Economia virtual e mais interação: como o metaverso está moldando o futuro dos games
Imagem Reprodução Divulgação

Você acaba de mergulhar em um artigo exclusivo, especialmente criado para você, no News SHD: Seja Hoje Diferente. Fique à vontade para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais e explorar mais artigos em seguida para continuar enriquecendo seu conhecimento.

Por Matheus Sitael 

Em meados de 2021, Mark Zuckerberg, o cofundador do Facebook e um magnata do setor de tecnologia, surpreendeu o mundo ao anunciar uma mudança de nome para sua empresa controladora da rede social: de Facebook para Meta. Essa alteração não foi apenas simbólica, mas também marcou o início de uma nova empreitada nos confins do "metaverso", um conceito que tem estado em voga nas discussões atuais.

No entanto, o termo "metaverso" não é uma criação recente de 2021, como muitos podem pensar. Em vez disso, ele foi popularizado por Neal Stephenson, um autor de ficção científica dos Estados Unidos, em seu romance "Snow Crash", publicado em 1992. De acordo com a definição mais amplamente aceita hoje em dia, o metaverso é um espaço virtual compartilhado onde as pessoas podem interagir de diversas maneiras, aproveitando recursos de Realidade Aumentada (RA), Realidade Virtual (RV) e ambientes de multijogadores online (MMOs). Nesse ambiente coletivo de interação, os indivíduos do "mundo real" são representados por avatares que podem interagir com outros, fazer compras e até participar de reuniões, entre outras atividades.

O mundo dos games é um dos setores que mais avança significativamente na exploração do potencial do metaverso. Uma das razões para isso é a capacidade desse espaço compartilhado, interativo e expansivo de integrar diferentes ambientes virtuais. Isso significa que jogos distintos podem ser unidos, permitindo que os jogadores migrem de um jogo para outro de forma natural e fluida, como nunca antes visto. Além disso, o metaverso é particularmente relevante para os jogos devido à possibilidade de usar moedas virtuais em larga escala, permitindo que cada jogo dentro desse vasto espaço compartilhado tenha sua própria economia e ativos, como criptomoedas, skins de personagens e várias outras propriedades.

Além de oferecer uma economia virtual robusta para o mundo dos games, o metaverso também possibilita uma interação muito mais ampla e imersiva. Isso significa que os jogadores podem criar avatares que representem suas próprias identidades, além de se socializarem profundamente com outros jogadores, até mesmo em eventos sociais realizados dentro da plataforma. Vale a pena destacar que essa maior interação entre todas as partes permite a implementação de um desenvolvimento colaborativo de jogos, permitindo que a comunidade de um jogo participe ativamente do processo de criação e desenvolvimento de novos softwares.

Com todo esse potencial do metaverso no mundo dos jogos, é natural que a projeção de tempo gasto nesse espaço seja considerável. De acordo com um estudo recente chamado "Metaverse Hype," realizado pelo Instituto Gartner, mais de 25% da população passará pelo menos uma hora no metaverso até 2026. O impacto disso será notável, pois esse mundo hiperconectado oferece uma ampla gama de atividades, desde entretenimento e trabalho até compras. O metaverso é um lugar de infinitas possibilidades.

Sobre a WibooCria 

A WibooCria é uma inovadora plataforma que possibilita que as empresas expandam suas vendas, enquanto os clientes se tornam microinfluenciadores, tudo isso por meio da acumulação de moedas digitais que podem ser usadas para compras ou investimentos. Durante o período de 2019 a 2021, a WibooCria alcançou uma impressionante interação com mais de 3 milhões de indivíduos nas campanhas das marcas que aderiram à plataforma. Além disso, a empresa se destaca por introduzir um novo paradigma tecnológico na comunidade, concentrando-se na promoção online e no comércio. Através de sua plataforma de negócios, a WibooCria constantemente oferece vantagens tanto para os consumidores quanto para as empresas.

Após a leitura deste artigo exclusivo, lembre-se de que você é um leitor especial do News SHD: Seja Hoje Diferente. Sinta-se à vontade para compartilhar este artigo em suas redes sociais e continue explorando mais conteúdos para expandir ainda mais seu conhecimento.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem
Shopee