Blog Diferente Para Ser Diferente
Somos diferentes, não há um ser humano sequer igual; nosso objetivo é ser diferente unindo os diferentes neste site diferente para quem é diferente, vem com a gente!


Ela ficou conhecida após fazer protestos sobre a crise climática em frente ao Parlamento sueco. Veja os posicionamentos de Thunberg em relação aos últimos acontecimentos.

Com a pandemia causada pelo novo coronavírus, personalidades e pesquisadores em todo o mundo estão especulando o cenário pós-crise. Por meio do celular, é possível ter acesso instantâneo às notícias, além de acompanhar os casos mundiais em mapas interativos.

A ativista ambiental Greta Thunberg é uma das vozes que têm se pronunciado durante a pandemia. A jovem de 17 anos afirmou que este é um cenário de oportunidade: os países poderão escolher novos caminhos quando as medidas de isolamento terminarem.

“Gostemos ou não, o mundo mudou. Parece completamente diferente de como era há alguns meses e, provavelmente, não será o mesmo novamente. Teremos a chance de escolher um novo caminho a seguir”, declarou a ativista em uma videoconferência.

Ela ainda ressalta a importância de pensar no futuro. “Se um único vírus pode destruir economias em questão de semanas, então, não estamos pensando a longo prazo e não estamos levando em consideração esses riscos”, ressaltou Thunberg.

Para que isso se concretize, ela ainda pede que os líderes governamentais escutem a Ciência, tanto em relação ao coronavírus, quanto às questões ambientais. Além disso, a jovem disse que os chefes de Estado devem atuar de maneira conjunta, deixando as diferenças de lado e tomando as decisões necessárias.

COVID-19 e crise climática

Em um evento organizado pelo Museu do Prêmio Nobel, Greta enfatizou que a crise climática não é tão imediata quanto a do coronavírus. No entanto, ressaltou que ela deve ser enfrentada. Caso contrário, os danos podem ser irreversíveis.

Na contramão dos discursos sobre a diminuição da poluição durante a pandemia do novo coronavírus, a ativista declara que isso não é motivo para otimismo. A crise climática não está desacelerando.

Em uma entrevista para a Thomson Reuters Foundation, a ativista ressaltou que não há fator positivo em relação à pandemia. Entretanto, ao analisar o assunto por outra perspectiva, observou que, quando o mundo está em crise, é possível agir e fazer algo rapidamente. 

“Embora deva ser diferente de como agimos nesse caso, podemos agir rápido, mudar nossos hábitos e tratar uma crise como uma crise”, disse Thunberg. Nesse sentido, se todos estivessem comprometidos, também seria possível se organizar e agir em relação às mudanças climáticas.

Greta Thunberg e Brasil na pandemia

Greta Thunberg está se mantendo informada sobre as políticas brasileiras durante a pandemia. “O governo Bolsonaro, definitivamente, falhou em combater a pandemia de coronavírus, como muitos outros também fizeram”, declarou a ativista em uma videoconferência.

A frase foi dita em um discurso, ao fazer o lançamento de uma campanha de financiamento coletivo. A ação tinha como objetivo comprar materiais hospitalares e fornecer atendimentos no modelo de telemedicina para aqueles que residem na floresta amazônica.

O estado de Manaus já havia declarado o colapso do sistema de saúde, e a pandemia se mostra mais devastadora a cada dia na região. “A consequência da morte dos povos da Amazônia e da destruição da floresta amazônica serão globais”, disse a jovem. 

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, agradeceu o pedido de ajuda de Thunberg. Ele disse que o apelo para que grandes nações ajudem a cidade a enfrentar a pandemia ganha ainda mais força com a declaração da ativista ambiental.

Um episódio político em Brasília não passou despercebido pela jovem. Ela criticou o ministro do Meio Ambiente brasileiro, Ricardo Salles, que defendeu que a crise do coronavírus era o momento de “passar a boiada”. O termo se refere à desregulamentação de normas ambientais.

Segundo o ministro, esta era uma boa oportunidade, porque a mídia está focada na cobertura da pandemia. “Precisa haver um esforço nosso aqui, enquanto estamos neste momento de tranquilidade no aspecto de cobertura de imprensa, porque só fala de COVID-19, e ir passando a boiada, mudando todo o regramento e simplificando normas”, disse.

Greta se posicionou por meio do Twitter, dizendo: “Imagine as coisas que foram ditas por trás das câmeras. Nosso futuro é somente um jogo para eles”.
Postagem Anterior Próxima Postagem