Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

5 dicas e cuidados necessários para quem pretende viajar em 2020

Antes de comprar a passagem e reservar a hospedagem, verifique como está a evolução da doença no destino escolhido, como é a infraestrutura de saúde do lugar, quais são as medidas de segurança e as restrições adotadas pelos governos locais

Se realizar uma viagem segura sempre foi uma preocupação dos viajantes, essa questão se intensificou como nunca durante a pandemia. Protocolos de segurança, elaborados por governos e especialistas da saúde, tentam amenizar os riscos de contaminação para quem precisa viajar no atual contexto.

Até a descoberta da vacina contra a COVID-19, uma série de medidas de segurança devem ser seguidas por todos os envolvidos no setor turístico: viajantes, trabalhadores, empresários e autoridades da área. Confira alguma delas a seguir.


Pesquisa feita com antecedência

Alguns países adotaram restrições para pessoas que passaram pelo Brasil 14 dias antes da viagem, como União Europeia, África do Sul, Egito, Japão e Estados Unidos, já que a pandemia não está sob controle no maior país da América do Sul.

Por isso, antes de comprar passagem e reservar hospedagem, verifique se o destino desejado tem adotado restrições para quem passou pelo Brasil, bem como quais são as regras impostas para aceitar viajantes estrangeiros.

Também é preciso verificar com antecedência quais atrações turísticas estão abertas à visitação e quais passeios estão sendo realizados, em função da quarentena. Dependendo do destino escolhido, parques temáticos, museus, cinemas e teatros podem estar fechados ou com horários de funcionamento restrito.

Atendimento de saúde

Outra dica importante é verificar como está a disseminação da doença no destino escolhido e qual é a infraestrutura dele para lidar com casos de contaminação por COVID-19.

O lugar a ser visitado vem adotando medidas para reduzir os riscos de disseminação da doença, tem boas instalações de saúde, realiza exames na população e está rastreando o contato entre pessoas contagiadas? Os hospitais estão superlotados por pacientes contaminados pelo novo coronavírus? Se você for contaminado, o seu seguro saúde garante atendimento de saúde?

Distanciamento social
Em qualquer situação e lugar, seja aeroporto, rodoviária, hotel, restaurantes, mercados, praias, parques, museus ou outras áreas visitadas, é preciso manter o distanciamento social mínimo de dois metros em relação a outras pessoas. 

Faça o check-in do voo ou do ônibus virtualmente para evitar filas e aglomerações.  Familiares e motoristas não podem mais acompanhar passageiros nos aeroportos, com o objetivo de impossibilitar agrupamentos no saguão.

No serviço de bordo, as refeições devem ser servidas pré-embaladas, acompanhadas por toalhinhas, para que os viajantes realizem a limpeza das mãos e do assento, mantendo maior higiene no ambiente. A cada novo embarque, incluindo escalas e conexões, as companhias aéreas submetem os aviões a uma limpeza.

Máscaras e álcool em gel
Além disso, é imprescindível usar máscaras em todos esses contextos, com exceção das crianças com menos de dois anos de idade. Manter as mãos lavadas e sempre ter um álcool em gel na bolsa também é essencial.

Quando sair do hotel para passear ou comparecer a alguma reunião, em casos de viagens a trabalho, leve algumas máscaras faciais na mochila, já que o tempo máximo de uso recomendado para os equipamentos caseiros é de duas horas.

Cuidados com a hospedagem
Ao buscar um hotel ou pousada, verifique com antecedência quais são os protocolos de segurança que estão sendo adotados pelo estabelecimento. Uma medida de cautela é impedir a entrada de funcionários ou novos hóspedes em um quarto menos de 24 horas depois da saída do hóspede anterior. 

Outra medida é evite permanecer em áreas comuns ou espaços compartilhados internos, como salão de jogos, piscinas e auditórios. Priorize áreas ao ar livre, como praias, praças e parques, sempre mantendo o distanciamento social.

Se alugar um quarto ou hospedagem em plataformas como o Airbnb, pergunte para o anfitrião se o espaço disponível estava ocupado imediatamente antes da sua chegada e quais são os cuidados que estão sendo adotados nele. Assim que entrar no lugar, abra as janelas e deixa o ar fresco circular por, pelo menos, 15 minutos.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!