Implantes dentários


Entre as várias características que chamam a atenção em uma pessoa, o sorriso é, sem dúvida, uma das mais memoráveis. Ele serve como forma de comunicação e, além disso, rir fortalece o sistema imunológico, aumenta a energia, diminui a dor e protege contra os efeitos do estresse. 

Por isso, fica fácil entender como a perda de dentes prejudica a rotina, abalando o senso de autoconfiança. Nesse sentido, sentimentos de insegurança e inadequação são comuns em quem sofre com a ausência dentária e têm impacto na vida profissional e social, refletindo na perda de uma promoção no trabalho ou no desejo de não comparecer em encontros amorosos ou familiares. 

Comer em público, por exemplo, pode ser desafiador, pela dificuldade em morder e mastigar e, se a pessoa usa dentadura ou ponte, há sempre o risco dela se soltar ou quebrar. 

Hoje, os implantes dentários são a solução mais eficaz para quem sofre com a falta de um ou mais dentes. Isso porque eles desempenham o mesmo papel dos dentes naturais.

“O implante dentário faz com que o paciente recupere sua autoestima, antes abalada pela ausência de dentes”, diz o Dr. Fábio Bezerra, PhD. em Biotecnologia e Diretor Global de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da S.I.N. Implant System. “E, assim, a pessoa passa a encarar as situações do dia a dia com mais segurança e tranquilidade, o que tem impactos positivos em sua vida social e profissional”, completa.

Mas a questão vai além da autoestima, já que a ausência de dentes pode causar outros transtornos. Um dos mais frequentes é a má digestão, já que os alimentos não são devidamente triturados no processo da mastigação, sendo engolidos em pedaços maiores. “Isso pode causar uma sobrecarga no aparelho digestivo e o paciente pode ter comprometimento na absorção dos nutrientes, levando a uma deficiência nutricional”, explica o Dr. Bezerra.

Outro problema gerado pela ausência dentária é o deslocamento de dentes, que tendem a se mover para ocupar os espaços vazios. “Isso gera um desequilíbrio na arcada dentária e o paciente pode sofrer com dor, além de ficar mais suscetível a cáries e doenças periodontais”, diz o especialista. 

Existe, ainda, o risco de perda óssea, já que o corpo inicia naturalmente um processo de reabsorção na região do dente perdido. Mas não só: com a cavidade da gengiva exposta, aumenta também o risco de surgirem infecções na gengiva, que podem causar dores intensas e sangramentos.

“Por recuperar a função mastigatória e estética em sua plenitude, os implantes são, seguramente, uma excelente escolha para reabilitar os dentes perdidos”, diz o Dr. Bezerra.

Sobre a S.I.N. Implant System: referência mundial em produtos para implantes dentários, a S.I.N Implant System tem DNA brasileiro e está no mercado desde 2003. Hoje, seu parque fabril de última geração entrega mais de 5 milhões de produtos acabados todos os anos, com presença em mais de 20 países. Com uma trajetória de conquistas apoiada nos princípios da simplicidade, inovação e nanotecnologia, a S.I.N. Implant System oferece as melhores linhas de implantes dentários do mundo, além de componentes protéticos. A empresa tem como visão oferecer o que há de melhor e mais seguro na área de implantodontia, utilizando, para isso, tecnologia de ponta e equipamentos de última geração, que passam por rigoroso controle de processos. A excelência em qualidade de seus produtos é garantida e comprovada por meio de certificações nacionais e internacionais. O sonho de restaurar sorrisos, iniciado com a Sra. Neide e o Dr. Ariel Lenharo continua vivo. Em tempo: Ariel Lenharo foi o primeiro doutor em implantodontia do Estado de São Paulo, tendo também realizado sua pós-graduação nos Estados Unidos, no Pankey Institute. A Sra. Neide e o Dr. Lenharo estiveram à frente da companhia até 2009, quando o controle acionário da S.I.N passou para o fundo de investimentos Southern Cross Group, equity firm líder e mais antigo dedicado ao mercado latino-americano, com mais de U$ 2,8 bilhões investidos em 38 empresas em todo o continente. 

Mais informações em www.sinimplantsystem.com.br.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com