M4S Dodge Turbo Interceptor é um veículo que se destacou tanto quanto os próprios atores no filme
Divulgação Reprodução

Olá, pessoal! Aqui é Alessandro Turci, o criador do Seja Hoje Diferente, trazendo um artigo emocionante sobre um filme de ação e ficção científica que marcou época: "The Wraith". Lançado em 1986 e dirigido por Mike Marvin, o filme cativou os fãs do gênero com sua história intrigante e cenas eletrizantes de perseguição de carros. Mas o que realmente chamou a atenção dos aficionados por automóveis foi o veículo protagonista, o M4S Dodge Turbo Interceptor. Neste artigo, vamos explorar tanto o filme quanto esse incrível carro.

A Saga de "The Wraith":

"The Wraith" gira em torno de um misterioso piloto chamado Jamie Hankins, interpretado por Charlie Sheen. Jamie retorna dos mortos com uma missão clara: vingar-se de uma gangue de motoqueiros violentos que o matou. A história se desenrola em uma pequena cidade no deserto, onde uma gangue liderada por Packard Walsh, interpretado por Nick Cassavetes, aterroriza a população local com corridas de carros mortais.

O protagonista, agora conhecido como "The Wraith" (O Fantasma), está armado com um carro sobrenatural que parece indestrutível, tornando-o um adversário formidável para a gangue. Este filme combina ação, suspense e ficção científica, criando uma narrativa que cativa o público desde o início. À medida que a trama avança, segredos sobre o passado de Jamie Hankins e a razão de sua morte são revelados.

Um Clássico Cult:

"The Wraith" é lembrado por diversos motivos, um deles sendo sua atmosfera sombria que envolve o espectador do começo ao fim. A trilha sonora eletrônica característica dos anos 80 também desempenha um papel importante na criação dessa atmosfera única. No entanto, o que realmente marcou o filme na memória dos fãs foi o seu incrível veículo, o M4S Dodge Turbo Interceptor.

O M4S Dodge Turbo Interceptor: Um Carro Único:

O M4S Dodge Turbo Interceptor é um veículo que se destacou tanto quanto os próprios atores no filme. Este elegante e rebaixado cupê esportivo era uma peça única que desafiava a imaginação dos entusiastas de automóveis. Para entender sua importância, é crucial conhecer alguns detalhes técnicos sobre esse carro icônico.

Potência e Desempenho Impecáveis:

O M4S Dodge era equipado com um motor Cosworth de 16 válvulas, um bloco de 2.2 litros, e uma transmissão manual de cinco velocidades. A combinação destes elementos proporcionava uma potência de 400 cavalos e um impressionante torque de 300 libras-pé. Isso, graças aos dois turbos Garrett T25 e à injeção de combustível Bosch. O carro tinha uma velocidade máxima de 194,8 milhas por hora e podia acelerar de 0 a 60 mph em apenas 4,1 segundos, segundo a revista Estrada e Pista.

Tecnologia à Frente de Seu Tempo:

O M4S Dodge Turbo Interceptor era uma verdadeira obra-prima de engenharia automobilística. Seu motor de 2.2 litros com tecnologia twin-cam Cosworth e injeção de combustível Bosch era uma maravilha da época. Essa tecnologia mais tarde se refletiria no motor 2.2 litros Turbo 4, presente em modelos como o Iroc Daytona e Espírito.

Função no Filme:

Este veículo espetacular desempenhou um papel crucial no filme "The Wraith". Mais de 30 exemplares do M4S Dodge foram criados especificamente para a produção, sendo destinados a serem destruídos em cenas de truques de fogo e acidentes. No entanto, a sua impressionante presença na tela deixou uma marca duradoura na memória dos espectadores.

Design e Estilo Únicos:

O M4S Dodge também se destacava por seu design único. Com portas asa de gaivota e um capô clam-shell, ele impressionava não apenas pela potência, mas também pelo visual. Além disso, o layout do motor, localizado no meio do veículo, proporcionava uma distribuição de peso de 50/50 entre os eixos dianteiro e traseiro, contribuindo para o desempenho excepcional nas estradas.

Legado Duradouro:

Após o lançamento de "The Wraith", o M4S Dodge Turbo Interceptor se tornou uma lenda entre os fãs de carros e do filme. Hoje, existem relatos de apenas quatro exemplares em existência, com um deles preservado no Walter P. Chrysler Museum, em Auburn Hills, Missouri. Esses carros são altamente valorizados, com rumores de que cada um deles pode valer até um milhão de dólares.


Em resumo, "The Wraith" é um filme cult que combinou ação, ficção científica e perseguições de carros eletrizantes. Mas não podemos esquecer o papel fundamental desempenhado pelo M4S Dodge Turbo Interceptor, um veículo que se tornou uma verdadeira lenda na cultura automobilística. Com sua potência, design marcante e presença imponente, o carro se tornou uma estrela por direito próprio. Juntos, o filme e o carro nos lembram de como a paixão pelo cinema e pela automobilística podem se entrelaçar para criar algo verdadeiramente especial.

Qual é a sua opinião sobre este artigo?

Caro leitor, sua opinião é essencial para nós! Compartilhe seus pensamentos nos comentários sobre esta publicação. Garantimos manter o Seja Hoje Diferente sempre atualizado e funcional. Se notar algum link quebrado ou problema com áudio e vídeo, por favor, avise-nos nos comentários. Agradecemos sua colaboração, seu apoio é a bússola que nos orienta na entrega de conteúdo relevante. Obrigado por fazer parte desta comunidade engajada!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Shopee