Blog Diferente Para Ser Diferente

Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Trazer para casa um novo pet é, com certeza, uma das maiores alegrias da vida. Afinal, ele será o seu melhor amigo e considerado parte da sua família, contribuindo para criar o senso de responsabilidade e amor aos animais nas crianças, além de ser um ótimo companheiro.


No entanto, é necessário ter em mente que o pet passa por um tempo de adaptação ao ambiente e, por esse motivo, o melhor a ser feito é preparar a casa para a chegada do seu novo amigo. 


Além disso, é preciso certificar-se que tudo está seguro para o seu animal de estimação, como forma de evitar qualquer acidente. 


Pensando nisso, o artigo de hoje vai trazer algumas dicas para você preparar a sua casa e oferecer um ambiente agradável para o novo membro da família. Acompanhe a leitura!



1 - Verifique a segurança de portas e janelas

Antes de levar o animal para casa, é importante verificar se as portas e janelas estão seguras, principalmente para quem mora em apartamento. O ideal é ter telas nesses locais, bem como nas varandas, para evitar que o seu pet sofra um acidente.


Lembre-se que ele está conhecendo o local e, por esse motivo, não tem noção do espaço e de onde ele pode andar. 


Além disso, ele pode escapar sem querer, o que leva a considerar também o tamanho de muros e grades.


Sendo assim, caso a sua casa tenha um muro bem baixo, considere fazer uma reforma de fachada simples, seja com a instalação de telas de proteção ou qualquer outro elemento que possa garantir a segurança do pet.


Outro ponto importante é verificar se não há fios elétricos soltos e objetos cortantes jogados pela casa, pois o animal também pode se machucar. 

2 - Estabeleça limites

Durante o período de adaptação do animal, é importante estabelecer limites para que o pet saiba onde ele pode ficar e o que pode fazer na sua casa. 


Além disso, é um bom momento para estabelecer algumas regras, como local de dormir, de comer e fazer necessidades.


Quem tem piso de taco de madeira, por exemplo, deve usar tapetes higiênicos para evitar que o animal prejudique o revestimento. Caso a sua casa tenha um quintal ou jardim, é melhor educar o pet para usar aquele ambiente.


Uma dica para te ajudar nessa empreitada é comprar produtos específicos que estimulam o odor de cães e gatos, orientando onde eles podem defecar e urinar.

3 - Converse com todos os moradores

É importante que todos da casa também estejam preparados para a chegada do novo pet, ainda mais se você tiver filhos e quiser desenvolver o senso de responsabilidade.


Estabeleça alguns deveres para cada membro, como:


  • Quem vai levar o pet para passear?
  • Quem vai colocar água e comida?
  • Quem irá limpar as fezes e urina?
  • Quem irá marcar consultas no veterinário?
  • Quem vai marcar o pet banho e tosa?

Assim como nós, seres humanos, os animais demandam muitos cuidados. Por esse motivo, é essencial estabelecer prioridades para garantir a saúde do pet.

4 - Leve o pet para uma consulta

Antes de trazer o animal para casa, é importante marcar uma consulta com o veterinário para verificar se o pet não tem nenhuma doença que precise de tratamento, bem como precisa de algum medicamento especial.


Normalmente, é recomendável que os animais tomem um vermífugo, principalmente se eles forem adotados ou trazidos da rua.


Além disso, os cachorros e gatos abandonados precisam passar por um banho e tosa higiênica, para não trazer sujeiras e parasitas para a sua casa. Caso contrário, eles podem ficar doentes e infestar a casa de carrapatos, pulgas, etc.

5 - Saiba o que o pet comeu

Caso você adote o seu animal de estimação de algum local específico, é importante perguntar qual o tipo de ração ele costuma comer.


Dessa forma, é mais fácil começar a adaptação do pet em um novo ambiente, já que os animais também podem apresentar problemas digestivos por conta de alimentos diferentes.


Mas para os animais em situação de rua, o melhor é levá-los até um veterinário, para um check up completo, com o intuito de verificar se não há alguma doença pré-existente ou subnutrição. Nestes casos, é necessário seguir uma dieta específica.

Conclusão

Ter um pet é uma das grandes alegrias da vida. No entanto, é preciso proporcionar um local agradável para o animal de estimação, para que ele se sinta acolhido e amado.


Com essas dicas, a sua casa estará pronta para receber o novo membro da família!


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!


 Atenção: Antes de sair nos ajude clicando aqui para nossa página inicial

GeraLinks - Agregador de links