Samurai de olhos azuis: Uma mistura poderosa
Ilustração Reprodução Divulgação

Olá, pessoal do Seja Hoje Diferente! 

Hoje quero compartilhar com vocês sobre uma experiência recente que tive: assisti a uma maratona do anime "Samurai de Olhos Azuis" no último sábado, dia 9 de março de 2024. 

Eu sei que pode parecer um pouco tarde para comentar sobre isso, mas com o ritmo acelerado da vida, encontrar tempo para assistir a filmes e séries às vezes é um desafio, especialmente com os compromissos de estudos e projetos que tenho. De qualquer forma, estou empolgado para compartilhar minhas impressões sobre esse anime que está disponível na Netflix.

Para começar, preciso esclarecer que, apesar da temática e do cenário orientais, "Samurai de Olhos Azuis" não é um anime tradicional. É o que chamamos de "animesque" - um desenho animado ocidental influenciado pela cultura japonesa. A criação fica por conta da dupla Amber Noizumi e Michael Green, este último conhecido por seu trabalho em filmes como Logan e por sua contribuição para o roteiro de Blade no futuro. A supervisão de direção é de Jane Wu.

A melhor forma de descrever "Samurai de Olhos Azuis" é compará-lo a um espumante: é semelhante aos animes tradicionais, mas com suas próprias características e origens.

A animação combina elementos do chanbara (cinema de samurai, influenciado pelos filmes de Akira Kurosawa) com os westerns spaghetti estrelados por Clint Eastwood, além de fazer referências a animes como Samurai X e ao teatro de fantoches japonês, bunraku.

A história gira em torno de Mizu, um habilidoso espadachim de olhos azuis em busca de vingança contra os homens que trouxeram desgraça à sua vida. O que torna a trama única é o contexto histórico: o período em que se passa, o século 17, é marcado pela política isolacionista do xogunato japonês, que proibia a presença de estrangeiros no país. Mizu, por sua vez, é uma figura marginalizada pela sociedade devido à sua origem mista, sendo considerado menos que humano.

Ao longo dos oito episódios da primeira temporada, o anime não apenas apresenta uma história de vingança, mas também aborda questões sociais relevantes, como a opressão enfrentada pelas mulheres na sociedade japonesa da época. As protagonistas femininas lutam contra as estruturas sociais e buscam controlar seus próprios destinos, destacando a importância da individualidade e da resistência.

Visualmente, "Samurai de Olhos Azuis" impressiona com sua animação moderna e bela, combinando elementos tradicionais com técnicas de computação gráfica. As cenas de luta, baseadas em coreografias de espadachins reais, lembram os clássicos desenhos animados dos anos 1990.

Claro que nem tudo é perfeito. Alguns momentos do enredo parecem prolongados demais, e a diversidade da equipe de produção pode não agradar aos puristas do gênero. No entanto, essas são apenas pequenas falhas em uma obra que, como eu mencionei anteriormente, visa um público global.


No geral, minha experiência com "Samurai de Olhos Azuis" foi muito positiva, e eu recomendo para quem busca uma narrativa envolvente e visualmente impressionante. E você, já assistiu a este anime? O que achou? Deixe seus comentários abaixo!

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem
Shopee