Osteoporose - A Silenciosa Ameaça Óssea que Afeta Milhões em Todo o Mundo

Hoje é o Dia Mundial e Nacional da Osteoporose (20/10), e a Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (ABRASSO) alerta que essa doença afeta uma parcela significativa da população, com impactos profundos na saúde e na qualidade de vida. Descubra mais sobre a osteoporose, seus desafios e formas de prevenção.

A Epidemia Silenciosa

A osteoporose, uma condição caracterizada pela perda de massa e qualidade óssea, é uma ameaça silenciosa que se desenvolve à medida que envelhecemos, especialmente após a menopausa nas mulheres. O diagnóstico muitas vezes só ocorre quando uma fratura óssea ocorre após uma queda, sendo os principais locais de fratura o punho, a coluna e o quadril.

Impacto na Qualidade de Vida

As fraturas decorrentes da osteoporose não só causam dor, mas também limitam a mobilidade, tornando tarefas cotidianas um desafio. As fraturas de quadril, em particular, podem resultar em hospitalizações prolongadas, com riscos aumentados de infecções e até mesmo óbito.

O Dr. Sergio Setsuo Maeda, presidente da ABRASSO, alerta que a osteoporose é um problema de saúde pública sério, com inúmeras internações e pessoas incapazes de retomar suas vidas após uma fratura causada pela fragilidade óssea.

Prevenção: O Poder da Informação

A boa notícia é que a osteoporose é uma condição prevenível. A cada ano, a ABRASSO realiza uma campanha para conscientizar as pessoas e oferecer testes de saúde óssea, com o objetivo de reduzir as estatísticas alarmantes.

Medidas de Prevenção

Para prevenir a osteoporose, o Dr. Maeda enfatiza a importância de medidas que podem ser adotadas desde a infância. Algumas recomendações incluem:

Ingestão de Cálcio: Uma alimentação rica em cálcio, como leite e seus derivados, é fundamental para a saúde óssea.

Atividade Física Regular: A prática de exercícios que incluam resistência e equilíbrio fortalece músculos, ossos e articulações.

Exposição Solar: A exposição ao sol desempenha um papel crucial na formação de vitamina D, essencial para ossos saudáveis.

4 Fatos para Compreender a Osteoporose


O Dr. Maeda compartilhou quatro fatos para ilustrar a extensão e o impacto da osteoporose:

Internações em Mulheres Acima de 45 Anos: Fraturas relacionadas à osteoporose resultam em mais dias de hospitalização do que muitas outras doenças, incluindo diabetes, infarto e câncer de mama.

Mortalidade após Fratura de Quadril: Aproximadamente 20% a 24% dos pacientes que sofrem uma fratura de quadril não sobrevivem ao primeiro ano após o incidente.

Dependência e Incapacidade: Cerca de 40% das pessoas que experimentam uma fratura de quadril não conseguem andar sem ajuda, enquanto 60% necessitam de assistência um ano após o ocorrido. Além disso, 80% não conseguem mais dirigir ou fazer compras.

Impacto na Independência: Tragicamente, 33% dos pacientes com fratura de quadril ficam completamente dependentes ou em casas de repouso no ano seguinte à fratura.

Compromisso com a Prevenção

Este artigo é uma edição exclusiva para o News SHD: Seja Hoje Diferente. Se você deseja compartilhá-lo em seu blog, lembre-se de incluir o News SHD como fonte e fornecer um link para este artigo. Além disso, considere contribuir ou retribuir com 50 centavos para apoiar nossa missão de conscientização e prevenção da osteoporose. Juntos, podemos fazer a diferença na saúde óssea de milhões de pessoas em todo o mundo.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Shopee