Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).


Quem está reformando a cozinha pode inovar com outros revestimentos, ou somente com a troca de móveis, deixando o espaço otimizado e planejado.

Mudar a decoração do ambiente é uma boa maneira de renovar os ares, melhorar a aparência do lar e promover novas sensações ao moradores.

O primeiro passo para isso é o planejamento. Até mesmo as mudanças mais simples requerem um projeto detalhado, levando em consideração todas as singularidades do cômodo. 

Além disso, em espaços como a cozinha, é preciso considerar determinadas restrições, escolhendo materiais que não absorvam muito calor, impermeáveis e fáceis de limpar.

São muitos detalhes e, muitas vezes, podemos ficar perdidos na hora de começar a reforma. Mas, aos poucos, é possível ter uma cozinha totalmente nova e revitalizada.

No artigo de hoje, apresentamos 5 dicas que vão te ajudar com a decoração da sua cozinha. Acompanhe a leitura!

1 - Pisos e azulejos: os melhores para cozinha

Os pisos e azulejos são os revestimentos mais importantes em uma reforma. 

Às vezes, nem sempre trocar os materiais é a melhor opção, visto que a obra pode ser muito dispendiosa, em termos financeiros e de tempo.

Uma opção é pintar os azulejos, ou até mesmo optar por colagens, que podem mudar a aparência do revestimento e modernizar o ambiente.

O chão, por exemplo, pode ser coberto com pisos laminados, que pode ser colocado diretamente no contrapiso. 

Apesar de serem normalmente associados com lojas e estabelecimentos comerciais, esse revestimento é fácil de aplicar, pois além de ser impermeável, é extremamente elegante.

Vale dizer que o piso laminado se adéqua a qualquer tipo de decoração. Sendo assim, se a cozinha tem um estilo vintage ou moderno, é possível encontrar um revestimento ideal.

Outra opção é o piso vinílico para cozinha. Feito em material polimérico, o revestimento é muito prático na questão da limpeza e pode ser encontrado em diversos modelos, inclusive com um visual que imita madeira.

2 - Opte pelos móveis planejados

Os móveis planejados são conhecidos pelo seu alto poder de racionalização dos espaços, melhorando a organização do ambiente, visto que eles são fabricados sob medida, conforme as especificações de cada cômodo.

Por exemplo, um gabinete de cozinha 2 metros pode ser feito de acordo com as preferências do morador, levando em consideração a quantidade de utensílios domésticos e a praticidade de uso no dia a dia.

Entre outras vantagens dos móveis planejados, destacam-se:

Valorização do imóvel;
Maior requinte e sofisticação;
Maior durabilidade e resistência;
Excelente custo-benefício.

Importante ressaltar que o excesso de armários na cozinha pode fazer com que o ambiente fique menor do que realmente é. Por isso, é preciso ter equilíbrio na escolha dos móveis.

Uma alternativa é trocar gabinetes por prateleiras. Dessa forma, é possível aumentar o espaço e facilitar a busca por determinados utensílios.

3 - Troque alguns móveis pontuais

Em uma reforma, nem sempre é necessário trocar todos os móveis. 

Por vezes, somente a substituição de algumas peças já é o suficiente para dar um novo visual ao cômodo, tornando o ambiente mais agradável e moderno.

Por exemplo, uma mesa de inox para cozinha é uma opção bastante viável, pois além de ter uma aparência diferenciada, o móvel também tem um bom custo-benefício, resistência a umidade e aos choques mecânicos, além de uma grande durabilidade.

No entanto, vale a pena considerar as particularidades da cozinha e escolher um estilo certo. Se necessário, busque orientação de um arquiteto ou designer de interiores.

4 - Use adesivos e ímãs de geladeira

De maneira simples, os adesivos e ímãs de geladeira são capazes de dar um toque especial à decoração. 

Eles podem traduzir algumas experiências positivas dos moradores, como viagens, ou até mesmo servir para divertir as pessoas.

Aqui, é preciso ter criatividade e parcimônia, já que o excesso também pode prejudicar a decoração da cozinha.

5 - Decore com os próprios utensílios domésticos

Conchas, colheres e panelas também podem ser usados como itens de decoração. 

Isso ajuda a evitar gastos com a aquisição de objetos e, ao mesmo tempo, dá um toque intimista e personalizado ao ambiente.

Inclusive, é possível usar as prateleiras para alocar os artigos, em uma disposição que agrade aos moradores.

Conclusão

Reformar a cozinha não precisa ser uma dor de cabeça. 

Aliás, com o planejamento adequado, criatividade e equilíbrio, é possível adaptar o ambiente e renovar a aparência do local, sem muitos gastos.

Ou seja, a chave para toda obra é ter um projeto completo e bem detalhado.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!