Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Ingestão de alimentos corretos beneficia o corpo, aumente a longevidade e evita doenças

A alimentação é um dos principais fatores que promovem a saúde de nosso corpo e mente. É por meio dela que adquirimos todos os nutrientes necessários para que os processos metabólicos aconteçam. Ela também está diretamente relacionada a como nos sentimos e, consequentemente, nosso nível de disposição.

Além disso, comer é um ato de prazer. O paladar é o sentido que mais estimulamos conscientemente. Todo mundo adora saborear aquela comida gostosa, que dá água na boca só de imaginar. Assim, é importante dizer que equilibrar saúde e sabor é uma tarefa mais fácil do que se imagina, seja na hora de organizar a marmita da semana ou visitar seu restaurante preferido no feriado.

Invista em alimentos crus

A nutricionista Rafaelly Cristina Silva nos alerta: vegetais, hortaliças e frutas são mais saudáveis quando consumidos crus. Isso acontece porque, dessa forma, vitaminas, minerais e fibras estão intactos. Além disso, eles dão maior sensação de saciedade e fornecem mais energia que os alimentos cozidos.

Vale lembrar, porém, que nem todos os alimentos podem ser consumidos crus. Grãos, por exemplo, devem estar sempre cozidos. Tubérculos, como a batata, também entram nesta lista, assim como as carnes.

Apesar de alguns pratos, como sushi e carpaccio, levarem carnes cruas em suas receitas, o consumo neste estado é bastante arriscado, devido à fácil contaminação, especialmente, quando não se tem certeza da origem do alimento.

Evite alimentos processados

As comidas processadas estão no extremo oposto da alimentação crua. Trata-se de produtos alimentícios que foram industrializados e passaram por diversos processos de refinamento e reestruturação de suas moléculas, perdendo, assim, grande parte de seus nutrientes.

Por essa razão, a digestão acaba sendo um processo energeticamente negativo. Ou seja, gasta-se energia para digerir um alimento que não fornece benefícios, o que pode levar, aos poucos, algumas partes do corpo à exaustão. O ideal é que essas comidas não sejam ingeridas. Contudo, se forem, elas não devem fazer parte da rotina, estando presentes, no máximo, uma vez na semana em seu prato.

Consuma menos leite e derivados

Apesar de a cultura láctea ser extremamente difundida na sociedade, o leite de outros animais não é saudável para o corpo humano. O motivo é simples: ele foi desenvolvido para o crescimento de filhotes de outras espécies.

Pesquisadores da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, uma das mais renomadas do mundo, retiraram o leite da pirâmide alimentar em 2013. Na ocasião, um estudo foi conduzido, diagnosticando que o consumo de leite animal, na verdade, é prejudicial para o corpo humano.

Fuja do sódio

O excesso de sódio na alimentação é tão prejudicial para a saúde que uma campanha para a redução desta substância faz parte de um plano desenvolvido pelo Ministério da Saúde para reduzir doenças relacionadas à obesidade.

Entre os diversos problemas causados pelo excesso do mineral, estão o acúmulo de água no corpo e a consequente retirada de cálcio dos ossos, como forma de compensar a densidade dos fluidos corpóreos. Alimentos industrializados e carnes embutidas estão entre os principais vilões nesse quesito, devido à grande quantidade de sódio que eles têm em sua composição.

A nutricionista Andrea Catalani, pesquisadora do Centro de Referência para Prevenção de Doenças Associadas à Nutrição da Universidade de São Paulo (USP), alerta que o macarrão instantâneo, por exemplo, tem cerca de 90% da recomendação diária recomendada de sódio para um adulto.

Beba água

A água é parte importante da alimentação, apesar de não passar necessariamente pelo processo de digestão, como os alimentos sólidos, uma vez que suas moléculas são tão simples que conseguem ser ingeridas diretamente, sem precisar serem quebradas.

Cerca de 70% de nossa composição corporal é formada por água, o que significa que todos os processos metabólicos que acontecem em nosso se dão em meio aquoso. O ideal é que, em média, dois litros de água sejam ingeridos por dia. Durante o verão ou nas regiões mais quentes do país, é preciso ingerir um pouco mais.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!