Blog Diferente Para Ser Diferente
Blog Diferente Para Ser Diferente, Vem Com a Gente!

Imagem Reprodução Divulgação

Olá a todos!
Eis a ideia para vocês refletirem ao longo da semana: “o valor do cuidado da casa”.

As informações são do Fé com Virtudes Confira:

Na cultura em que hoje vivemos, é muito comum desvalorizar o trabalho de cuidado da casa, vendo muito mais importância nos trabalhos relacionados com a carreira profissional. Em parte isso se deve ao fato de estes últimos serem remunerados e o cuidado da casa, pela esposa ou pelo marido, não o ser. E também pelo fato de parecer que não se está fazendo nada de útil ou produtivo ao cuidar da casa. Como vivemos numa cultura materialista, o conceito de útil acaba sendo identificado com um valor material, isto é, o dinheiro.

No entanto, o cuidado da casa tem um valor humano e espiritual belíssimo e elevadíssimo. Veja que palavras tão bonitas diz uma inglesa a respeito desse tema.

* * *

Encanta-me o fato de que os seres humanos sejam ao mesmo tempo seres materiais e espirituais, por ser possível transmitir valores espirituais através das coisas materiais. Por exemplo: imaginem que alguém da nossa casa esteja doente. Se, ao preparar a bandeja para essa pessoa que está no quarto, utilizarmos um guardanapo de pano bordado, uma toalha sobre a bandeja, umas pequenas flores e fizermos uma comida bem apetitosa para lhe dar água na boca, se incentivarmos essa pessoa a comer alguma coisa para sentir-se melhor, a mensagem que estaremos dando é esta: “Nós amamos você; você é importante para nós! Fazendo isso também trazemos um pouquinho do céu à terra!”.

O que representa o trabalho de cuidado de uma casa é parecido com o que representa a família na sociedade: é como sua coluna vertebral que sustenta tudo. Da mesma forma, o que sustenta uma família é, entre outras coisas, esse cuidado amoroso das coisas da casa.

Um lar bem cuidado faz as pessoas felizes. Um lar bem cuidado transforma-se num lugar para a família recuperar forças, tanto material como espiritualmente. E, sobretudo, para experimentar o amor, que é a nossa grande fonte vital. E esse amor, se o lar é bem cuidado, estará em cada detalhe material, alimentando por sua vez o amor no coração de cada pessoa. Um lar bem cuidado é assim um pedacinho do céu. E as quatro paredes feitas de tijolos e argamassa passarão a ser um reflexo da essência da família, da encarnação de suas crenças, valores e ideais de vida.

Porém isso não acontece de forma automática. Além do amor que deve haver no nosso coração, requer-se dedicação, trabalho. São necessárias muitas qualidades para criar um lar maravilhoso: talento, engenhosidade, criatividade, generosidade, magnanimidade, ordem, boa organização, sentido comum, carinho, um bom sentido de humor e sobretudo muito, muito amor ao demais.

O bom cuidado da casa envolve muitas coisas: todos os elementos da cultura, da arte, da ciência, da beleza, da poesia, da comunicação. Além de conhecimentos de nutrição, saúde, segurança, economia, logística, maquinário etc. Não é algo pequeno!

* * *

Não é verdade que estas palavras nos fazem olhar de outra maneira para o cuidado da casa? Cuidar da casa é cuidar do maior tesouro que a sociedade possui: o ser humano, e, mais concretamente, cada pessoa que faz parte da nossa família. E o ser humano se cuida com amor, com carinho, refletidos em cada pormenor de um lar.

Que essas palavras sirvam para dar o devido valor a este trabalho oculto e silencioso que muitas vezes é tão desvalorizado.

Uma semana abençoada a todos!

Padre Paulo .

Seja Hoje Diferente: Portal de Família para Famílias
Artigo Organizado em: Na Palavra e Seja Diferente.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Não esqueça: Você pode ser diferente e nos ajudar? Clique aqui

Lembre-se todas palavras ou frases na cor laranja são links especiais relacionados ao assunto do artigo ou da palavra, não deixe de clicar neles.

GeraLinks - Agregador de links | Agregador de conteúdo TrendsTops