Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Antes de realizar as compras pela internet, o consumidor deve estar atento à segurança do site e ao histórico da loja selecionada.

Muitos consumidores passam o ano todo aguardando a Black Friday, que acontecerá no dia 27 de novembro. A data comercial caiu no gosto dos brasileiros, que aproveitam as promoções para comprar alguns dos itens mais cobiçados, como smartphones, eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

Essas compras ficam ainda mais vantajosas ao utilizar cupons de desconto, que são um excelente negócio para o bolso. Contudo, é necessário cuidado e atenção para evitar cair em golpes e jogar dinheiro fora. Abaixo, conheça quatro dicas fundamentais para comprar pela internet de maneira segura, sem colocar em risco os seus dados e o seu dinheiro.

Conheça o site em que fará a compra

A maioria das vendas da Black Friday acontece pela internet. Ela oferece a comodidade de receber o produto em casa, sem a necessidade de sair para pesquisar pelo preço mais barato. Também não é preciso enfrentar filas ou trânsito, além de haver uma boa variedade de formas de pagamento.

Apesar de essas vantagens, a compra pela internet oferece alguns riscos. É importante fazer uma boa pesquisa sobre o site em que você fará a sua compra. A orientação dada pela Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) é que a autenticidade do portal seja verificada antes de fechar qualquer transação.

Para isso, vale a pena adotar algumas medidas. Uma delas é conhecer o endereço físico da loja, que comprova a sua autenticação. Também vale anotar todos os telefones de contato disponibilizados pelo site — a ausência deles pode ser um sinal de que o estabelecimento não é de confiança.

Você também pode verificar se a empresa está no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), algo que colabora para legitimar o empreendimento. Em caso de dúvidas, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da loja, para tirar outras dúvidas relacionadas aos produtos e aos serviços oferecidos.

Verifique a segurança da conexão

Além de conhecer a legitimidade das atividades daquela loja, é importante estar atento à sua conexão com o site. É imprescindível que a navegação seja blindada, protegendo os dados e as informações pessoais do cliente, como nome, endereço e número do cartão de crédito.

Uma das maneiras de garantir essa segurança é verificar se o endereço eletrônico da página começa com  “https://”. Outro detalhe importante é a presença do símbolo de cadeado no canto superior esquerdo do navegador.

Se esses elementos não estiverem presentes, a recomendação é que o cliente faça a compra em outro site ou procure a loja física. A falta desse padrão é um sinal de que os dados do cliente ficam mais expostos, facilitando o acesso por meio de ataques de hackers.

Saiba o histórico e as opiniões sobre a loja

É fundamental que você faça uma pesquisa para conhecer o histórico da loja e a qualidade do serviço oferecido. No site do Procon ou na Junta Comercial de seu estado, é possível buscar por informações referentes aos problemas judiciais ligados àquele estabelecimento.

Uma dica valiosa é pesquisar sobre as opiniões de outros clientes que já compraram neste site. Assim, é possível conhecer um pouco mais sobre o cumprimento do que está sendo prometido, como data de entrega do produto. As avaliações também servem de guia para saber como a loja lida com o cliente para trocar um item defeituoso, por exemplo.

Não faça compras em computadores suspeitos

Evite realizar compras em computadores de terceiros, principalmente, aqueles de uso público, como os que ficam em bibliotecas, lan houses ou local de trabalho. A segurança dessas máquinas pode estar comprometida, o que facilita a exposição de seus dados e, consequentemente, a ocorrência de algum golpe de estelionato.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!