Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Entenda cada modalidade e veja qual seria melhor para você.

A compra de um imóvel pode ser realizada de diferentes formas: por meio do consórcio imobiliário, dos financiamentos e até dos empréstimos. O mais importante é escolher a modalidade que se encaixa melhor em seu orçamento, de forma a trazer benefícios e permitir que você conquiste sua casa própria.

Como o mercado imobiliário está em constante mudança, o ideal é pesquisar bem e entender se você deve apostar no empréstimo ou no financiamento. Em dúvida sobre as duas modalidades? Conheça cada uma delas e veja qual vale mais a pena.

O que é um empréstimo e como ele funciona?

Modalidade fornecida por instituições financeiras que permite que você use o dinheiro como desejar. Não é obrigatório que todo o valor emprestado seja aplicado na compra de um imóvel.

Suas taxas de juros costumam ser mais elevadas, a depender do perfil do pagador. Se, anteriormente, você já esteve inadimplente, seja com outros empréstimos ou cartão de crédito, os bancos podem colocar taxas mais altas, como uma segurança de que irá arcar com a dívida.

Sabendo o que é um empréstimo e como ele funciona, é importante que você também conheça quais as vantagens e as desvantagens dele.

Vantagens do empréstimo

Dentre as principais vantagens de fazer um empréstimo para a compra de uma casa, estão:

       praticidade de solicitação, não sendo necessário tantas comprovações e análises;

       variedade de modalidades de empréstimo (pessoal, cheque especial, consignado),

       valor creditado direto na sua conta.

Desvantagens do empréstimo

O empréstimo também possui desvantagens. As principais delas são:

       juros bem mais altos;

       risco de não conseguir arcar com as parcelas e perder o imóvel,

       cobrança de diversas tarifas.

O que é um financiamento e como ele funciona?

O financiamento também é um empréstimo realizado com uma instituição financeira. A diferença é que seu valor precisa obrigatoriamente ser destinado para a compra de um veículo ou um imóvel. Neste caso, se você pretende adquirir uma casa, terá que ir em busca de um financiamento imobiliário.

Seus juros dependem da variação da taxa Selic. Quando ela está em queda, é um bom momento para fazer um financiamento, já que os bancos também baixam o valor dos juros.

Trata-se de um pagamento a longo prazo, em que a instituição financeira compra o imóvel que você deseja, e você passa a dever para ela. Em média, os financiamentos podem durar até 30 anos.

Assim como acontece no caso do empréstimo, é essencial que você conheça os prós e os contras de fazer um financiamento antes de optar por essa modalidade.

Vantagens do financiamento

As principais vantagens de fazer um financiamento para a compra da casa própria são:

       planejamento a longo prazo;

       taxas de juros um pouco mais interessantes, dependendo do cenário econômico brasileiro,

       uso do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para dar entrada no financiamento.

Desvantagens do financiamento

Apesar de ser uma modalidade bastante procurada por quem quer adquirir um imóvel, o financiamento também possui desvantagens, como:

       valor pago pelo imóvel é mais alto que seu preço real;

       exigência de vários documentos e comprovação da finalidade do financiamento,

       risco de perder o imóvel caso atrase as parcelas.

O que vale mais a pena?

Para definir o que vale mais a pena, entre o empréstimo e o financiamento, é importante considerar qual das modalidades seria mais vantajosa para você. Se busca juros mais atrativos, financiar será mais indicado.

Quem não tem certeza se quer mesmo adquirir o imóvel pode apostar no empréstimo. Isso porque, nesta modalidade, são necessárias menos comprovações, já no financiamento, há mais burocracia para conseguir ter acesso ao dinheiro.

Assim, antes de decidir o que pretende fazer para realizar o sonho da casa própria, analise com calma as principais vantagens e desvantagens de cada procedimento.

Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!