Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta ethereum. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta ethereum. Classificar por data Mostrar todas as postagens

10.10.21

O 'desenvolvimento vibrante' do Ethereum pode impulsionar os preços em um futuro próximo


Com o Bitcoin roubando a maior parte da atenção do mercado, a principal altcoin, o Ethereum está fora do quadro geral desde que o Quarto Trimestre decolou. Na frente dos preços, o crescimento do BTC elevou a expectativa do mercado, enquanto o Ethereum adotou uma abordagem desfavorável com seu lado de desenvolvimento parecendo bastante vibrante.

Demanda por Ethereum faz um retorno

Depois de um aumento maciço nos protocolos de Camada-2 no final do terceiro trimestre, a demanda por espaço no ethereum parecia ter se recuperado à medida que o último trimestre do ano começou. Notavelmente, as taxas de transação da Ethereum ultrapassaram US $ 1 bilhão em setembro com uma taxa média de transação de US $ 28.

Após a entrada no ar do EIP-1559, observou-se uma redução líquida impressionante de 55% na emissão de ETH, com mais de 474K ETH (US$ 1,7B) sendo queimado. Isso, por sua vez, deu lugar à narrativa de choque de oferta que foi otimista para a trajetória de longo prazo da ETH.



No entanto, como observado pelo analista SpencerNoon, o Ethereum sustentou altas taxas que dificultavam a experiência do usuário e servia como um vento de cauda para mais adoção de usuários de L2s mais baratos e L1s alternativos.

Essa pode ser uma das razões pelas quais os endereços ativos no Ethereum estavam perto de 577K, o que caiu quase 25% desde as altas de maio. No entanto, um mercado de NFT em expansão ao lado do crescimento da Defi no último trimestre indiretamente permitiu um ecossistema Ethereum mais robusto.

Comportamento saudável do HODLing

As ondas do Ethereum HODL ajudam a rastrear o quão ativa a oferta de ETH atual é baseada no último movimento na cadeia. Notavelmente, 76% da oferta não se moveu em mais de seis meses e cerca de 46% da oferta está em faixas etárias superiores a um ano.



Alguns dos principais fatores que afetam as ondas HODL incluem o domínio do ETH nas reservas Defi, Ethereum e CEX ETH no armazenamento a frio. Dito isto, um fator preocupante foi que 306 milhões de dólares em ETH foram depositados em bolsas, em comparação com 750 milhões de dólares sendo retirados na última semana.

Olhando para os fluxos de câmbio pegando parecia que poderia haver um aumento na pressão do lado da venda a ser absorvido em torno do nível de resistência aos preços.

Desenvolvimento parecendo vibrante

O cientista de dados Daren Matsuoka afirmou que a comunidade de desenvolvedores do Ethereum "está mais vibrante do que nunca". De fato, mais desenvolvedores entraram no ecossistema Ethereum até agora este ano do que os dois anos anteriores juntos.



O crescimento da atividade de desenvolvedores do Ethereum foi analisado olhando para as estrelas do GitHub nos principais repositórios de desenvolvedores, como web3js, trufas, solidez, hardhat, ethersjs, contratos openZeppelin, web3py e andaime-eth, ao longo do tempo.

Notavelmente, havia agora mais de 39K contas do Github que estrelaram pelo menos um dos principais repositórios. Com sua atividade de desenvolvimento em ascensão e a demanda pela recuperação da rede Ethereum, o futuro da ETH parecia bastante brilhante.

8.10.21

Ethereum: um aumento de 7000% até 2022, a história do IF se repete


A mudança do Bitcoin para $ 55,3k encheu o mercado de euforia, parcialmente ofuscando os ganhos de 5% do Ethereum em dois dias. Enquanto o altcoin de topo fazia movimentos mais lentos avançando para o norte, a expectativa de uma recuperação lenta e constante se fortaleceu em todo o mercado.

O Ethereum, até o momento, estava sendo negociado a $ 3.540 com ganhos diários de 1,23% contra ganhos do BTC de 5,73%. No entanto, havia sinais de que a história se repetia. Portanto, parecia provável que o preço da ETH dispararia nas paradas. 

Fractal Ethereum pode abastecer os preços

Fractais são indicadores úteis na identificação de pontos de reversão no mercado. Eles são freqüentemente usados ​​para identificar a direção na qual o preço se desenvolverá. Curiosamente, o Ethereum viu um indicador fractal em 2017, que incluía quatro padrões técnicos que aumentaram o preço da ETH em 7.000%.

O analista de pseudônimos Jaydee_757 primeiro identificou o fractal Etherum e destacou que o mesmo conjunto de indicadores de alta piscaram mais uma vez em 2021. 

Em 2017, uma estrutura de preço de martelo de alta empurrou o RSI mensal da ETH para uma zona de sobrecompra extremamente acima de 94. Isso desencadeou a consolidação lateral de curto prazo, baixou a leitura do RSI e, por sua vez, uma correção no RSI estocástico. 



No entanto, no final de 2017, o RSI estocástico viu um cruzamento e virou de alta, com sua linha azul cruzando acima da linha de açafrão. Este cruzamento entre a linha% K e% D fortaleceu ainda mais a continuação de alta do alt, dando lugar a ganhos de 5x.

Em janeiro de 2018, o valor do altcoin havia subido mais 500%, fechando acima de US $ 1.200. O mesmo coincidiu com o RSI formando um topo duplo. 

Notavelmente, Ethereum parecia estar espelhando os mesmos movimentos do fractal de 2017, uma vez que fez uma entrada no quarto trimestre de 2021. Uma estranha semelhança pode ser vista nas estruturas RSI de 2017 e 2021, pois ambos viram um topo duplo e foram vendidos em excesso no gráfico mensal.

Após o martelo de alta, o preço da ETH teve um aumento de 70 vezes em apenas seis meses. No longo prazo, o alt subiu 3.400% e atingiu $ 4.300, 16 meses depois de pintar um crossover RSI estocástico de alta. 

Aqui está o que as métricas nos dizem

O índice de NVT da Ethereum atingiu seu valor mais alto desde fevereiro de 2020 em 4 de outubro. Esses altos valores de NVT são indicativos do fato de que o valor da rede está ultrapassando o valor que está sendo transferido na rede.

Embora isso muitas vezes implique uma bolha de preços, no caso da ETH, isso pode representar estágios legítimos de crescimento. 



Agora, o baixo número de endereços ativos era uma estatística preocupante para a rede da ETH. No entanto, uma pequena recuperação no mesmo parecia ser um bom sinal, no momento da redação.

Ao todo, as cartas para Ethereum estão definidas para um rali, especialmente se o fractal se desenrolar bem e conforme o esperado. 

4.9.21

O que é Wrapped Bitcoin? - WBTC


Uma coisa em comum no mercado de criptomoedas são alguns fabricantes não tão conhecidos assim associarem suas criações ao nome Bitcoin, levando ao ponto de gerarem mais credibilidade – Em exceção, temos o Wrapped Bitcoin, ou WBTC.

Ele é uma versão um pouco melhorada e tokenizada do Bitcoin na Etherium.

O WBTC é compatível com o ERC 20 que é o padrão de compatibilidade acessível, além disso, foi anunciado em 26 de outubro de 2018, mas só foi lançado mesmo meses depois, no dia 31 de janeiro de 2019.

Significado de WBTC ou Wrapped Bitcoin
De forma simplificada o Wrapped Bitcoin, ou wBTC, são Bitcoins encapsulados na Blockchain do Ethereum, permitindo aproveitar todos os recursos dessa tecnologia, incluindo o uso em DeFi, como empréstimos e  Exchanges Descentralizadas, além de transferências muito mais rápidas.

Para cada Bitcoin depositado junto aos custodiantes do projeto, um wBTC é emitido na rede Ethereum.

De forma mais técnica, o Wrapped Bitcoin (WBTC) é um token ERC-20 que foi ao ar na rede Ethereum em janeiro de 2019. O token surgiu em desenvolvimento conjunto com a Bitgo, Kyber Network e Republic Protocol, tendo como objetivo principal a criação de um token na rede Ethereum com paridade 1:1 com o Bitcoin (BTC).

Como Ter Acesso ao WBTC?
Ao contrário do que muitos pensam, as criptomoedas não são criadas em massa, em especial, o WBTC é desenvolvido em uma escala de um para um.

Ou seja, para cada pessoa que o tiver em suas mãos, ou melhor, em suas carteiras de investimentos é necessário que tenha uma reserva do Bitcoin para que assim se torne acessível.

O problema de liquidez
Na publicação original do Wrapped Bitcoin, o autor Loi Luu dá muita ênfase à liquidez – ou a falta dela, ao negociar em uma exchange descentralizada (DEX) com um token que não seja baseado em Ethereum (ERC-20).

Então, para solucionar o problema de liquidez, o Bitcoin encapsulado foi criado para “trazer a liquidez do Bitcoin para o ecossistema descentralizado no Ethereum e aprimorar todos os aplicativos descentralizados”, de acordo com o comunicado inicial do projeto.

Como o WBTC funciona?
No entanto, o Wrapped Bitcoin tem uma estrutura de governança única e um mecanismo de consenso que difere do Bitcoin e do Ethereum. WBTC é um projeto DAO – Organização Autônoma Descentralizada – que usa um modelo de Governança Federada. Em outras palavras, a comunidade tem voz na tomada de decisões e na direção do projeto.

O consenso sobre a rede Wrapped Bitcoin usa um mecanismo de Prova de Reserva, o que significa que cada WBTC é apoiado por uma quantidade equivalente de Bitcoin, e isso é verificável observando o histórico de transações na cadeia.

Vale a pena comprar o token Wrapped Bitcoin?

Existem uma série de fatores que podem dizer que investir nessa moeda digital não seria a melhor opção e que seria melhor investir em outras.

Portanto, a nossa recomendação mais sincera é que você entenda mais a fundo para que evite falhas desnecessárias.

2.9.21

Ethereum ultrapassa US$ 3.700 após a ativação do Arbitrum


O preço do Ethereum (ETH) ultrapassou a marca de US$ 3.700, nesta quarta-feira (1º), após a entrar em operação a solução de layer2 chamada Arbitrum.

Segundo dados do CoinMarketCap, o preço da ETH passou de US$ 3.790, registrando um aumento de mais de 10% nas últimas 24 horas.

Este é um novo recorde de preço para o Ethereum neste segundo semestre. Afinal, a criptomoeda não atingia esse valor desde o início de maio, quando bateu seu recorde histórico, ultrapassando US$ 4.000.

Poucas informações tenham sido divulgadas antes da ativação da Arbitrum. No entanto, especialistas têm pontuado que o início das atividades foi o grande motivador da escalada de preços recente.

Arbitrum e Ethereum
Arbitrum é uma solução de layer 2 voltada para o Ethereum. Seu objetivo é resolver problemas da blockchain ETH por meio de uma camada 2 que roda “em paralelo” como ETH.

No caso de Arbitrum, a solução “embrulha” várias transações (que podem ser transferências ou assinaturas de contratos inteligentes) em uma segunda camada do Ethereum. Assim, não há necessidade de pagar altas taxas.

Com esta solução, só é necessário pagar comissões para trazer dinheiro para o rollup. Ou então, quando o usuário quiser sacá-lo, o que implica configurar as transações na blockchain principal.

O Arbitrum, assim como outras soluções de dimensionamento aliviam o congestionamento no Ethereum e agregam valor à blockchain.

Entre os benefícios está o programa que recompensará quem encontrar bugs ou erros nos contratos inteligentes. Dependendo do tipo de erro encontrado, os valores pagos podem variar de US$ 1.000 a US$ 1.000.000.

Além disso, Arbitrum recebeu o endosso de várias empresas após conduzir uma rodada de financiamento de US$ 120 milhões.

“Usaremos o capital recém-adquirido para aumentar nossa equipe e continuar a investir pesadamente em pesquisa e desenvolvimento”, disse o cofundador da Offchain Labs, Steven Goldfeder.

A rodada de financiamento foi liderada por Lightspeed Venture Partners, Polychain Capital, Ribbit Capital, Redpoint Ventures, Pantera Capital, Alameda Research e Mark Cuban.

24.9.21

“Compre Bitcoin e Ethereum antes do maior crash da história”, alerta autor de “Pai rico, Pai pobre”


Robert Kiyosaki, o autor do livro de finanças pessoais “Pai rico, Pai Pobre”, insiste que as pessoas se protejam da maior crise do mundo, comprando ouro, prata e criptomoedas, como Bitcoin e Ethereum.

Nesta quinta-feira (23), Kiyosaki fez mais um daqueles famosos tweets de alertas sobre uma grande crise na economia mundial se aproximando, desta vez ele adicionou mais um ativo em sua lista, a criptomoeda ethereum.

“Governo dos EUA sem dinheiro. Quebra iminente. Os democratas culpam os republicanos pelo problema. Evergrande da Chinas é a maior incorporadora imobiliária com 800 projetos em 200 cidades sem dinheiro. Entendeu a mensagem? Compre ouro, prata, Bitcoin e Ethereum antes do maior crash da história. Tome cuidado”. – disse.


Maior crise da história

Robert Kiyosaki foi sempre um grande defensor da liberdade, um grande crítico da forma como os governos controlam nosso dinheiro e de como os bancos centrais manipulam a economia – para ele, todos os tipos de governos são ineficientes.

Kiyosaki acredita que a única forma de proteger o patrimônio das crises provocadas pelos governos e bancos centrais é comprando ouro e prata, isto, antes do bitcoin existir.

Desde março de 2020, no entanto, o autor do livro “Pai rico, Pai pobre”, vem aconselhando seus seguidores a comprar bitcoin, pois para ele, é o ouro digital da nossa era.

Kiyosaki acredita que uma grande crise está chegando, será uma grande depressão, diz ele, acrescentando que a situação será pior do que o visto nos anos de 1929.

Não é a primeira vez que o Robert Kiyosaki prevê grandes crises, em 2008, ele foi uma das pessoas que previu a quebra do banco Lehman Brothers.

Para Robert, o mais importante é a educação financeira, ele afirma que não aprendemos nada sobre dinheiro nas escolas e defende que é muito importante as pessoas conhecerem sobre o dinheiro.

Assim, ele não é o único milionário que possui bitcoin no seu portfólio, vários multimilionários tem adotado a criptomoeda como um ativo de proteção e investimento, especialmente nas empresas, entre os mais conhecidos, Tim Draper, Michael Saylor e Mike Novogratz.

6.2.21

Saiba o que é Ethereum e como comprar na prática

Ethereum é um protocolo construído em blockchain capaz de executar contratos digitais de forma programada, os smart contracts. 

É a segunda maior criptomoeda do mundo e no vídeo de hoje a @UseCripto nos conta tudo a respeito. 

Assista até o final para saber como comprar Ethereum no Mercado Bitcoin. 


Veja também:


Sucesso!

29.9.21

Os EUA estão prontos para Bitcoin, Ethereum ou Dogecoin como compensação no local de trabalho?


As criptomoedas são imensamente populares agora. No entanto, nem sempre foi assim. Na verdade, uma pesquisa no início do ano descobriu que cerca de 84% dos adultos dos EUA não estavam interessados ​​ou não tinham ouvido falar em ativos digitais.

Na época, os participantes pensaram nisso principalmente como uma classe de ativos “especulativa”, que estava fadada a desaparecer no próximo ano. Bem, avance para setembro de 2021 e haverá uma mudança de paradigma nas perspectivas.

"Pague-me em criptografia!"

A empresa de pesquisa e pesquisa Skynova publicou recentemente uma pesquisa para destacar a mudança de perspectivas mencionada anteriormente. O mesmo incorporou mais de 1.000 profissionais em atividade, incluindo 797 funcionários e 205 gerentes. Ele foi conduzido para verificar como os americanos percebem o Bitcoin e as altcoins para a remuneração do local de trabalho.

65,5% dos entrevistados disseram que estariam pelo menos um pouco dispostos a receber compensação em criptomoedas, com pouco mais de 28% até mesmo se classificando como "muito dispostos". Enquanto isso, cerca de 63% dos millennials vêem a compensação em criptografia como um privilégio.

No entanto, 9,9% são totalmente contrários à ideia de seus empregadores começarem a oferecer salários em criptografia.

Em outro segmento, quase um terço dos entrevistados disse que deixaria seu emprego atual para buscar outro que oferecesse compensação em criptografia. Por outro lado, 42,2% disseram que desistiriam se seu empregador atual começasse a fazê-lo.



Olhando para os detalhes

Quando questionados sobre qual criptografia eles gostariam de ver em seus contracheques, a maioria dos entrevistados (74,3%) votou no Bitcoin, seguido por Ethereum (32,9%) e Dogecoin (26,5%).

No entanto, cerca de 12% disseram 'Nenhum'.

O que está levando a essa tendência crescente de ser pago em criptografia? Bem, 45,5% dos que responderam afirmativamente acreditam que a criptografia é o futuro da moeda. Outras motivações incluem o potencial de ganhos financeiros (41,3%) e a diversificação de receitas (38,8%).

Existem também algumas desvantagens da cripto-compensação. Embora respondendo negativamente, os entrevistados citaram motivos como a volatilidade do mercado (55,3%), o potencial de perdas financeiras (50,2%) e a aceitação limitada (44%).

Além disso, mais de 200 dos respondentes eram gerentes, muitas vezes responsáveis ​​pelas decisões de contratação e remuneração. O relatório adicionado,

“Na verdade, os gerentes estavam mais propensos a pagar aos funcionários em criptografia do que os funcionários a recebê-lo. Isso apesar do fato de que os gestores que já pagaram aos funcionários em Bitcoins acabaram pagando 45% a mais, em média, do que se o pagamento tivesse sido em dólares americanos e apesar de apenas 26,3% dos gestores afirmarem compreender plenamente o implicações legais de remunerar os funcionários desta forma. ”


A partir dos pontos de dados mencionados acima, é bastante claro que as perspectivas sobre a criptomoeda mudaram muito. Deixou de ser simplesmente uma ferramenta 'especulativa' para se tornarem sérias discussões sobre compensações e classes de ativos.

Receba em primeira mãos as notícias do blog seja hoje diferente, participe clicando aqui do nosso grupo de notícias fechado no whatsapp.

28.9.21

Veja por que a corrida de alta do Bitcoin continuará no quarto trimestre, apesar da liquidação de setembro


Bitcoin e outras criptomoedas sofreram pressão em setembro, à medida que aumentavam os temores em torno do colapso de Evergrande na China. Outra liquidação do FUD ocorreu após o anúncio da China que tornava as criptomoedas privadas "ilegais". No entanto, alguns comentaristas de criptografia pensam que a pressão de setembro é um precedente histórico. O que se segue, segundo eles, é uma alta.

Michaël van de Poppe, CEO e fundador da Eight BV, analisou que os últimos cinco anos consecutivos viram o mercado de setembro em queda. Mas, os mercados parecem ter se recuperado quase todos os anos depois disso.

O investidor da Crypto, Lark Davis, concordou que uma alta do Bitcoin também deverá beneficiar as principais altcoins no último trimestre.

“Claro que o que é bom para o ganso Bitcoin dourado geralmente é bom para o ganso altcoin ... todos os altcoins irão para a lua”

Depois de 2021

Além disso, Davis acreditava que o rali do quarto trimestre poderia ir muito além do ano atual. Ele baseou sua análise em ciclos de Bitcoin que aumentaram de 54 para 75 semanas nos anos anteriores.

“Estou prevendo que este também vai acabar sendo um pouco mais longo do que os mercados em alta anteriores, então talvez estejamos olhando para 85, 95, 100 semanas.”

Abastecimento BTC

Davis analisou ainda mais os gráficos de abastecimento do BTC e opinou que o Bitcoin provavelmente se tornará escasso. Segundo ele, a oferta atingiu o pico em 2020 e agora vai ficar mais difícil para as pessoas comprarem Bitcoin.

“É só descer a partir daqui”

No futuro, há especulações em torno da aprovação do primeiro Bitcoin ETF, potencialmente até o final de 2021. Davis considerou que é um potencial catalisador que pode impulsionar o preço do Bitcoin. Ele disse ,

“Talvez um ETF apoiado em futuros seja uma porta de entrada para um ETF apoiado à vista”

Além disso, a fusão com a Ethereum pode ser outro impulsionador do mercado no primeiro trimestre de 2022, de acordo com Davis. O evento Ethereum Merge é a mudança oficial para o consenso de prova de aposta pela rede em algum lugar no primeiro ou segundo trimestre do próximo ano.

Maior adoção

Conforme mudamos o foco para grandes compradores, as compras de Bitcoin por grandes empresas como Tesla e MicroStrategy criaram um sentimento positivo no mercado. Davis previu que outro catalisador potencial poderia ser o aumento da adoção por grandes gigantes da tecnologia como Microsoft, Apple, Uber ou Netflix, que podem impulsionar essa tendência.

Clareza regulatória

Por último, um conjunto claro de diretrizes para criptografia empresarial pode aumentar a confiança no setor. Portanto, outro evento que pode abrir um precedente para o mercado seria a decisão sobre os processos em andamento. Davis argumentou que se o processo SEC vs. Ripple terminar em favor de Ripple, o mercado terá um grande impulso.

Considerando que não há muita clareza regulatória no setor nos EUA. Mas, como o projeto de lei de infraestrutura foi apresentado, uma nova repressão pode reverter os sentimentos. Os investidores terão que estar atentos a esses eventos que podem invalidar a bomba do último trimestre.

Você investe em cripotomoedas? 

Que tal investir apenas R$ 59,90 em mais de 240 Cursos Online e empreender tornando-se afiliado em matriz forçada 7x7, que lhe trará o seu investimento de volta com lucros até 20x ou mais?


6.9.21

Nós acreditamos no Token Wibx ! E você acredita nela?


Primeiramente, para quem não sabe o que é a Wibx:

A WiBX (UBX) é um utility token brasileiro da plataforma Wiboo.io. Em síntese, um utility token é uma moeda digital usada para troca de benefícios e não para investimentos visando a valorização das criptomoedas. A WiBX se consolidou como a primeira e única criptomoeda voltada para o varejo nacional, já que ela promove a fidelização entre varejistas e consumidores.

Sendo que a WiBX também foi a primeira empresa brasileira a fazer uma Oferta Inicial de Moedas (ICO). Uma curiosidade é que a empresa possui convênio de pesquisa e desenvolvimento com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), o que é uma vantagem não apenas em relação às possibilidades de avanço tecnológico para a WiBX, mas também em relação à sua segurança.

Na plataforma Wiboo.io o usuário pode criar uma conta no sistema e ter acesso a diversas marcas parceiras e escolher quais deseja divulgar nas redes sociais. Nesse sentido, a WiBX funciona dentro do ecossistema de publicidade, fidelização e divulgação por meio da tecnologia de registro do blockchain.

Ou seja, ela elimina os intermediários e o relacionamento ocorre diretamente entre os usuários e a empresa parceira. Enfim, é possível usar os tokens para trocar por produtos e serviços de vários parceiros.

Como funciona?

A WiBX funciona por meio da tecnologia de token ERC-20 na rede Ethereum. Desse modo, ele conta com a segurança, flexibilidade e transparência dos smart contracts (contratos inteligentes). Sendo assim, por meio da plataforma Wiboo.io, a WiBX funciona como uma maneira das empresas remunerarem os usuários que divulgarem a marca nas redes sociais.

Já para os usuários, essas utility tokens servem como uma maneira de trocar as WiBX por produtos ou serviços, ou ainda por dinheiro. Em relação à velocidade, a WiBX realiza aproximadamente 6,5 mil transações por segundo, o que é uma boa velocidade para o compartilhamento de conteúdos ou pagamentos entre os usuários e empresas.

Como comprar WiBX?

As indústrias e comerciantes podem comprar os tokens para remunerar os colaboradores, clientes e seguidores nas redes sociais. Se você é um consumidor e está interessado em divulgar marcas e ser pago com WiBX, basta se cadastrar gratuitamente e abrir sua carteira para receber os criptoativos.

Neste caso, a cada compartilhamento ou curtida no conteúdo que você tiver divulgado nas redes sociais, você recebe determinado valor de WiBX que poderá ser trocado por produtos, serviços ou dinheiro. Com a WiBX você pode negociar livremente com outros usuários ou contar com a intermediação de uma exchange.


Como a WiBX funciona por meio da tecnologia ERC-20 do Ethereum, existem várias carteiras que podem ser utilizadas no armazenamento dos criptoativos. Vale lembrar que a WiBX é uma utility token e que sua função principal não é servir como moeda que armazena valor.

O seu objetivo é garantir que o seu detentor possa acessar produtos e serviços virtuais e físicos utilizando este criptoativo na troca.

Grupo sobre a Wibx no Whatsapp:

O administrador do Seja Hoje Diferente além de acreditar e possuir algumas Wibx, faz parte de um grupo no Whatsapp com o objetivo de expandir conhecimentos sobre a Wibx e sua movimentação no mercado e exchances nas quais possibilitam a negociação do token Wibix.


Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

Amados olha só que maravilha:

30.8.21

Famosos brasileiros investidores e entusiastas de Criptomoedas


Gisele Bündchen: Em junho, a supermodelo adquiriu uma participação acionária na plataforma de criptomoedas FTX nos Estados Unidos, ao lado do marido, o jogador de futebol americano Tom Brady. O casal ainda atuará como embaixador da marca e assumirá cargos na empresa, a ser remunerado também em moedas virtuais.

Roberto Justus: O empresário, investidor e apresentador tem se envolvido cada vez mais no mercado de criptomoedas. Recentemente, ele vendeu um imóvel seu em Miami, nos Estados Unidos, e recebeu todo o pagamento em Ethereum. Justus disse, no momento, não ter investido em Bitcoin, mas em criptomoedas da WiBX, a primeira brasileira, no qual é consultor desde o ano passado. 

Kleber Bambam: O campeão da primeira edição do Big Brother Brasil (BBB), da TV Globo, busca constantemente formas de fazer com que o prêmio recebido em 2000, no valor de R$ 500 mil, renda. Além de trabalhar com redes sociais e se dedicar ao fisiculturismo, ele investe em imóveis, bolsa de valores e em criptomoedas, como Bitcoin e Ethereum, como contou em entrevista ao programa “Pânico”, da Jovem Pan.

Goleiro Bruno: Em maio deste ano, o jogador, condenado pela morte de Elisa Samúdio, anunciou em seu perfil numa rede social que havia se tornado “day trader” da empresa IQ Option. A corretora, com sede no Chipre, não tem autorização de atuar no Brasil. A empresa ficou no centro dos holofotes após a morte do investidor e influencer Wesley Pessano Santarém, assassinado em seu Porsche em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos.

Luciano Szafir: O ator também apareceu como garoto-propaganda da IQ Option, em abril. Na divulgação, em um vídeo, Szafir anunciava ganhos de até 300% ao mês com “robô da Nasa”. Ao ser questionado por seguidores, ele voltou atrás, pediu desculpas pela propaganda e solicitou que o material fosse retirado do ar.

Ronaldinho Gaúcho: O ex-jogador da Seleção Brasileira estampou e estampa publicidades de criptomoedas. As parcerias, no entanto, são um pouco turbulentas. Ele foi garoto-propaganda de duas empresas suspeitas de operarem em esquema de pirâmide com Bitcoin - a 18k Ronaldinho e a LBLV, em 2019. A empreitada mais recente é à frente da criptomoeda Atari Token, que desde junho deste ano tem sido divulgada pelo jogador, inclusive em seu perfil oficial nas redes sociais. Em 2018, Ronaldinho apostou em sua própria criptomoeda, em parceria com a empresa chinesa WSC (World Soccer Coin), a Ronaldinho Soccer Coin. A marca tinha como objetivo se tornar a maior moeda digital do mundo do futebol.

Mionzinho: O ator e publicitário Victor Coelho, famoso por parceria com o apresentador Marcos Mion, contou em seu Twitter, em fevereiro deste ano, ter investimento em Bitcoins, quando a criptomoeda bateu recorde de cotação após anúncio da fabricante de carros elétricos Tesla em começar a aceitar a moeda como forma de pagamento por seus veículos. O valor chegou a 48,2 mil dólares. "Tenho ações da Tesla e tenho bitcoins, estou amando o @elonmusk sim ou óbvio?", escreveu na época.

Daniel Zukerman: O ator e humorista, conhecido pelo antigo quadro "O Impostor", do Programa Pânico, contou em entrevista, em dezembro do ano passado, que já acreditava na potência do Bitcoin em 2009, ano de lançamento da criptomoeda. Além de fazer um investimento, ele teria convencido o apresentador Emílio Surita, com quem trabalha, a comprar com ele.

Emílio Surita: O apresentador do Pânico, na Jovem Pan, contou durante um programa ter aproveitado a dica do amigo Daniel Zukerman para comprar Bitcoin ainda em 2010. Ele disse que "na época, perdia Bitcoin", e que hoje não sabe o que fazer "com tantas". Encerrando o breve assunto durante a entrevista com duas convidadas, ele disse: "Nunca pensei que isso aí ia virar o que virou". Atualmente, uma moeda ultrapassa o valor de R$ 240 mil.

Kim Kataguiri: O deputado federal afirmou por várias vezes investir em Bitcoin, e viralizou ao dizer que se arrependia de não ter comprado a criptomoeda ainda em 2009, quando o valor de mercado era baixo. Em junho, em entrevista ao "Podcast do Delegado Da Cunha", o parlamentar afirmou que a moeda deve continuar desregulamentada no Brasil, isto apesar do movimento contrário em outros países e na pressão interna para a regulamentação através de regras do Banco Central.

Felipe Neto: Disse “Minha opinião pessoal é a de que quem não está investindo em cripto hoje vai se arrepender monstruosamente num futuro muito próximo. Assim como muita gente já se arrepende de não ter começado a investir em 2017-2018”

23.8.21

Bitcoin (BTC) supera marca de US$ 50 mil pela primeira vez desde maio


O Bitcoin (BTC) voltou à marca de US$ 50 mil na madrugada desta segunda-feira (23), o maior preço alcançado pela moeda desde o crash de maio.

No momento da redação deste texto, o BTC é negociado a US$ 50.192, com alta de 2% nas últimas 24 horas, de acordo com o CoinMarketCap.

Em real, segundo o Índice de Preço do Portal do Bitcoin, o ativo digital é cotado a R$ 270 mil nas principais corretoras.

No acumulado da semana, o BTC está com alta de 5,6%; no mês, a valorização está na casa dos 55%.

A última vez que o Bitcoin viu esse preço foi em meados de maio, logo depois que Elon Musk, CEO da Tesla e da SpaceX, disse que sua montadora de carros não aceitaria mais o ativo como pagamento devido a questões ambientais.

A decisão de Musk, junto com o aumento da repressão na China contra o mercado, fez o Bitcoin despencar nos dias e nas semanas que se seguiram. Em julho, a criptomoeda chegou a cair para US$ 29 mil, menor preço desde dezembro de 2020.

De julho para cá, no entanto, a moeda recuperou o fôlego e voltou a valorizar. Isso ocorreu em parte porque Musk fez as ‘pazes‘ com o BTC e porque os mineradores expulsos da China conseguiram se reestabelecer em outros países, como Estados Unidos e Cazaquistão.

A retomada dos US$ 50 mil nesta segunda é vista por muitos traders como um marcador psicológico de sucesso. Rompê-lo abre caminho para voos maiores, como disse ‘The Moon’, um popular investidor e educador de criptomoedas que toca um canal no YouTube sobre BTC.

Já o trader Rekt Capital, que é um dos mais conhecidos do mercado, disse nesta manhã que a moeda está no meio de um bull market.

Ethereum (ETH) e altcoins
Assim como o BTC, as altcoins também operam em alta nesta segunda. O Ethereum (ETH), segunda maior cripto em capitalização, subiu 1,97% nas últimas 24 horas, sendo negociada a US$ 3.332 hoje.

Em real, de acordo com o Índice de Preço do Portal do Bitcoin, o Ether é negociado a R$ 17.967 nas pricipais exchanges com operação no Brasil.

Já a Cardano (ADA), que passará por uma atualização em sua blockchain, valorizou 7,65% desde ontem e bateu os US$ 2,86 nesta manhã, sua nova máxima de preço.

15.8.21

5 Ethereum ou 5000 ADA Cardano - Qual te tornará milionário?

A Cardano (ADA) valorizou 50% na semana após confirmação da atualização Alonzo, que permitirá Contratos Inteligentes (Smart Contracts) na blockchain da principal concorrente da Ethereum (ETH). 

E agora, qual tem maior potencial de valorização?



14.8.21

Hacker recusa recompensa de US$ 500 mil e devolve todas criptomoedas roubadas da Poly Network

A Poly Network confirmou por meio de um tweet na quinta-feira (12) que todos os seus ativos roubados restantes em ethereum foram devolvidos pelo hacker que atacou a rede na última terça-feira (10), subtraindo cerca de US$ 611 milhões em criptomoedas.

Antes da devolução, porém, a equipe da Poly havia oferecido ao invasor, mediante a devolução integral dos fundos, uma recompensa de US$ 500 mil pela detecção do bug, o que foi rejeitada por ele.

De acordo com a empresa, o invasor transferiu os fundos para uma carteira com multiassinatura controlada tanto pelo invasor quanto pela equipe PolyNetwork, exceto o montante em tether (USDT) que foi congelado após o ataque.

A equipe da Poly Network também esclareceu que o processo de reembolso ainda não foi concluído e que se esforça em continuar a se comunicar com o hacker para garantir a recuperação segura dos ativos do usuário, bem como transmitir informações precisas ao público.

“Com a cooperação do Sr. White Hat e o apoio de todas as outras partes, todo o incidente agora chegou a um resultado provisório, mas ainda temos um longo caminho pela frente antes que possamos finalmente devolver o controle dos ativos de volta para os usuários”, disse a equipe em sua última postagem nesta sexta (13)..

Até a manhã de quinta-feira, o hacker havia devolvido US$ 342 milhões. Em 24 horas ele transferiu US$ 252 milhões da Binance Smart Chain e mais US$ 85 milhões da Polygon. Na manhã de quarta (11), o invasor já tinha devolvido US$ 4,6 milhões, restando US$ 268 milhões da rede Ethereum.

Hacker quis “ensinar lição”


Desde o início da exploração, o hacker lançou diversas mensagens em transações para manter o diálogo com a comunidade. Na noite de quarta, ele fez uma espécie de entrevista com ele mesmo, confessando que hackear é divertido, mas que queria ensinar uma lição ao Poly Network.

Nesta sexta-feira (13), outro tweet da Poly Network afirma que o objetivo da equipe é garantir a recuperação completa, segura e tranquila dos ativos e retomar as normalidades nas operações, observando alguns pontos.

“Por motivos de segurança, retomaremos as operações com uma atualização da rede principal e vamos restaurar as funções básicas da rede cruzada após a auditoria, enquanto adiamos a ativação de outras funcionalidades avançadas”, adiantou a equipe.

Acrescentou também a publicação que foram corrigidas vulnerabilidades e o próximo passo é  trabalhar com vários grupos de segurança e auditoria para revisar o código da Poly.

Disse também que está planejando um programa de recompensa global para encorajar mais agências de segurança a participarem da auditoria das funções centrais de sua rede.

11.8.21

ETHEREUM HORA DE INVESTIR?

13.6.21

WiBX vai valorizar em breve ? WIBX vai Explodir !

Saudações Amados do Seja Hoje Diferente!

Tudo bem com você? 

Espero que sim e que Seja Cada Dia Melhor afinal que Seja Hoje Diferente em tudo de Bom para nossas Vidas!

A WiBX é o utility token da plataforma Wiboo.io. Sendo que os utility tokens são criptoativos que possibilitam o acesso a produtos e serviços. Ou seja, a função principal desses criptoativos não é servir como instrumento de investimento.
O objetivo não é armazenar valor nem intermediar trocas entre outras moedas. Sendo assim, os usuários podem usar os tokens para trocar por produtos e serviços das diversas marcas parceiras da plataforma Wiboo.io espelhadas pelo Brasil. 

Em contrapartida, as empresas podem adquirir tokens para remunerar os colaboradores, clientes e seguidores engajados com a marca nas redes sociais. Além disso, a plataforma disponibiliza um marketplace com promoções exclusivas para os detentores de tokens.

O que é WiBX?

A WiBX (UBX) é um utility token brasileiro da plataforma Wiboo.io. Em síntese, um utility token é uma moeda digital usada para troca de benefícios e não para investimentos visando a valorização das criptomoedas. A WiBX se consolidou como a primeira e única criptomoeda voltada para o varejo nacional, já que ela promove a fidelização entre varejistas e consumidores.

Sendo que a WiBX também foi a primeira empresa brasileira a fazer uma Oferta Inicial de Moedas (ICO). Uma curiosidade é que a empresa possui convênio de pesquisa e desenvolvimento com o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), o que é uma vantagem não apenas em relação às possibilidades de avanço tecnológico para a WiBX, mas também em relação à sua segurança.

Na plataforma Wiboo.io o usuário pode criar uma conta no sistema e ter acesso a diversas marcas parceiras e escolher quais deseja divulgar nas redes sociais. Nesse sentido, a WiBX funciona dentro do ecossistema de publicidade, fidelização e divulgação por meio da tecnologia de registro do blockchain.

Ou seja, ela elimina os intermediários e o relacionamento ocorre diretamente entre os usuários e a empresa parceira. Enfim, é possível usar os tokens para trocar por produtos e serviços de vários parceiros como, por exemplo, Chiquinho Sorvetes, PicPay, e Editora Três.


Como funciona?

A WiBX funciona por meio da tecnologia de token ERC-20 na rede Ethereum. Desse modo, ele conta com a segurança, flexibilidade e transparência dos smart contracts (contratos inteligentes). Sendo assim, por meio da plataforma Wiboo.io, a WiBX funciona como uma maneira das empresas remunerarem os usuários que divulgarem a marca nas redes sociais.

Já para os usuários, essas utility tokens servem como uma maneira de trocar as WiBX por produtos ou serviços, ou ainda por dinheiro. Em relação à velocidade, a WiBX realiza aproximadamente 6,5 mil transações por segundo, o que é uma boa velocidade para o compartilhamento de conteúdos ou pagamentos entre os usuários e empresas.


Utility token

De maneira geral, os utility tokens não possuem nenhuma regra fixa em relação à forma de emissão e distribuição dos criptoativos. Logo, o emissor é livre para estabelecer se haverá distribuição por meio de mineração, limites de emissão, sorteio e se ocorrerá pré-venda.

Por exemplo, uma parte dos tokens pode ser entregue às pessoas envolvidas com o projeto, como, por exemplo, os influenciadores que falam sobre a marca. Também é de responsabilidade do emissor determinar a liquidez da moeda e não existe obrigatoriedade em relação à listagem em exchanges.

Como os utility tokens não servem para armazenar valor como algumas outras criptomoedas, eles podem ter valor através de algumas promoções que podem monetizar esses criptoativos.

Por exemplo, eles podem funcionar como cupons de desconto, benefícios, diretos de participação, programadas de fidelidade e cupons de pré-venda. Dessa maneira, a valorização dos utility tokens depende exclusivamente dos esforços da comunidade que usa este ecossistema. 


Como comprar WiBX?

As indústrias e comerciantes podem comprar os tokens para remunerar os colaboradores, clientes e seguidores nas redes sociais. Se você é um consumidor e está interessado em divulgar marcas e ser pago com WiBX, basta se cadastrar gratuitamente e abrir sua carteira para receber os criptoativos.

Neste caso, a cada compartilhamento ou curtida no conteúdo que você tiver divulgado nas redes sociais, você recebe determinado valor de WiBX que poderá ser trocado por produtos, serviços ou dinheiro. Com a WiBX você pode negociar livremente com outros usuários ou contar com a intermediação de uma exchange.

Como a WiBX funciona por meio da tecnologia ERC-20 do Ethereum, existem várias carteiras que podem ser utilizadas no armazenamento dos criptoativos. Vale lembrar que a WiBX é uma utility token e que sua função principal não é servir como moeda que armazena valor.

O seu objetivo é garantir que o seu detentor possa acessar produtos e serviços virtuais e físicos utilizando este criptoativo na troca. Portanto, se a sua intenção é montar uma carteira visando a valorização dos ativos, talvez o mais recomendado seja alguma das outras moedas digitais disponíveis no mercado.


Seja qual for a criptomoeda escolhida, é importante realizar uma diversificação da carteira e evitar deixar uma fatia muito grande do seu patrimônio alocado em apenas uma classe de ativo. Além disso, é preciso considerar que as criptomoedas são consideradas como ativos de grande risco, pois passam por constantes oscilações.

23.11.21

Bitcoin recua para US$ 56 mil após anúncio do FED. Binance Coin, SAND e MANA sobem 35%


A terça-feira (23) começou em baixa para seis das principais criptomoedas do mercado. Com quedas acumuladas entre 1 e 5% nas últimas 24 horas, poucas apresentavam sinais de uma possível recuperação. Ao todo, o mercado completa 13 dias em queda.

Entre as moedas em alta no mercado, destacamos a Binance Coin e a Dogecoin, que subiram cerca de 0,82% nas últimas 24 horas. Além disso, tokens de jogo como SAND, ENJ e MANA valorizaram entre 10% e 35% nas últimas 24 horas.

O Bitcoin, maior criptomoeda em capitalização e unidades, atingiu o nível de US$ 55 mil às 6h. Este é um dos valores mais baixos apresentados pela moeda desde o dia 13 de outubro. Às 9h, o preço do BTC era de US$ 56 mil. A queda acumulada nas últimas 24 horas é de 2,09% e na última semana é de 7%.

No entanto, apesar da queda no preço da moeda, o volume de operações com o Bitcoin cresceu 25,75%, nas últimas 24 horas. Os dados são do CoinMarketCap.

A Ethereum, segunda maior criptomoeda do mercado, também amanheceu em queda de 1,35% nas últimas 24 horas. O preço atualizado da moeda é de US$ 4.136. No entanto, de acordo com o TradingView, a moeda subia cerca de 1,06% às 8h, com fortes sinais de recuperação.

Além delas, moedas como Solana, Cardano, XRP, Polkadot e Avalanche caíram de 0,6% a 4% nas últimas 24 horas.

Anúncio do FED derruba dólar e criptomedas
Na tarde da última segunda-feira, o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou a recondução de Jerome Powell para mais um mandato à frente da Federal Reserve (FED). A notícia da continuidade, fez o dólar recuar cerca de 0,71% em relação ao real brasileiro.

Desta forma, investidores interessados em conferir seus lucros e temendo uma queda ainda maior do dólar no mercado, recomeçaram as retiradas.

Nos últimos dias, temos visto um grande movimento de realização de lucros, principalmente no mercado asiático, o que tem interferido diretamente no preço das criptomoedas. Para muitos especialistas, momentos como este ainda não são para ser vistos com olhos pessimistas.

O rali de outubro que ajudou o BTC e outras criptomoedas a achegarem em valores históricos, tem feito com que muitos investidores retirem seus lucros. Com isso, as madrugadas têm sido o período de maior volatilidade.

Neste contexto, não podemos ainda dizer que o BTC ou que outras criptomoedas correm riscos de grandes perdas. Um ponto positivo e uma grande prova de sua popularidade, são os grandes investimentos feitos por empresas tidas como “tradicionais”, como o Facebook, para agregar o “mundo blockchain” ao seu contexto.

No entanto, vale lembrar que assim como o real, as criptomoedas também sofrem fortes influências de decisões governamentais. Neste caso específico, notícias do mundo inteiro podem interferir no valor das moedas. Um exemplo são os esforços da China e outros países para a proibição da mineração e circulação das criptomoedas.

11.11.21

Travala anuncia que viagens poderão ser pagas com IoTeX e token dispara 114% em 24 horas


O token IoTeX (IOTX) teve uma valorização expressiva nas últimas 24 horas. Até o fechamento desta matéria, o IOTX registrava alta de 114% e, como resultado, o preço saiu de R$ 0,56 para R$ 1,19. Atualmente, o token ocupa a 81ª posição no CoinMarketCap, mas registrou a maior alta do Top 100.

De acordo com um anúncio da Travala, empresa que utiliza blockchain para fazer reservas de hospedagens, o IoTX passará a ser aceito na plataforma. Com isso, o token poderá ser usado para reservar mais de 3 milhões de hospedagens e viagens.

Além da parceria, a Travala também anunciou uma promoção que oferece US$ 900 em cartões-presente. Dessa forma, o preço do token disparou e, consequentemente, atingiu sua máxima histórica.




Token passa por sequências de valorizações

O movimento diário é expressivo, mas não se trata de uma novidade. De fato, o preço do IOTX está em tendência de alta por quase três meses. Apenas em agosto, a valorização do token atingiu 260%, enquanto a alta foi de 44% até o dia 1 de novembro.

Nesse ínterim, a rede fechou uma série de parcerias importantes com outras blockchains. Em 5 de novembro a Chainlink (LINK) anunciou que integrará seus oráculos à rede principal da IoTeX. Com a parceria, a LINK espera desenvolver contratos inteligentes avançados e buscar mercado contra o Ethereum (ETH) e Solana (SOL).

“Chainlink está chegando em breve para IoTeX! A Chainlink emitiu uma concessão para o incrível time de desenvolvedores da Protofire para integrar os seus oráculos com a mainnet da IoTeX”, disse a equipe.

Essa integração ocorrerá por intermédio do Protofire, grupo de consultores e desenvolvedores que trabalham com soluções em blockchain. Nesse sentido, o papel do grupo consistirá nos seguintes fatores:

  • validar os contratos na Chainlink para garantir a compatibilidade nativa com a rede IOTEX;
  • testar e implementar todos os componentes da Chainlink para rede de testes da IoTeX;
  • fornecer testes automatizados para verificar a integração da IoTeX com a Chainlink, que incluirá o desempenho de testes, como o teste do OCR Job Soak, um teste de agregador de fluxo e muito mais;
  • criar documentação mostrando como os desenvolvedores podem integrar a Chainlink na rede da IoTeX.

Momento requer cautela

No entanto, essa valorização expressiva requer muita cautela, como acontece em todo movimento de forte alta. De acordo com o gráfico diário da IOTX no TradingView, os preços estão tendendo perto da linha de tendência superior, o que pode indicar uma queda iminente no preço.

Adicionalmente, os volumes de negociação também estão caindo. Os compradores foram rápidos em não deixar os preços caírem, mas a pressão de venda é alta o suficiente para atrasar a formação novos topos. 




GeraLinks - Agregador de links