Durante a noite deste domingo, 8, o ex-presidente Jair Bolsonaro se pronunciou sobre a invasão ao Congresso Nacional, feita por um grupo de manifestantes que não aceita o resultado das eleições presidenciais. 

Em seu twitter, Bolsonaro disse que depredações e invasões de prédios não fazem parte da democracia e que ao longo de seu mandato sempre seguiu a Constituição “respeitando e defendendo as leis, a democracia, a transparência e a sagrada liberdade”. 

Ele equiparou o acontecimento deste domingo com manifestações da esquerda em 2013 e 2017 e, no fim, repudiu as acusações feitas pelo presidente Lula de que ele estaria incitando os manifestantes a invadir o Planalto. Muitos dos que estavam na Praça dos Três Poderes são eleitores de Bolsonaro. 

Em julho de 2013, manifestantes tomaram a Esplanada dos Ministérios enquanto protestavam contra o preço das passagens de ônibus, o dinheiro gasto na Copa do Mundo, corrupção e má condução da saúde e educação. 

Em 2017, os manifestantes depredaram ao menos seis ministérios ao protestar contra as reformas trabalhistas e da Previdência, além de pedir pela saída do presidente Michel Temer. Em nenhuma delas os manifestantes conseguiram entrar nos prédios públicos.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com