Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Longe do desconforto, esta tendência contemporânea visa o bem-estar e a praticidade, sem deixar de lado a sofisticação

Foi-se o tempo em que moda e desconforto eram sinônimos. Já não é segredo para ninguém que sapatos bonitos e confortáveis podem e devem ser um único produto. Da mesma maneira, roupas que apertam e cintas que se propõem a diminuir a circunferência da cintura estão sendo, cada vez mais, sendo abandonadas.

Além dessas mudanças terem forte influência dos discursos de aceitação da diversidade dos corpos, que vêm ganhando força nos últimos anos, acompanhadas da necessidade de ter peças práticas e elegantes na rotina diária, o que vem sendo chamado de moda comfy é uma verdadeira tendência, que já está ganhando as passarelas e as ruas de todo o mundo.

O conceito é simples: unir conforto e beleza. Algo que, na verdade, apenas se propõe a atender uma demanda contemporânea.


Comparação com o minimalismo

Por deixar de lado peças que apertam o corpo ou causam qualquer tipo de desconforto, focando na funcionalidade do vestuário e na textura dos tecidos, a moda comfy anda de mãos dadas com outra tendência que está em alta já há alguns anos: o minimalismo.

Assim como o minimalismo, a moda comfy investe em cortes retos e roupas ligeiramente largas. Apesar disso, porém, nem toda peça minimalista é comfy, e nem toda peça comfy é minimalista.

A principal diferença é que o minimalismo, de maneira geral, dispensa estampas. Já a moda comfy as recebe muito bem. Assim, quem quiser aderir ao estilo deve ter em mente que, além de uma padronagem de cores e estrutura das roupas, a regra de ouro dessa tendência é o conforto.

Herança do Juicy Couture

Engana-se quem pensa que esse esforço de unir moda e conforto é algo recente. No início dos anos 2000, o que ficou conhecido como Juicy Couture experienciou uma tendência enorme que, sem dúvidas, influencia a moda comfy dos dias atuais.

Além de ser o estilo referente a esse momento, Juicy Couture é o nome da marca que está ativa até hoje, produzindo peças esportivas, confortáveis e, em sua maioria, monocromáticas.

Até o final dos anos 1990, a moda era bastante influenciada pelas divas pop do momento, que se vestiam de maneira mais extravagante, com muito brilho e cor. Juicy Couture veio em seguida para contrapor essa tendência.

Assim como em outras manifestações criativas, tais como a arte e a literatura, a moda é cíclica. Uma tendência é sempre uma resposta a algo anterior. O fato de que os anos 90 foram marcados pelo brilho e pela extravagância deu lugar para que a moda seguinte fosse mais confortável.

Em entrevista recente à revista Vogue estadunidense, a empresária Paris Hilton relembra sua influência para a disseminação de tendências no passado. Na ocasião, Hilton participou do reality show Simple Life e utilizou diversos conjuntos de Juicy Couture enquanto o programa foi gravado.

Ao fim das gravações, ela passou a utilizá-los nas mais diversas ocasiões, desde eventos importantes até uma rápida ida a sorveteria. Depois disso, a moda virou uma febre.

A edição da Vogue ainda destaca a influência desse momento recente da história na moda para o que vem acontecendo, enfatizando que o que era exclusivo de uma única marca na época, hoje, é abraçado até por gigantes, como Gucci e Balenciaga.

Contudo, a diferença entre Juicy Couture e moda comfy está no fato de que a primeira se inspira no mundo esportivo, já a segunda não se limita a um estilo específico, podendo ter peças com cortes e designs extremamente sofisticados, desde que, é claro, eles sejam confortáveis.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!