Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Seja Diferente, Junte-se ao Seja Hoje Diferente.

Reprodução Divulgação

Estimativa da Academia Brasileira de Rinologia indica que mais de 38 milhões de brasileiros são portadores de malformação na parede que divide as narinas. Tais dados colaboram para o aumento do número de cirurgias de desvio de septo

A cirurgia de desvio de septo atua de forma intervencionista, corrigindo a tortuosidade do septo nasal, permitindo que o paciente apresente melhora no quadro respiratório e minimização de diversos sintomas atrelados a condição. 

Pacientes que apresentam desvio de septo costumam apresentar sintomas que colaboram para a perda de qualidade de vida, sendo eles: 

Sono de má qualidade; 
Apneia do sono; 
Sonolência e cansaço excessivo; 
Nariz constipado a maioria do tempo;
Dores de cabeça e no rosto de forma contínua; 
Sangramento nasal; 
Ronco; 
Entre outros sintomas. 

Para identificação da real necessidade de uma cirurgia de desvio de septo é necessário consultar-se com um otorrinolaringologista e por meio de um exame clínico simples é possível verificar se o paciente realmente é portador de alguma irregularidade do septo. 

Como é o preparo da septoplastia? 

Septoplastia é a denominação médica para a cirurgia de desvio de septo. Para que o paciente se submeta a intervenção cirúrgica sem riscos, alguns exames são solicitados. Hemograma completo, eletrocardiograma e radiografia/tomografia da face fazem parte dos cuidados pré-cirúrgicos. 

A consulta com um anestesiologista ajuda a minimizar os riscos de uma intercorrência durante a cirurgia de desvio de septo, sendo que todas essas indicações e orientações são dadas pelo otorrinolaringologista especialista em cirurgia cérvico-facial. 

Por vezes, o paciente opta por, além de melhorar a funcionalidade do órgão, dar um up na estética do nariz. Nesses casos, é comum que a cirurgia de desvio de septo seja feita de forma conjunta a rinoplastia, que é a cirurgia plástica no nariz. 

Como é feita a cirurgia de desvio de septo? 

O procedimento é feito em centro cirúrgico com o paciente anestesiado, geralmente é utilizada a anestesia geral. O cirurgião otorrino fará uma incisão de pequeno porte dentro do nariz para descolara mucosa da cartilagem e ter acesso ao septo e seu desvio.  O otorrino corrigirá a tortuosidade do septo, tentando deixá-lo o mais reto possível, prezando sempre pela funcionalidade do nariz. Feita a correção, será reposicionada a mucosa e dependendo da complexidade da cirurgia de desvio de septo, pode vir a ser necessário o uso de splints nasais, que servirão de molde.

O tempo cirúrgico é variável, sendo que a média de duração é de duas horas. Não é necessário tempo prolongado de internação, sendo que a maioria dos pacientes deixa o hospital 12 horas após a cirurgia de desvio de septo

Recuperação da septoplastia e demais cuidados

A cirurgia de correção do desvio de septo costuma ser rápida. Até 15 dias após a intervenção cirúrgica o paciente é liberado para retomar as atividades laborais ou estudantis. 

Em casa não são necessários cuidados específicos, apenas evitar qualquer contusão no nariz, dormir com o dorso elevado para evitar sangramento e tomar os medicamentos indicados pelo otorrinolaringologista. 

Passados 30 dias da cirurgia de desvio de septo o paciente é liberado a retomar a prática de exercícios e tem os sintomas minimizados e até mesmo eliminados por completo. 

#sejahojediferente #sejadiferente #correntedobem #heroisdoslacres #sejavoce #fuscadobem #fusquinhadobem #unidosdobem #ermelinomatarazzo
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!