Blog Diferente Para Ser Diferente
O Portal do Bem Seja Hoje Diferente tem o objetivo de unir em todo o Brasil pessoas, grupos e organizações que fazem o bem não importa a quem!

Pesquisar na internet, comprar online, retirar na loja: é cada vez mais comum que os consumidores tenham um comportamento híbrido na hora da compra.

Imagem Reprodução Divulgação

Pesquisar na internet, comprar online, retirar na loja: é cada vez mais comum que os consumidores tenham um comportamento híbrido na hora da compra. 

Hoje é senso comum dizer que os brasileiros estão cada vez mais conectados. E, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) essa ideia não é mera impressão já que na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (Pnad C) o IBGE revelou que quase 65% de nossa população está conectada.

São 116 milhões de brasileiros com acesso à internet. A pesquisa divulgada em 2018 tinha como base o ano de 2016 e, se levarmos em conta o avanço das tecnologias 4G e da internet de fibra, podemos considerar que o padrão alto de internautas se mantém em 2019. 

Diante desse cenário, a internet passa a integrar a vida das pessoas de maneira significativa. Muitas já não assistem mais à programação diária das televisões, dando preferência aos canais de streaming, por exemplo. O mesmo acontece com o padrão de compra da população que está cada vez mais voltado ao universo digital. 

Hoje em dia é muito raro encontrar quem não faça uma pesquisa online para comprar algum produto. E, muitas vezes, a pessoa até dispensa comprar nas lojas físicas, dando preferência aos e-commerces. Mas por que o comportamento de consumo está cada vez mais híbrido?

O que é um comportamento híbrido de consumo
Pode-se dizer que o comportamento híbrido de consumo é aquele que mistura diversos padrões de compra, como a ida às lojas físicas e a pesquisa e compra nas lojas virtuais, como os e-commerces. 

Parece um pouco complexo, mas, na verdade, é uma ação que os consumidores já realizam em seu dia a dia. Então, por exemplo, a pessoa que, antes de comprar um celular na loja física, pesquisa pelo modelo na internet está tendo um comportamento híbrido de compra. 

O mesmo acontece com quem, por exemplo, faz toda a pesquisa e a compra pela internet, mas prefere retirar os artigos adquiridos na loja física. 

Por que há hibridez de consumo
A hibridez na hora de realizar a compra, na verdade, reflete o comportamento do próprio consumidor, ou seja, hoje em dia, naturalmente as pessoas tendem a procurar, na internet, informações sobre o produto no qual têm interesse. 

Geralmente, só depois de muito pesquisar e comparar, inclusive as condições de pagamento, é que as pessoas batem o martelo e se decidem pela compra. 

Isso é importante porque permite que a pessoa tenha mais poder de decisão. Tendo pesquisado antes, ela sabe exatamente o que é melhor para ela, ou qual produto se adéqua melhor às suas próprias necessidades. Consequentemente, evitam-se as compras por impulso ou por influência do vendedor.

Além disso, esse comportamento híbrido de compra é benéfico para que a pessoa não fique refém de lojas e de alguns preços abusivos: na internet há sempre uma loja diferente vendendo o produto a um preço mais acessível. 

Como as empresas garantem o novo estilo de compra

As empresas, sabendo que as pessoas estão cada vez mais conectadas, também acabam criando mais canais de compra para os consumidores. O objetivo é fazer com que os internautas tenham no ambiente virtual a mesma experiência de compra que têm nas lojas físicas. É isso que os especialistas em business chamam de omnichannel.  

E é importante lembrar que esse conceito vai além de disponibilizar os mesmos produtos para as lojas físicas e virtuais. O omnichannel envolve também ter as mesmas diretrizes de atendimento, as mesmas possibilidades de pagamento e, por exemplo, de troca dos produtos. 

Omnichannel não enfraquece as lojas físicas

Muitos varejistas e lojistas ficam ressabiados com a possibilidade de implementar o omnichannel porque acreditam que as vendas online podem comprometer o desenvolvimento e andamento dos negócios, mas, na verdade, segundo muitos especialistas da área, esse medo é não apenas infundado como pode limitar a capacidade de crescimento dos negócios. 


O que se quer dizer é que os canais de venda online não competem com as lojas virtuais, pelo contrário, elas muitas vezes complementam as vendas que não podem necessariamente ser feitas através das lojas físicas. E, além disso, elas expandem a marca para o ambiente virtual, o que reforça o nome da empresa e das marcas no vasto mundo da internet.  
Postagem Anterior Próxima Postagem

Direcione qualquer que seja sua colaboração e doação ao SHD, diretamente conosco, só assim nossa corrente do bem em ajudar a quem precisa e grupos parceiros ligados direta ou indiretamente ao SHD, onde repassamos em 100% a quem precisa de modo simples, humilde, honesto e verdadeiro; só assim você terá a certeza que 100% da sua colaboração chegará ao SHD; Dúvidas, Sugestões, Feedback; Agendar Entrega na sede do SHD ou Retirada Pelo Fusca do SHD ou Veículo Autorizado; Ofertar Colaboração, Doação; Parcerias, Divulgação, Guest Posts e Outros. Entre em contato pelo Whatsapp no botão abaixo:

Whtasapp Oficial do Seja Hoje Diferente