Depósito do Fussp está armazenando cerca de 10 toneladas de roupas e calçados, quantidade suficiente para o atendimento às famílias. Necessidade agora é de alimentos não perecíveis, água, produtos de higiene pessoal, de limpeza e produtos para animais

O Fundo Social de São Paulo (Fussp) vai priorizar, a partir desta sexta-feira (24), o recebimento de alimentos e água para doação às vítimas das fortes chuvas que atingiram o Litoral Norte. A solicitação é para o oferecimento, principalmente, de arroz, feijão, óleo, sal, açúcar, achocolatado, café, farináceos, tempero pronto e enlatados em geral. Esse produtos são necessários para que a equipe de voluntários do Fussp consiga montar cestas básicas completas e enviar aos atingidos pelo desastre natural.

Em relação às roupas e calçados, a estimativa da Defesa Civil é de que há cerca de 10 toneladas desses itens no Depósito do Jaguaré, quantidade suficiente para doação às famílias que perderam bens materiais.

A doação de água mineral, materiais de limpeza e de higiene pessoal, além de produtos para cães e gatos, continuam sendo necessárias.

Desde a segunda-feira, o Governo de São Paulo (20) já enviou ao Litoral Norte 54,7 toneladas de produtos para atendimento imediato nas cidades de São Sebastião, Ubatuba, Caraguatatuba, Guarujá e Bertioga. A maior parte dos produtos entregues foi proveniente de doações de pessoas físicas, que levaram os materiais diretamente ao depósito do órgão, no bairro do Jaguaré, na capital paulista.

Voluntários que têm interesse em ajudar na triagem das roupas e alimentos já doados podem se direcionar ao Fundo Social, na Avenida Marechal Mário Guedes, 301, entre 8h e 17h. As doações continuam sendo recebidas no mesmo endereço.

Postagem Anterior Próxima Postagem


Compartilhe nas redes sociais: Apoie ou retribua.

Todos os nossos artigos são exclusivos. A reprodução total ou parcial é proibida.

Apoie ou retribua.