguns animais percam gradativamente a visão quando mais velhos. Sendo assim, o check up de saúde também deve envolver o exame do globo ocular.


Aliás, alguns sinais de cegueira animal são muito evidentes, como:


  • Dificuldade para enxergar à noite;
  • Mudança da cor dos olhos;
  • Presença de secreção nos olhos;
  • Falta de orientação de espaço;
  • Isolamento e apatia.

Sendo assim, devemos ficar atentos aos sinais que nossos pets nos dão, pois eles podem ser resultantes de alguma doença silenciosa.

Ultrassonografia

A ultrassonografia é especialmente indicada para as fêmeas, principalmente quando há suspeita de gravidez.


O médico veterinário precisa acompanhar de perto o desenvolvimento dos filhotes, para garantir que o animal tenha condições de realizar o parto, de maneira saudável tanto para a mãe quanto para os filhos.


Além disso, o ultrassom ajuda a identificar possíveis problemas de saúde e preveni-los, antes que possam se agravar e prejudicar a saúde do animal.

Exame odontológico

O exame odontológico também é recomendado para os animais mais velhos. Os cães, por exemplo, costumam ficar com os dentes desgastados na velhice, além de desenvolver cáries, tártaro e perda dentária por falta de cálcio.


Esses problemas podem atingir o seu pet de outras maneiras, causando desnutrição e complicações no estômago. Por esse motivo, é fundamental levar o seu pet até um especialista em saúde dentária.

Conclusão

Ter um animal de estimação vai muito além de levá-lo em um restaurante pet friendly e passear com ele após o expediente. É preciso ter dedicação e cuidar da saúde dele, afinal de contas, os animais também sofrem de muitas doenças, como os humanos.


Por essa razão, realizar um check-up periódico no seu pet é a melhor maneira de prevenir e diagnosticar eventuais problemas. Lembre-se que quanto mais velho é o animal, os cuidados devem ser redobrados.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!


 Atenção: Antes de sair nos ajude clicando aqui para nossa página inicial

GeraLinks - Agregador de links