No Prayer for the Dying

A história não tem sido gentil com No Prayer For The Dying, do Iron Maiden . Quando a banda lançou a Complete Studio Collection em 2017, o Classic Rock escreveu: "Na verdade, a abordagem autoconsciente e de volta ao básico do  No Prayer For The Dying foi decepcionante após a grandiosa perfeição de Seventh Son Of A Seventh Son  e continua sendo o conjunto de canções mais irregular da história do Maiden.  Fates Warning , em particular, é totalmente, irritantemente esquecível, mas  Tailgunner ,  The Assassin  e a faixa-título são joias desconhecidas. 

A Metal Hammer também não se impressionou, classificando-o como o pior da carreira do Iron Maiden e dizendo: "Pode apresentar o único single número um do Maiden, o divertido  Bring Your Daughter To The Slaughter , mas a continuação do poderoso  Seventh Son From A Seventh Filho  agora soa como uma tentativa equivocada de voltar ao básico. 

"Existem algumas músicas decentes aqui - a faixa-título e  The Assassin  certamente têm seus encantos - mas graças aos ganchos como  Fates Warning,  No Prayer For The Dying  é o pior álbum do Maiden de longe. Mother Russia  é  muito engraçado , no entanto."

Trinta anos depois, essas opiniões devem ser revistas? É isso que vamos descobrir. 

Foi meu primeiro disco de Vinil que comprei da Banda Iron Maiden nos anos 90 e desde então fiquei fascinado por Iron Maiden (Alessandro Turci).

No Prayer for the Dying é o oitavo álbum de estúdio realizado pela banda de heavy metal Iron Maiden, lançado em 1990. Depois de dois álbuns tendo como característica principal o uso de teclados e sintetizadores, a intenção neste disco era voltar aos primórdios da banda.

Veja mais sobre Iron Maiden no News SHD.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Compartilhe nas redes sociais e apoie ou retribua

Todos os nossos artigos são exclusivos é proibida a reprodução total ou parcial dos mesmos sem a indicação da fonte SHD: Sejahojediferente.com