O Dr. Iuri Tamazauskas, cirurgião geral do Hospital Albert Sabin, fala sobre as características da doença, seu tratamento e sua prevenção.

Diverticulite é a inflamação de pequenas “bolhas” presentes no intestino grosso, os chamados divertículos, que estão presentes geralmente em adultos com mais de 40 anos e são mais frequentes em pessoas que possuem prisão de ventre crônica ou que fazem uma dieta pobre em fibras.

“A diverticulite ocorre quando uma dessas “bolhas” entope por meio de fragmentos de alimentos ou fezes e cria a condição para que bactérias do bolo fecal se proliferem causando a inflamação e a infecção”, explica o Dr. Iuri Tamazauskas, cirurgião geral do Hospital Albert Sabin (HAS).

Segundo o especialista, o quadro clássico de diverticulite aguda se apresenta com dor abdominal no quadrante inferior esquerdo, contudo, podemos encontrar sintomas associados, como:

  • Náuseas e vômitos;
  • Febre;
  • Prostração;
  • Entre outros.

O diagnóstico da doença se dá através de anamnese e exame físico dirigidos, associados a exames complementares, nos quais se destacam os laboratoriais (leucograma e proteína C reativa) e os de imagem (tomografia computadorizada de abdome / pelve).

De acordo com o cirurgião, a maioria dos casos se apresentam com quadros leves, necessitando apenas de sintomáticos e antibióticos orais em uso domiciliar. “Casos com sintomas mais proeminentes podem precisar de internação para controle de dor, pausa alimentar e administração de antibióticos endovenosos. Em uma pequena porcentagem dos pacientes pode apresentar complicações como perfuração e acabam precisando de intervenções invasivas, como uma cirurgia ou punção por radiointervenção”.

Outra dúvida muito comum é o fato de a enfermidade acontecer após os 50 anos. O Dr. Iuri explica que com nosso envelhecimento as paredes do intestino perdem seu tônus (condição de flexibilidade e firmeza de um tecido ou órgão), possibilitando a formação das “bolhas” (divertículos).

“No mais, uma dieta balanceada, rica em fibras, e associada a hidratação adequada diminui os riscos de apresentar a diverticulite”, finaliza o Dr. Tamazauskas.

HOSPITAL ALBERT SABIN:

Com a missão de promover a saúde, buscando a excelência dos processos assistenciais, melhoria contínua e eficiência operacional há mais de  50 anos, o Hospital Albert Sabin (HAS), está revitalizado, modernizado e se posiciona como principal polo de saúde da Lapa e região. 
 
Humanização, cuidado, atenção e respeito são os valores que orientam todas as atividades da equipe e do centro médico, colocando à disposição dos pacientes equipamentos de última geração, que garantem mais segurança e altos índices de sucesso em cirurgias e tratamentos. 
 
Os serviços oferecidos à população, sempre com alto grau de qualidade, são os mais completos e diversos, como o Pronto Atendimento 24 horas, Unidade Coronariana (UCO), Centro Cirúrgico e internações de urgência e eletivas. 
 
O HAS oferece atendimento com total segurança e cuidado nas mais diversas especialidades, como Arritmologia, Bucomaxilo, Cardiologia, Cirurgia Cardíaca, Cirurgia Geral, Cirurgia Plástica, Clínica Geral, Dermatologia, Endocrinologia, Fisioterapia, Gastroenterologia, Ginecologia, Hematologia, Infectologia, Neurocirurgia, Neurologia, Nutrologia, Oftalmologia, Oncologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Proctologia, Psiquiatria, Urologia e Vascular. 
 
O Hospital Albert Sabin também realiza exames laboratoriais, de imagens e cardiológicos, serviços de diagnose e terapia com o que há de mais moderno em termos de equipamentos e com qualidade profissional incomparável. Dentre esses serviços encontram-se a Anatomia Patológica, Broncoscopia, Colonoscopia, Doppler Transcraniano, Ecocardiograma, Ecodoppler, Eletrocardiograma, Endoscopia Digestiva Alta, Hemodinâmica, Prova de Função Pulmonar, Quimioterapia, Radiologia em Geral, Tomografia Computadorizada/Angiotomografia, Ultrassonografia e Ressonância Magnética/Angioressonância. 
 
O hospital e seus profissionais atuam com protocolos de segurança e certificações internacionais para garantir processos seguros aos seus pacientes, acompanhantes e equipes.  
 
HAS: A sua vida tem o nosso cuidado!

Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com