Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).


Muitos pais já passaram por dificuldades ao terem que escolher os brinquedos certos para os seus filhos. Isto porque cada criança é única, possui preferências. Mas, também, porque deve-se oferecer à elas brinquedos que sejam condizentes com a sua idade. Desta forma, a criança poderá se desenvolver de forma mais ampla, interagindo com objetos que irão proporcionar o seu desenvolvimento.

Os brinquedos são essenciais para o desenvolvimento da criança, uma vez que eles estão presentes, geralmente, em todos os âmbitos da vida do infante. 

Um brinquedo pode, por exemplo, proporcionar a socialização, quando a criança opta por compartilhá-lo com colegas.Também, auxilia no surgimento do senso de coletivo, partilha, organização e criatividade. 

Parece exagero, mas um simples brinquedo pode sim afetar todas estas áreas. Ainda, é importante mencionar que um brinquedo também pode contribuir para que o infante desenvolve emoções, como de apego, carinho, dentre outras.

Porém, é preciso que as crianças interajam com os brinquedos certos para sua idade. Desta forma, elas poderão se relacionar corretamente com o objeto e cumprir a proposta deste, desenvolvendo suas habilidades e compreensão. 

Abaixo, saiba mais sobre a importância de escolher um brinquedo correspondente à fase da criança e entenda quais são os melhores, para cada etapa.

Por que tenho que ter atenção na escolha do brinquedo?

Muitos pais não se atentam à idade recomendada, na hora de comprar um brinquedo para o seu filho. Por isso, acabam comprando objetos que não são tão adequados. 
Por exemplo, podem adquirir um brinquedo voltado para crianças de quatro anos, enquanto o seu filho tem um. Isto também pode ocorrer com tios, educadores, dentre outras pessoas que possuem contato constante com os infantes.

Mas, será que realmente é maléfico fazer tal confusão? E, a resposta é sim. As crianças possuem fases de desenvolvimento, e é preciso que elas interajam com objetos, incluindo brinquedos, que beneficiem tais fases. 

Podemos tomar com exemplo os recém-nascidos e os que possuem até cinco meses. Nesta fase, os bebês estão desenvolvendo o tato e a percepção. Desta forma, é indicado adquirir brinquedos que irão incentivar tais sentidos.

Caso um bebê de três meses seja apresentado a um brinquedo mais complexo, como um jogo de montar ou encaixar, ele não irá entender qual a função daquele objeto. As peças, comumente lisas, não irão proporcionar um desenvolvimento do tato. E, possivelmente, a criança ficará confusa com a funcionalidade daquele brinquedo, e rapidamente irá se desinteressar.

Por isto, na hora de adquirir um brinquedo, o indicado é analisar se ele é realmente adequado para a criança e fase em que ela está vivendo. Faça perguntas simples para si mesmo, como: Ela irá entender a função deste brinquedo? Ela conseguirá interagir com ele sem problemas?

Ademais, é importante mencionar que deve-se tomar este cuidado, escolhendo brinquedos apropriados, devido também à segurança das crianças. Estes passatempos são elaborados levando-se em conta possíveis acidentes que podem ocorrer. Por isto, brinquedos para bebês não terão peças soltas ou pequenas, que podem facilmente ser engolidas.

Brinquedos apropriados para cada fase de desenvolvimento
0 a 5 meses

Nesta fase, a criança começará a reagir a sons e também começará a seguir os objetos com os olhos. Ou seja, é hora do desenvolvimento da percepção e observação. E, algo muito importante é que o bebê, nesses primeiros meses, começa a desenvolver o tato, e por isso reage muito bem a objetos com texturas. Invista em brinquedos de borracha, que apresentam relevos.

Os melhores brinquedos são os chocalhos, brinquedos musicais que não emitam sons extremamente altos e cansativos, mordedores de silicone, móbiles, bonecos de pano, etc. Porém, antes de entregar o brinquedo ao seu bebê, se certifique se ele pode ser colocado na boca, pois, nesta fase, isto será inevitável.

6 meses a 1 ano 

Os bebês de 6 meses a 1 ano comumente estão engatinhando e começando a se sentar. Por isto, podem ser apresentados brinquedos mais interativos, que estimulam esta movimentação. Por exemplo, brinquedos com caixas para montar, encaixar ou empilhar, pirâmides de argolas, pequenos tambores, dentre outros instrumentos musicais.

Também, nesta idade as crianças começam a reconhecer o seu próprio reflexo e as cores, por isso invista em objetos bem coloridos e que emitem diferentes sons quando as cores são acionadas. Desta forma, o bebê começará a diferenciá-las.

1 a 2 anos

Esta é uma fase essencial para que a criança aprenda a ter mais noção de espaço, pois ela começa a andar. Por isso, invista em brinquedos para empurrar e puxar, para montar e desmontar, blocos, carros grandes, etc. Um grande aliado das crianças nesta fase é o tapete quebra-cabeças, comumente feito de EVA. Isto porque os tapetes, além de serem coloridos e proporcionarem a brincadeira de encaixar as peças, também são uma proteção caso a criança caia ao tentar andar.

2 a 3 anos

Agora, é hora de incentivar a aprendizagem dos formatos e das cores. Antes, eles eram apenas conhecidos, mas agora serão realmente memorizados. Compre bolas, bonecas, carrinhos, caixas de música, blocos para montar e desmontar, giz de cera, tela de pintura, dentre outros.

Nesta fase, é muito interessante adquirir brinquedos educativos com peças de diferentes formas, em que as crianças devem encaixá-las nos locais corretos.

De 3 a 4 anos

Opte pelos mesmos jogos que foram citados anteriormente, mas que sejam para crianças de 3 a 4 anos. Geralmente, eles se tornam mais complexos. Aumente o número de peças dos jogos de montar e encaixar, por exemplo. Ainda, insere na rotina da criança os jogos que introduzem os elementos cotidianos, como frutas, objetos, etc. Isto por ser feito, por exemplo, por meio de um jogo da memória.
Também, como a criança terá mais coordenação e raciocínio lógico, compre carrinhos de puxar, trenzinhos, brinquedos infláveis, caixas de areia com pás, ferramentas de plástico, massinha, tambores, quadros para desenho, mesas interativas, dentre outros brinquedos.

4 a 6 anos

Estes serão os brinquedos que estimulam o raciocínio, mas também as boas maneiras, como partilha, empatia, etc. Ofereça objetos que irão ao encontro destas necessidades, como bonecas para que sejam cuidadas, jogos musicais e eletrônicos, livros que proporcionem a interação, jogos, fantasias, caixas registradoras, dinheiro de mentirinha, etc.

Gostou das dicas? Seguindo-as, você irá proporcionar o desenvolvimento da criança, ainda que com muita brincadeira e diversão.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!