Blog Diferente Para Ser Diferente
O Portal do Bem Seja Hoje Diferente tem o objetivo de unir em todo o Brasil pessoas, grupos e organizações que fazem o bem não importa a quem!

O mau hálito atinge milhares de pessoas todos os dias, trazendo incômodo e mal-estar nas relações. Por isso, é importante detectar sua origem para realizar o tratamento da maneira correta.

Muitas pessoas já sofreram com mau hálito e sabem da vergonha que ele causa no dia a dia. Na verdade, esse problema ainda gera muitos problemas nas relações, inclusive o afastamento de colegas e amigos.

No entanto, a halitose, nome correto para essa disfunção, pode ser revertida com certa facilidade, desde que sua origem seja corretamente detectada e o tratamento recomendado, seja realizado. Independentemente da origem, por higiene bucal incorreta ou problemas estomacais, é importante saber que essa situação tem cura.

Quer saber mais? Confira mais informações sobre o assunto para acabar, de uma vez por todas, com esse problema.


Reprodução Divulgação

O que é o mau hálito?

A halitose é a geração de odores ruins dentro da boca e que costuma afetar bastante as relações sociais. Seja por higiene incorreta ou por problemas estomacais, é certo que o mau hálito ainda afeta muitas pessoas no país.


Segundo especialistas da área, cerca de 40% da população brasileira sofre diariamente com essa questão e, geralmente, não procuram resolver o problema da forma adequada, que envolve a ida até o dentista para receber orientações do tratamento ideal.

Como o mau hálito pode surgir?

Popularmente, o odor ruim gerado na boca é amplamente atribuído às questões estomacais e doenças no sistema digestivo. Apesar desses casos realmente existirem, o que é conhecida como halitose crônica, cerca de 95% das disfunções são causadas pela higiene bucal incorreta.

No entanto, nem sempre a falta de escovação é o problema. Algumas pessoas até escovam os dentes após as refeições, utilizam o fio dental corretamente e complementam o processo de limpeza com enxaguantes bucais, mas o problema ainda surge, de forma persistente.

Nesses casos, sempre é necessário realizar uma análise mais profunda. Assim o especialista poderá identificar se gengivites, periodontites, placas bacterianas, cáries dentárias ou a própria língua são as origens dos fortes odores. Mas, na grande maioria dos casos, a principal fonte do mau hálito é a própria língua.

A língua e sua influência na halitose

Na grande maioria dos casos onde o mau hálito é originado na boca, temos a língua como principal vilão do problema. E isso acontece por falta do procedimento correto de limpeza bucal, que é desconhecido pela população em geral.

Para que a língua seja limpa corretamente, existem raspadores específicos para essa higienização. Com eles, os restos de comida podem ser totalmente removidos para atingir uma limpeza mais profunda, o que não é possível realizar apenas com as escovas de dente, mesmo aquelas que prometem milagres.

Além disso, é recomendada a escovação após cada refeição, com passagem de fio dental para complemento da limpeza e, ainda, o uso de enxaguantes bucais para o máximo combate dos persistentes resíduos de alimentos na boca.

Por último, alguns comportamentos podem ser adotados para minimizar as situações de mau hálito:

Ingerir fibras constantemente, que ajudam na limpeza do dorso da língua e no processo de salivação;

Consumir chicletes sem açúcar para também melhorar o processo de salivação;

Realizar consultas periódicas, pelo menos a cada 6 meses, para avaliação de um dentista e limpeza especializada da boca.

Se esses procedimentos não melhorarem a situação de halitose, a recomendação é procurar um especialista para verificar condições estomacais que podem ser a origem do odor.

Halitose a partir de problemas estomacais

Em situações mais raras e específicas, o mau hálito pode ser originado a partir de doenças estomacais. Apesar de serem menos comuns, somente médicos e dentistas poderão identificar e tratar essas causas.

Refluxo

Você já sentiu uma ardência no peito e na garganta, como se um líquido estivesse retornando do estômago? Bem, nesse caso, você pode ter sofrido um refluxo gastroesofágico, cuja origem pode ser ocasionada por vários motivos.

A questão é que esse líquido pode facilitar o aparecimento e crescimento de bactérias da halitose na boca. Então, se você sofre de refluxo, poderá ter que tratá-lo para eliminar – de uma vez por todas – os persistentes odores bucais.

Úlcera

Após inúmeros estudos, algumas bactérias periodontais foram apontadas como "culpadas" pelo mau hálito em pacientes. No entanto, esse problema é relativamente fácil de ser resolvido, bastando que o tratamento seja realizado com antibióticos específicos para o combate da úlcera, após a devida recomendação médica.

Uma vez que as bactérias sejam eliminadas, o problema da halitose causado por elas irá desaparecer.

Halitose tem cura

Apesar do transtorno social e da vergonha pelo problema de mau hálito, é importante saber que essa situação tem cura. No entanto, é preciso acompanhamento profissional para identificar o que está causando os odores indesejados na boca.

Os problemas estomacais, mais raros na questão da halitose, podem ser identificados por médicos e dentistas especializados, com o tratamento correto sendo oferecido pelos mesmos. É importante consultar os especialistas para uma identificação precisa.

Já para os problemas de mau hálito causados por higiene incorreta, o tratamento é infinitamente mais simples, bastando que o paciente faça os procedimentos de limpeza em seu dentista de confiança – que precisa dispor de um kit odontológico eficiente para isso –  e siga as recomendações para a correta higiene bucal, resultando na solução definitiva do mau hálito.

Seja Diferente, Junte-se ao Seja Hoje Diferente. 

Postagem Anterior Próxima Postagem
O Portal do Bem Seja Hoje Diferente tem o objetivo de unir em todo o Brasil pessoas, grupos e organizações que fazem o bem não importa a quem, trazer boas notícias e informações a nossos amigos visitantes, entretenimento e muito mais, sejam todos bem vindos.
Dúvidas, Sugestões, Feedback do Seja Hoje Diferente, Agendar Entrega na sede do SHD ou Retirada Pelo Fusquinha do Bem, Ofertar Colaboração ou Doação. Parcerias, Divulgação, Guest Posts e Outros. Entre em contato pelo Whatsapp no botão abaixo:
Whtasapp Oficial do Seja Hoje Diferente