Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta spectreman. Ordenar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta spectreman. Ordenar por data Mostrar todas as postagens

23.8.18

O Macaco do Espaço Gori - Spectreman



"Planeta: Terra. Cidade:Tóquio. Como todas as grandes metrópoles do planeta, Tóquio se encontra hoje em desvantagem na sua luta contra o maior inimigo do homem: a poluição. E, apesar dos esforços de todo o mundo, pode chegar um dia em que a terra, o ar e as águas venham a se tornar letais para toda e qualquer forma de vida. Quem poderá intervir? Spectreman!!!"

Quem na infância não assistiu a algum seriado japonês e não se lembra da abertura acima? Seguindo a linha de Ultraman e Ultraseven, Spectreman foi uma série "clone" que fez muito sucesso não só em seu país de origem, o Japão, mas também EUA, França e Brasil, que foi transmitido até a década de 90 pelo SBT. A produção escassa não teve problemas em criar a saga do herói e uma incrível mania por monstros.

A série conta a história de um herói meio humano, meio robô, com fraquezas e habilidades para defender a cidade de Tóquio e, conseqüentemente, a Terra. Depois de serem banidos de seu planeta natal, o terrível Dr. Gori, um macaco loiro, egocêntrico e cheio de gestos manuais, e seu braço direito, o general Karas, um terrível gorila, partem em busca de um planeta em que possam dominar e assim criar uma nova civilização.

O primeiro alvo da dupla maligna é o planeta Terra. Chegando aqui, Dr. Gori e Karas decidem usar a própria poluição para criar monstros gigantes, a grande marca do programa, e assim dominar a Terra. Os monstros eram os mais variados: baleias voadoras, monstros com duas ou três cabeças ou com cabeças de semáforo, baratas gigantes entre outros inesquecíveis.

Ao saber disso, os Dominantes do planeta Nebulosa 71 enviam à Terra um andróide para poder deter os terríveis planos dos macacos espaciais. Com seu bordão "Dominantes, às ordens!", Spectreman lutava e derrotava todos os monstros. O humano Kenji (a identidade secreta) fazia parte de um grupo de ativistas ambientais, o Grupo Anti-poluição, alertando a todos sobre os riscos ao meio-ambiente, que mais tarde se tornaria o Grupo Anti-monstros, que fabricavam armas mais eficazes para ajudar Spectreman.



Spectreman chegou ao Brasil no final dos ano 70. Inicialmente, ele foi exibido nas noites da Rede Record onde não fez muito sucesso. 

Curiosamente, exibiam a série alternando com Ultra Seven. Dizem que era pra dar impressão de ser uma “nova fase” do Ultra herói clássico…

A série teve uma melhor projeção quando passou a ser exibida pela TVS – o antigo nome do SBT, caso não saibas. O programa era exibido como tapa buraco (em meio à reprise de Ultras), mas por volta de 1986 a atração se tornou o sucesso do programa do palhaço Bozo (e depois passaria pelo Tv Poww! e ainda Show Maravilha). Com isso, a série permaneceu no ar por um bom tempo (mas um bom tempo meeeesmo) se despedindo da tevê brasileira por volta de 1989 – numa época que já passava Jaspion e Changeman na Manchete!).

No dia 2 de janeiro de 1971 teve início a produção original do seriado Spectreman, uma série de televisão japonesa de ficção-científica. Sua produção seguiu até 25 de março de 1972, totalizando 63 episódios. No Brasil, a produção foi ao ar entre os anos de 1981 a 1982 pela Rede Record. Entre 1983 e 1990, a série foi transmitida pelo SBT.

A trama do seriado é em torno da luta do androide Spectreman contra o cientista Gori e seu auxiliar, Karas — ambos homens-macaco. Fora as batalhas do bem contra o mal, Spectreman também abordava questões relacionadas aos problemas causados pela poluição.

"Spectreman"
Título original: "Uchu Enjin Gori (Macaco do Espaço Gori, episódios 1 a 20), Uchu Enjin Gori Gori tai Spectreman (Maco do Espaço Gori versus Spectreman, episódios 21 a 39), Spectreman (Spectreman, episódios 40 a 63) "

Japão de 2/1/1971 a 25/3/1972.
63 episódios. 
Som: Mono

Criação: Tomio Sagisu 
Produtora: P-Productions

Elenco:
Tetsuo Narikawa - Kenji (Joji Gamu no original)
Tohru Ohira - Chefe Kurata
Kazuo Arai - Ota
Takatsumi Watanabe - Kato
Koji Ozaki - Wada
Machiko Konishi - Minnie
Sakurako Shin - Chieko
Rumi Gotoh - Yujim

Taeko Sakurai - Kimie

Agradecimentos:
www.autobahn.com.br
www.jbox.com.br
www.seuhistory.com

Grupo Spectreman no Facebook
www.facebook.com/groups/spectreman


Postagem Relacionada no SHD:
Ultraman; Você lembra dele?


27.10.18

Curiosidades sobre o Spectreman


Saudações Amados:

"Planeta: Terra. Cidade:Tóquio. Como todas as grandes metrópoles do planeta, Tóquio se encontra hoje em desvantagem na sua luta contra o maior inimigo do homem: a poluição. E, apesar dos esforços de todo o mundo, pode chegar um dia em que a terra, o ar e as águas venham a se tornar letais para toda e qualquer forma de vida. Quem poderá intervir? Spectreman!!!"

Quem na infância não assistiu a algum seriado japonês e não se lembra da abertura acima? Seguindo a linha de Ultraman e Ultraseven, Spectreman foi uma série "clone" que fez muito sucesso não só em seu país de origem, o Japão, mas também EUA, França e Brasil, que foi transmitido até a década de 90 pelo SBT. A produção escassa não teve problemas em criar a saga do herói e uma incrível mania por monstros.



A série conta a história de um herói meio humano, meio robô, com fraquezas e habilidades para defender a cidade de Tóquio e, conseqüentemente, a Terra. Depois de serem banidos de seu planeta natal, o terrível Dr. Gori, um macaco loiro, egocêntrico e cheio de gestos manuais, e seu braço direito, o general Karas, um terrível gorila, partem em busca de um planeta em que possam dominar e assim criar uma nova civilização.

Leia: Spectreman Autobahn

O primeiro alvo da dupla maligna é o planeta Terra. Chegando aqui, Dr. Gori e Karas decidem usar a própria poluição para criar monstros gigantes, a grande marca do programa, e assim dominar a Terra. Os monstros eram os mais variados: baleias voadoras, monstros com duas ou três cabeças ou com cabeças de semáforo, baratas gigantes entre outros inesquecíveis.

Mais Spectreman no SHD: Clique Aqui

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

28.8.21

Mangá de Spectreman será lançado no Brasil pela Pipoca & Nanquim


A editora Pipoca & Nanquim divulgou, por meio de uma live em seu canal no Youtube, que publicará no Brasil o mangá Spectreman, de Souji Ushio e Daiji Kazumine.

Spectreman foi publicado no Japão nos anos 1970 pela editora Akita Shoten sendo concluído em um total de 7 volumes. Posteriormente, a obra foi relançada compilando os volumes em novas edições.

A edição brasileira será completa em 4 volumes, começando provavelmente em novembro de 2021 e terminando em fevereiro de 2022.

Sinopse: Planeta: Terra. Cidade: Tóquio. Como em todas as metrópoles deste planeta, Tóquio se acha hoje em desvantagem em sua luta contra o maior inimigo do homem: a poluição. 

E apesar dos esforços das autoridades de todo o mundo, pode chegar um dia em que a terra, o ar e as águas venham a se tornar letais para toda e qualquer forma de vida. 

Quem poderá intervir? Spectreman!

29.12.20

Spectreman - Rede Record / TVS

1.9.21

Como surgiram os super-heróis japoneses na TV e mangás


CROLOGIA DOS PRINCIPAIS FATOS DA HISTÓRIA DA INDÚSTRIA DOS TOKUSATSU:

1954: Godzilla, da Toho, é criado por Ishiro Honda (diretor), Tomoyuki Tanaka (produtor) e Eiji Tsuburaya (efeitos especiais). Esse é o primeiro tokusatsu de todos

1954: Shotaro Ishinomori inicia sua carreira de mangaká, mudando-se para Tóquio em 1956 e tornando-se assistente de Osamu Tezuka. Ele se tornaria um dos principais nomes da indústria

1957: Estreia Super Giants, série de curtas-metragens para cinema do primeiro super-herói em filme do Japão, o Super Gigante

1958: Gekko Kamen (Máscara Lunar) é criado pela então estreante Toei, como primeiro herói da TV japonesa, pegando carona no sucesso dos filmes de Super Giants e Godzilla

1960: Estreia National Kid, o primeiro tokusatsu exibido no Brasil, no ano de 1964. O herói era apenas mais um dentre os vários que surgiram após o sucesso de Gekko Kamen, fazendo mais sucesso por aqui do que no Japão

1963: Ishinomori lança seu mangá Cyborg 009, a primeira equipe de heróis japoneses. Mais tarde isso vai inspirar a origem dos sentai

1966: Eiji Tsuburaya (cocriador do Godzilla) cria Ultra Q em sua própria  empresa de tokusatsu, a Tsubaraya Productions, que levou a criação de Ultraman

1966: Magma Taishi, conhecido como Goldar e os Vingadores do Espaço no Brasil, estreia como o primeiro tokusatsu colorido da TV japonesa, baseado em um mangá de Osamu Tezuka 

1966: Uma semana após Magma Taishi, estreia Ultraman, segundo tokusatsu colorido e primeiro a virar franquia

1971: Buscando correr atrás do sucesso de Ultraman, a Toei encomenda um novo herói com Ishinomori. Ele cria Kamen Rider, que se torna a segunda franquia de tokusatsu e desencadeia o Henshin Boom, de heróis em tamanho humano que se transformam. Antes, ele ofereceu seu mangá Skullman, mas a Toei achou tenebroso demais e o conceito mudou (depois, essas ideias originais foram usadas no filme Shin Kamen Rider, de 1992). Posteriormente, Ishinomori cria vários outros heróis na Ishinomori Productions, como Android Kikaider e Kikaider 01, Robot Detective, Inazuman e Inazuman Flash, Kaiketsu Zubat e Henshin Ninja Arashi

1971: Alguns meses antes de Kamen Rider estreou Spectreman, de Souji Ushio, com conceitos inovadores e um nome diferente a princípio, mas que foi se adequando para correr atrás do sucesso da Toei. Veio pro Brasil em 1980, onde se tornou um dos tokusatsu de maior sucesso de público

1975: A Toei e Ishinomori criam Himitsu Sentai Gorenger (Esquadrão Secreto Goranger), o primeiro sentai (esquadrão), com cinco personagens coloridos compondo uma equipe

1977: Jakq Dengekitai (Equipe Relâmpago Jacker), o segundo sentai, é criado pela Toei e por Ishinomori 

1979: Estreia Battle Fever J, um sentai que evolui as ideias dos anteriores, com a inclusão de um robô gigante e um golpe final de equipe, e dá origem à franquia Super Sentai. Em 1995, a Toei divulga que as duas séries antecessoras passariam a ser, oficialmente, parte da franquia, apesar de não terem robôs gigantes. Super Sentai é a série de Tokusatsu com mais temporadas, incluindo Flashman, Changeman e Maskman, e foi adaptada no ocidente como Power Rangers

1982: Estreia Uchuu Keiji Gavan (Space Cop), o primeiro tokusatsu da nova franquia da Toei, a Metal Heroes, de heróis em armaduras metálicas

1985: Estreia Jaspion, o quarto herói dos Metal Heroes e o que mais fez sucesso no Brasil

1988: Cybercop, uma equipe de Henshin Heroes, marca o retorno da Toho aos tokusatsu e faz enorme sucesso entre o público brasileiro

1990: Estreia a série da única heroína dos tokusatsu que foi transmitida no Brasil, Bishōjo Kamen Powatorin (Estrela Fascinante Patrine), também criação de Ishinomori

1999: Estreia a última série de TV de Ishinomori, VoiceSlugger (se pronuncia Voislâger, e não é da Toei), que foi lançada postumamente, um ano após sua morte.


Até hoje novas e excelentes produções de tokusatsu são feitas para televisão, todas ainda gerando excelentes mangás, que agora também começam a ser publicados no Brasil.

Links abaixo:

O que temos no Seja Hoje Diferente sobre:

6.9.19

O que gosto de fazer na liberdade? - Praça da Liberdade SP

Imagem Divulgação Reprodução Internet

Por: Brenda Christine 

Para quem não conhece a Liberdade é um bairro localizado no centro de São Paulo.

Um alto arco torii vermelho é marca de entrada para o bairro da Liberdade, lugar decorado com lanternas pelas ruas, gastronomia japonesa como sushi, yakissoba. 

Tendo também as lojinhas e galerias para presentes.

Um lugar maravilhoso para ir com amigos ou família, experimentar as  comidas , tirar muitas fotos criativas, comprar mangás, conhecer o lugar e aproveitar o momento. 

Além das ruas serem bem decoradas com as lanternas, tem um jardim oriental  que tem um pequeno laguinho com carpas, pouco espaço mas com muita gente. 

Pelas ruas barraquinhas de artesanatos, e não esquecendo a comemoração do ano novo chinês conhecido também como ‘ano novo lunar’, cada ano é comemorado por um signo chinês, por exemplo esse ano de 2019 foi comemorado a chegada do porco da terra trazendo mudanças significativas para o mundo todo, tendo também varias barraquinhas de comidas típicas e de presentes.




Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por Brenda Radke (@brendachristine3) a


Frequento o bairro da Liberdade desde pequena, quando criança não tinha o conhecimento que tenho hoje com 16 anos. Atualmente, frequento a Praça da Liberdade ou com minha família ou com amigos, o que mais gosto de fazer lá é visitar as galerias, conhecer as novidades e encontrar coisas relacionadas a animes e tokusatsu que gosto muito desde criança como o Ultraman, Ultraseven e Spectreman e, de outras denominações como Jaspion, Changeman, etc.

Gosto muito também das barracas de alimentação e de artesanatos, de encotrar cosplays ou pessoas diferentes para iniciar um bom papo ou registrar aquela foto legal para ser compartilhada nas minhas redes sociais.


Ultraseven & Brenda Christine

E, falando em cosplay é muito legal quando encontro o colega do meu Pai incorporado em UltraSeven.

Vá conhecer a Praça da Liberdade também e, quem sabe não nos encontramos por lá.

Sugiro também: Coisas Imperdiveis para fazer na Liberdade.

Muito Obrigada.

Veja mais de Brenda Christine - Clicando Aqui.



GeraLinks - Agregador de links