Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta carinho. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta carinho. Classificar por data Mostrar todas as postagens

4.8.18

Ame os Animais!


Os Animais

Por vontade ou não, estamos sempre rodeados de animais, especialmente os domésticos, como cães, gatos, pássaros e muitos mais. Eles são seres inofensivos e que dependem da gente para tudo: comer, beber, passear, se curar e mais.

Há quem trate os animais de estimação como verdadeiros membros da família, dando-lhes carinho, afeto, atenção e tudo o que eles precisam para terem uma vida longa e saudável. Entretanto, há quem apenas tenha os animais como meros objetos, sem dedicar a eles o mínimo de amor, inclusive maltratando fisicamente os coitadinhos, tanto com chutes e tapas, quanto sem oferecer-lhe comida, e água.

O que muitos não levam em consideração é que os animais têm sentimento, tal qual as pessoas. Eles sofrem cada vez que recebem maus-tratos e gritos, sentem medo, dor, e choram. Você já deve ter visto e ouvidos relatos na TV e na internet, de animais que foram soltos depois de muitos anos em cativeiro que choraram que demonstram gratidão a quem os soltou, e os animais são assim, transparentes, honestos com seus sentimentos.

A Convivência e o Amor

Você acha possível uma convivência harmoniosa entre seres humanos e animais?

Se você respondeu Sim à questão acima, está certo é possível animais e homens convivendo em perfeita harmonia.

Estudos comprovam que o convívio de seres humanos com animais de estimação, traz inúmeros benefícios para a saúde psicológica e física dos homens. Entretanto, a relação entre animal e homem precisa ser repleta de interatividade, para que seja benéfica, isto é, não vale ir até ao pet shop e comprar um animal, é preciso brincar, passear, cuidar, amar, enfim conviver e se envolver.

Por que isso ocorre? Os animais nos fazem estar em contato com a natureza, uma parte elementar que nosso estilo de vida e a sociedade se empenham em fazer acabar. Através de um íntimo relacionamento com os animais, podemos fazer despertar em nós poderosas características como amor, lealdade, jovialidade e instinto.

Benefícios

Em se tratando de saúde mental e física, os benefícios da convencia entre bichos e humanos têm sido demonstrados no caso de uma variedade grande de transtornos, tais como:

1)      As pessoas que convivem com animais de estimação contam com oito vezes de chance maior de sobreviver há um infarto, um ano depois de o sofrerem. Estudos feitos por cientistas, na década de 90, observou que, donos de cães contavam com maior sobrevida depois de um ataque cardíaco do que aqueles que não tinham uma convivência com animais.

2)      Os animais de estimação são responsáveis por diminuírem nosso grau de estresse, deixando mais baixa a frequência do coração, o colesterol e também a pressão arterial. Warwik Anderson, também na década de 90 descobriu que as pessoas que tinham gatos e cães contavam com menor taxa de colesterol e triglicérides, do que aqueles que não possuíam animais.

3)      Quem tem em casa animais de estimação visita menos visitas o médico e também tende a ficar menos tempo em internação.

4)      Os bichos são responsáveis por combater o isolamento e a depressão, melhorando o convívio com outras pessoas.

5)      Recentes pesquisas mostram que crianças com idade entre 05 e 12 anos que possuem animais de estimação, tendem a ter maior empatia, sensibilidade e compreendem mais os sentimentos dos outros.

6)      Especialistas são categóricos em afirmar que a simples observação de um aquário com peixinhos, se mostra tão eficiente quanto outra tradicional técnica que envolva a meditação, pois também tem a capacidade de diminuir a pressão sanguínea.

7)      Além de tudo que foi retalado: o convívio terapêutico que é estabelecido logo que se faz carinho num animal e o mesmo devolve o carinho com um afago ou uma lambida, gera uma sensação de tranquilizadora intimidade.

8)      Os animais ainda causam a estimulação nos exercícios físicos.

9)      E ainda o mais importante de tudo, o animal de estimação demonstra o quanto nós somos necessários para eles, isso nos torna úteis a alguém, não apenas pela alimentação e cuidado, mas ainda pela transmissão sincera do amor e do carinho.

Mas, será que o companheirismo e a amizade entre animais e humanos é saudável para os bichos? Claro que isso irá depender exclusivamente de como se trata os animais, deixando-os humanizados, tratando-os como simples objetos, ou dando a eles atenção, carinho e cuidado, tudo na medida certa.

Sabemos que os animais não são objetos que as pessoas manipulam como querem, uma espécie de brinquedo. Ele conta como os seres humanos, com emoções, sentimentos, e precisa de cuidados diários de alimentação, higiene, e saúde.

Muitos compram ou ganham um filhote e, de acordo com seu crescimento, vão deixando-o de lado, pois ele “perdeu a graça” e, acaba sendo tratado como uma espécie de estorvo. Com o tempo ele acaba sendo deixado de lado, e não tem mais carinho e atenção e passa a viver na completa solidão: acaba confinado e passa os dias sozinho. A verdade é que há muitos animais que acabam morrendo de depressão.

Por isso, ter um animal de estimação é uma grande responsabilidade, e que não acaba com o crescimento deles, ou com a velhice, é para sempre, até a morte!

Ame os Animais!

Sempre há uma campanha ou outra passando em televisões, rádios e revistas sobre os animais que correm risco de extinção, e sobre como a sua preservação é importante. Mas, tão importante quanto isso é a preservação dos animais que convivem conosco diariamente, mesmo que não de maneira direta.

É preciso criar a cultura de bem tratar todos os animais, sejam os silvestres, com os quais mal temos contato, mas também aqueles que estão bem juntos de nós. Os maus tratos aos animais domésticos têm se tornado um problema cada vez mais sério, e esse tipo de abuso tem de parar.

Por não ser visto como tão grave quanto crimes regulares, ou mesmo crimes contra animais silvestres, estes bichinhos caseiros tem muito menos proteção, e muito menos recursos para serem ajudados. Trate bem os animaizinhos, tanto os seus quanto os da vizinhança, e tente ajudar os animais abandonados, mesmo que apenas ligando para autoridades responsáveis, como ONGs de proteção a esse tipo de animal.

Na fonte de Cultura Mix

14.5.20

Crianças e pets sob o mesmo teto: cuidados para ambos viverem em harmonia


Ambos trazem muita alegria para o lar e não precisam disputar espaço para isso

Muitas vezes, as crianças desejam ter um bichinho de estimação, seja para brincar ou ter um companheiro. Em outros casos, o animal chegou na família primeiro. Nas duas situações é importante promover uma relação saudável entre eles. 

Afinal, ter um pet em casa não é só cuidar do sofá ou de outros móveis para que não sejam danificados. Os cuidados com ele se assemelham aos da criança, por isso, a responsabilidade é dos adultos.

Dicas para que tudo dê certo entre crianças e pets
Algumas medidas são importantes e fazem toda a diferença para promover a harmonia entre os bichinhos e as crianças no lar. 

Escolha o pet com calma

Analise o espaço da sua casa e a rotina que todos têm. Receber qualquer bichinho exige mudanças no ambiente para a sua adaptação. Então, o melhor é que seja um espaço em que ele se sinta confortável.

Se possível, escolha animais de raça mais dócil. Isso porque eles estarão em contato direto com crianças. Muitas vezes, elas podem, no começo, não saber como brincar e acabar irritando os pets. Se o bichinho for mais tranquilo, será melhor.

Fique atento à saúde do animal

Depois de ter escolhido o bichinho, de preferência, já o leve ao veterinário. Assim, ele poderá receber as vacinas que precisa, fazer um check-up e verificar infestação de pulgas e carrapatos. 

Lembre-se: crianças e bebês estão em desenvolvimento, por isso seu sistema imunológico ainda é baixo. Evitar doenças nos pets é fundamental para garantir o bem-estar de todos.

Explique para a criança

As crianças aprendem facilmente, então, não custa nada ensiná-las a brincar de um jeito que não machuque o pet. Um carinho na hora certa fortalece a relação entre eles. Por isso, é importante explicar os momentos em que o bichinho precisa ficar sozinho, como na hora de comer. Ensinar a respeitar o animal é fundamental.

Deixe a criança participar

Dar banhos regulares no bichinho de estimação é muito importante para manter a higiene. Deixar a criança ajudar nessa tarefa fortalece o vínculo e o cuidado que ela tem com o animal. Supervisione todas as atividades em que a criança deseja participar.

Pets e bebês

Principalmente, os recém-nascidos exigem cuidados especiais no contato com animais. Isso acontece tanto para a saúde deles, como para a socialização e o impedimento de ciúmes nos pets.

Mude a rotina antes do bebê nascer

Qualquer mudança que ocorrer depois da chegada do neném fará com que o pet ache que ele é o culpado. Por isso, toda situação que possa gerar ciúmes deve ser evitada. Então, se deseja adaptar algo em casa, como proibir a entrada de um cão no quarto do bebê, isso deve ser feito antes do nascimento.

Apresente-os de maneira correta

Depois da autorização do pediatra, escolha um momento tranquilo para apresentar o bebê ao pet. Deixe que o cachorro, por exemplo, se aproxime no tempo dele, mas fique atento: se ele se mostrar ansioso ou tentar avançar, não crie pânico, apenas tire o neném de perto com calma.

Aprenda como evitar o ciúmes

Isso vale mais para interação com cães e gatos. Tente associar o bebê a coisas que sejam boas para o pet. Por exemplo, quando estiver com o neném, brinque com o bichinho, dê carinho, atenção e petiscos a ele. 

Dessa forma, ele não vai achar que essas coisas só podem acontecer se o bebê não estiver perto. Além disso, ele terá mais motivos para se aproximar da criança sem ansiedade. 

Benefícios para a criança

Crescer convivendo com um bichinho de estimação gera muitos benefícios para a criança. Saiba quais, a seguir:

Fortalece a imunidade

Crianças que crescem com pets não desenvolvem alergias, pelo contrário. Elas criam resistências às infecções, aos vírus e às bactérias. A convivência pode diminuir até a possibilidade do desenvolvimento de asma e dermatite.

Desenvolve a cognição e o afeto

Essas crianças tendem a ser mais afetuosas, principalmente, por dar carinho para os amiguinhos pets. Elas compreendem as necessidades do bichinho, têm empatia, conversam com ele, etc.

Controla o estresse 

Ter um pet em casa ajuda a criança a relaxar e reduzir estresse e ansiedade. É como se eles tivessem um efeito terapêutico. Essa troca entre crianças e bichinhos acontece quando um brinca com o outro e há carinho na relação.

Diminui o sedentarismo

Ao levar o bichinho para passear, correr e fazer caminhadas, automaticamente, as crianças também se exercitam. Isso ajuda a não ficarem sedentárias e reduz os riscos de obesidade. Elas ficam mais ativas, fortalecem os músculos para que possam se desenvolver melhor e, ainda, criam mais laços com os pets.

A relação entre crianças e pets deve ser supervisionada por um adulto, principalmente, no começo. Tudo isso sendo feito da maneira certa, só trará benefícios para todos.

16.10.19

Segredos que todas as madrinhas de casamento devem saber

Foi convidada para ser madrinha de casamento, mas ainda não sabe muito bem o que isso significa na prática? Fique tranquila!

Vamos explicar nesse conteúdo qual é o papel das madrinhas de casamento. Assim, você se sentirá mais confiante para essa função, sem cometer nenhuma gafe. 

1 - Seja uma boa conselheira
Como você deve imaginar, as madrinhas são amigas da noiva e, portanto, confidentes. Por serem tão especiais, é normal que elas se tornem conselheiras nesse momento tão especial. 

Então, não se assuste se a noiva perguntar a você sobre qual é o melhor sapato para a cerimônia ou qual penteado fica melhor. Talvez, ela queira ouvir a opinião das pessoas mais próximas para escolher a opção perfeita.

2 - Dê um presente especial
Se você foi convidada para um papel tão importante, nada melhor do que retribuir com um excelente presente, não é mesmo? Existem diversas opções no mercado, desde artigos de decoração, até móveis. 

Na hora da compra, pense nos itens que representam a família e servem para demonstrar carinho pelos noivos. Nesse sentido, os clássicos enxovais de luxo são as melhores opções. Os lençóis com mais de 300 fios, por exemplo, oferecem toque acetinado, são luxuosos e muito bonitos. Ou seja, um presentão para ser dado por uma madrinha. 


Reprodução Divulgação

3 - Ofereça ajuda
Antes do casamento, os noivos costumam estar bastante ocupados com aspectos da festa. Se a cerimônia for mais simples ou feita pela própria família, você pode se oferecer para ajudar a fazer a decoração. 

No entanto, se os noivos já tiverem contratado uma empresa para isso, há ainda a possibilidade de organizar o chá de panela e o chá de lingerie. Antes, avise a noiva sobre as suas pretensões e solicite o contato das convidadas. 

O restante você pode planejar por conta própria, como pensar nas comidinhas, decoração e lembrancinhas desses eventos. Vale a pena também providenciar os registros fotográficos e fazer vários vídeos para a noiva se divertir depois!

4 - Mantenha-se próxima

Depois que passar a cerimônia de casamento, não pense que o seu papel terminou. É importante manter a amizade com o casal para que ele não se sinta isolado. Claro, você deverá deixá-los curtir o começo da vida a dois sozinhos. 

Porém, após alguns meses, convide-os para jantar na sua casa e se mostre aberta também para visitá-los. Lembre-se de que, como madrinha, você já faz quase parte da família e, por isso, é importante sempre demonstrar companheirismo e carinho. 


Fonte da Imagem: Casamento no Exterior

E não esqueça, comadres, migles… seja como você quiser chamar. Ser convidada para este cargo tão importante é uma demonstração de amor e carinho. Então, aproveite para mimar bastante a noiva e receber toda a gratidão que ela vai te oferecer. 

1.8.19

Tudo o que você precisa saber para ter e cuidar bem de um cachorro


Saudações Amados do Seja Hoje Diferente.

O cachorro é o animal de estimação preferido dos brasileiros. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há 52,2 milhões de cães nas casas de todo o Brasil. Ainda de acordo com o IBGE, 44,3% dos 65 milhões de residências (28,795 milhões) têm pelo menos um cachorro.

Se você também quer fazer parte deste grupo, saiba que é uma das melhores decisões que pode tomar, mas é preciso conhecer alguns cuidados e técnicas para cuidar bem do cachorro. Confira as recomendações mais importantes e seja o melhor tutor do mundo para o seu pet!

Cuidados essenciais para ter um cachorro

Ao colocar essas dicas em prática, a relação entre você e seu mais novo amigo será uma incrível troca de amor e alegria!

Ensine a usar o tapetinho higiênico

É importante educar o cachorro desde o primeiro contato, momento em que ele tende a estar mais aberto para o aprendizado, e uma das principais lições é o uso do tapete higiênico. Assim, as necessidades serão feitas no lugar certo na grande maioria das vezes.

Esses tapetes são bem práticos e úteis, principalmente para quem não quer levar o cachorro à rua para suas necessidades, mas é fundamental saber como ensiná-lo da maneira certa.

O tapete higiênico deve ser colocado longe do comedouro e do bebedouro do animal e, de preferência, ficar sempre no mesmo lugar, para que o processo de aprendizado não precise ser feito novamente.

Leve o animal até o tapete algumas vezes durante o dia e depois que ele comer, para incentivar o uso. Quando o cachorro fizer as necessidades no lugar errado, não brigue com ele e espere um pouco para limpar.

Sempre que ele usar o tapete corretamente, dê um petisco, faça carinho ou ofereça outra recompensa. Assim, ele aprenderá que fez a lição da maneira certa.

Ah, não se esqueça de que o tapete de fêmeas e filhotes deve ficar no chão, enquanto o de machos deve ser fixado metade na parede e metade no chão, graças ao movimento que eles fazem.

Capriche na escolha da caminha

A maioria dos cachorros deita e fica confortável em vários pontos da casa, mas é importante que eles tenham sua própria cama para dormir e descansar tranquilamente durante a noite.

Para escolher a caminha ideal, é importante ver como o seu cachorro dorme. Se ficar esparramado, é necessário escolher uma de tamanho maior, enquanto os que ficam aconchegados podem ficar em uma cama menor e com encostos para que se apoie.

Para acertar em cheio no tamanho, meça o cão enquanto ele dorme e adicione pelo menos 15 centímetros para que fique confortável. Além disso, se o cachorro ainda for crescer, é possível comprar uma maior e completá-la com almofadas ou cobertores.

Veja se o animal costuma ficar com calor ou com frio durante a noite para escolher o melhor tipo entre as camas tradicionais, tocas, redes ou cobertores. Prefira as de acabamento e material de maior qualidade e as que podem ser lavadas tranquilamente, como aquelas cujas capas podem ser separadas das almofadas.

Preste atenção na ração

Boa parte da saúde do seu cão está relacionada à escolha da ração, já que essa será a principal fonte nutricional para ele, e por mais que haja centenas de opções, a escolha não é tão difícil quanto parece.

O primeiro ponto é analisar a idade do cachorro. Quando eles são jovens, as necessidades nutricionais são mais intensas graças ao ritmo acelerado de crescimento e desenvolvimento. Por isso, as rações para filhotes são mais energéticas do que as para idosos, que são menos calóricas.

Além disso, também é importante ponderar o porte do cachorro. Os maiores precisam de uma grande quantidade de ração, enquanto os menores se alimentam com porções reduzidas. Isso impacta até mesmo no tamanho dos grãos.

Saber como ler os rótulos também é fundamental. Na composição da ração (e também dos alimentos para humanos), o primeiro item é o que está presente em maior proporção. Por isso, o item que abre a lista sempre deve ser alguma proteína animal, como carne, peixe ou frango.

A fórmula deve trazer conservantes naturais e as vitaminas e minerais que os cães precisam para sua saúde, como ferro, zinco, cálcio, cobre e manganês. Gorduras saudáveis, como as nomeadas de alguma proteína (gordura de vaca ou de frango) e grãos (arroz, cevada) também podem aparecer, já que possuem bom valor nutritivo.

Evite as rações econômicas e standard e opte pelas premium e super premium, cuja composição leva melhores ingredientes e oferece as vitaminas e minerais que os cães precisam. Além disso, evite as rações coloridas, que geralmente são feitas para agradar mais os tutores que os pets.

Evite pulgas e carrapatos

Picadas, coceiras, vermelhidão e até alergias. Esses são alguns dos possíveis males trazidos por estas pragas, o que realça a necessidade de usar antipulgas e carrapatos em seu cachorro.

Como diz o ditado, é melhor prevenir do que remediar. Por isso, cuide da casa e do ambiente em que o pet fica e mantenha-os sempre bem limpos e higienizados. Geralmente, as pulgas e carrapatos costumam ficar na caminha, nos cobertores e outros lugares em que o cão fica.

Para escolher o melhor antipulgas, o ideal é perguntar para o seu veterinário, pois o profissional dirá qual é o melhor produto de acordo com o perfil do cachorro, como coleiras, pipetas ou comprimidos. Além disso, certifique-se de usar a dose certa para o tamanho do animal e de sempre escolher produtos de qualidade comprovada.

Em casos de infestação, trate também da casa e do ambiente em que o animal fica com produtos especiais, como os desenvolvidos para aplicação no chão. Sempre siga as orientações de aplicação e mantenha o cachorro longe daquele local pelo período de tempo indicado pelo fabricante.

Além disso, sempre que o cachorro tomar banho, é fundamental olhar com cuidado para verificar se ele não está com nenhuma pulga, carrapato, ovos ou larvas. Em caso de qualquer dúvida, procure o veterinário o mais rápido possível.

Leve o cachorro para passear

Caminhar com o cachorro é uma atividade básica e essencial para a saúde do animal, além de deixá-lo mais feliz e satisfeito. Prova disso é a frase mágica “vamos passear?”, que já faz muitos cães abanarem a cauda e latirem de alegria.

Primeiro, tenha certeza de que o cão está protegido contra pulgas e carrapatos e com suas vacinas em dia. Afinal de contas, não dá para saber com o que o animal se deparará quando estiver em seu passeio.

Bons acessórios para caminhada também são essenciais. Os melhores são as coleiras de peitoral, que trazem mais conforto, segurança e ergonomia ao animal e ao tutor e até mesmo evitam problemas que os modelos tradicionais podem trazer a longo prazo, como glaucoma.

O ideal é que o cachorro passeie duas vezes por dia pelo período de 30 minutos, mas se não for possível, leve-o pelo menos uma vez por dia. Assim, ele conseguirá gastar energia e ficará ainda mais contente. Só tome cuidado com a temperatura da calçada ou do chão: se estiver muito quente, espere até esfriar.

Cuidado com os mimos em excesso

Sejam as raças maiores ou menores, com mais ou menos pelos, agitadas ou tranquilas, quem é que não quer mimar os cachorros, abraçá-los e não soltar e fazer todas as suas vontades? Pois é, mas é preciso tomar cuidado com isso.

Um pouco de mimo é saudável, é verdade, mas os cães precisam de educação. Quando são paparicados demais, existe a probabilidade de que eles desenvolvam comportamentos indesejados e, assim, tornem-se mais difíceis de lidar.

Se você fizer tudo que o seu cachorro quiser, então ele se recusará a te obedecer, incomodará os donos e outras pessoas e pode até mesmo passar a ser agressivo, já que o animal achará que é o dono da casa e que tudo precisa ser feito de acordo com sua vontade.

Sempre mostre que você é o líder da situação. Ao invés de dar um petisco apenas porque ele está pedindo ou latindo insistentemente, faça com que ele obedeça a uma ordem e, então, recompense-o por aquilo que fez. Carinho é saudável e muito bom, mas precisa ser oferecido com limites para não causar problemas.

Cuide bem do seu cachorro!

Essa novidade pode fazer com que você não saiba tão bem como lidar com o animal, mas fique tranquilo, pois isso é normal e o aprendizado virá em etapas, tanto para você quanto para ele.


Aplique cada uma das dicas citadas, da escolha de uma boa caminha à educação com o tapete higiênico e à seleção dos melhores antipulgas para cachorro, e cuide do seu pet com todo o amor, carinho e respeito que ele merece!

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

15.3.21

Ovos de Páscoa para as crianças da Casa de Apoio Vida Divina

Saudações Amados do Seja Hoje Diferente!

Tudo bem com você? 

Espero que sim e que Seja Cada Dia Melhor afinal que Seja Hoje Diferente em tudo de Bom para nossas Vidas!

Amados olha só que maravilha:


É isso ai meus amados amigos e visitantes do Seja Hoje Diferente, hoje recebemos do nosso amado amigo colaborador do SHD o André; vinte ovos de Páscoa que serão entregues em breve à Casa de Apoio Vida Divina que tem a missão de atender com qualidade e carinho as crianças com câncer e seus acompanhantes durante o tratamento na capital de São Paulo.

A Casa de Apoio Vida Divina tem o carinho e apoio do Seja Hoje Diferente na qual temos o projeto Cartela do Bem com Artur Ovos que oferece a seus clientes a possibilidade de doar Um ou Mais Ovos para as Crianças da Casa.

Só que desta vez graças a colaboração do nosso amado amigo André e sua esposa Thawana proprietários da Chocolateria Cacau Doces as crianças irão receber Ovos de Páscoa que maravilha não é mesmo.

André também faz parte do quadro de colaboradores da B.Lux Tomadas e Interruptores que apoia as causas do Seja Hoje Diferente e também nos permite essa corrente do bem de coleta/recebimento de doações; inclusive coletas de tampinhas e lacres, na qual somos gratos a esta forte parceria entre a B.Lux e o Seja Hoje Diferente.

A retirada dos ovos esta programada para amanhã dia 16 de março.


Em nome das crianças e da Casa de Apoio Vida Divina agradecemos ao casal André & Thawana por fazer parte do grupo de amigos do Seja Hoje Diferente e nos proporcionar esta oportunidade de corrente do bem. 

Conheça a Chocolateria Cacau Doces no instagram clicando aqui ou procure por @cacau.doces

Um forte abraço!

10.2.21

Parabéns para Mim - 18 Anos Muito Obrigada Pelo Carinho

Neste humilde vídeo a Brenda Christine da Família SHD agradece pelo carinho dos amigos e familiares que na humildade e simplicidade estão presente em nossas vidas. Gratidão a todos pelos votos e felicitações pelo aniversário da Brenda!

Deixe seu like neste vídeo, assista até o final que ajuda o Canal. Inscreva-se e venha fazer parte do Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente. Conheça mais sobre a família SHD e o Blog Seja Hoje Diferente. Acesse: http://www.sejahojediferente.com Junte-se a Nós! Juntos somos mais forte, unidos somos melhores e que seja hoje diferente. Um forte abraço!

2.1.20

Cães abandonados podem ser uma epidemia. Como salvar a vida destes pets

Seja Diferente, Junte-se ao Seja Hoje Diferente.

Reprodução Divulgação

Além dos efeitos na saúde física e emocional do pet, medida pode ser prejudicial para a sociedade

O Brasil é um país que conta com uma grande população canina. De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) 2013, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 44,3% das casas brasileiras têm pelo menos um cachorro. Além disso, a população de cães foi estimada em 52,2 milhões.

O faturamento do segmento pet também é massivo, de acordo com o que foi divulgado pela Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). Em 2017, foram gastos R$ 20,3 bilhões, ou seja, mais de R$ 55,6 milhões por dia, R$ 2,31 milhões por hora e R$ 38,6 mil por minuto!

Isso, porém, não esconde a triste realidade do abandono dos cachorros, algo que é mais comum do que podemos imaginar, capaz de prejudicar gravemente a saúde física e emocional do cão, além de poder se transformar em uma verdadeira epidemia.

Vamos conhecer algumas estimativas sobre o assunto e entender o que pode ser feito para mudar essa situação e permitir que os cães tenham uma vida digna e saudável, bem como que sua proliferação não ocorra de maneira tão acelerada.

Quantos cães estão abandonados no Brasil?

Não há estimativas tão recentes e assertivas, mas de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), esse número já foi de 20 milhões, além de mais 10 milhões de gatos, ou seja, a situação é alarmante.

Esse, porém, não é um problema exclusivo do Brasil. De acordo com a Fundación Affinity, o número de animais resgatados no ano de 2017 foi de 138.307, dos quais 104.834 são cachorros. Na média, são mais de 287 cães por dia e quase 12 por hora.

A Fundación Affinity também divulgou os principais motivos que levaram ao abandono dos animais, que foram os seguintes, com a respectiva participação sobre o número final:

- Ninhadas indesejadas (15%);
- Fim de temporada de caça (12%);
- Fatores econômicos (12%);
- Problemas de comportamento (11%);
- Perda de interesse pelo animal (10%).

Ainda que sejam dados referentes à população espanhola, com exceção à temporada de caça, que não é algo forte por aqui, eles também ajudam a entender alguns dos principais motivos envolvidos com o abandono de cães no Brasil.

O que fazer para salvar a vida dos cães?

Algumas medidas que podem contribuir diretamente com a redução do número de cães abandonados são as seguintes:

Pense muito bem antes de integrar um cachorro à família

A expectativa de vida varia de acordo com uma série de fatores, da raça às condições de saúde do animal, mas ela costuma estar entre 10 e 13 anos, ou seja, o cão deve ficar pelo menos uma década com você se chegar quando ainda é um filhote.

Isso quer dizer que a decisão envolve planejamento, já que os cachorros são seres vivos que merecem amor, carinho e cuidados. Quem não tem certeza absoluta da decisão não deve tomar a iniciativa de pegar um cão.

Isso contribui diretamente para a diminuição do número de animais abandonados, já que quem os adota deve ter consciência de que sua estimativa de vida é longa.

Considere adotar ao invés de comprar

Existem várias entidades e empresas devidamente autorizadas a vender cachorros, que oferecem um tratamento adequado aos pais e mães destes animais. Porém, não deixe de pensar na possibilidade de adotar um cãozinho.

O número de animais abandonados nas ruas é bem grande, como vimos anteriormente, isso sem contar os que ficam nos centros de zoonoses, organizações não governamentais e até mesmo cuidadores independentes, que dedicam suas vidas aos cuidados de animais resgatados.

Assim, você ajuda a reduzir o número de animais abandonados, terá um parceiro para lhe acompanhar em seu dia a dia, com muito amor, carinho, companheirismo e uma amizade duradoura e, além disso, mudará a vida de um pet para sempre.

Sempre invista na castração

O número de cães nas ruas nem sempre é uma consequência direta do abandono de seus tutores, já que também pode ter sido causada pela falta de um dos principais cuidados com os animais: a castração.

O procedimento faz com que eles não procriem mais e, assim, deixem de gerar novos cãezinhos, muitos dos quais não são adotados e ficam nas ruas ou mesmo não conseguem sobreviver.

Um casal de cachorros não castrados, com duas crias anuais e gerando de 2 a 8 filhotes por cria, pode resultar em 12 novos animais dentro de um ano, número que sobe para 66 em 2 anos, 382 em 3 anos, 2.201 em 4 anos e superar os 12 mil depois de cinco anos!

Além da grande quantidade de cachorros que ficarão abandonados, essa é uma questão que também pode impactar na saúde pública, pois esses animais não passarão pelos cuidados adequados e podem contrair doenças contagiosas para os humanos.

Micose, doença de Lyme, raiva e leptospirose são algumas dessas doenças, que podem trazer sérios prejuízos à saúde humana a ponto de se transformarem em epidemias, o que é bastante perigoso.

Portanto, a castração é benéfica sob diversos aspectos e é recomendada para cães de 7 a 10 meses de idade, embora possa variar de acordo com seu porte e raça. Quando feita por profissionais especializados, ela é indolor para o animal, que deve estar totalmente recuperado dentro de uma semana.

Abandono de cães: um problema que deve ser combatido

São muitos os efeitos negativos causados pelo abandono de animais, tanto para eles quanto para os humanos, e o número infelizmente é bem grande, o que pode ser confirmado pela quantidade de cachorros que vemos pelas ruas.

Se cada pessoa fizer a sua parte, a tendência é de que a situação se inverta com o passar do tempo, tanto pela diminuição do número de animais que são abandonados quanto pelos cuidados com aqueles que já têm um tutor para chamar de seu.

Se você já tem um melhor amigo animal, saiba que da mesma forma que o antipulgas para cachorro, como o Simparic, é obrigatório, a castração também, cujos resultados são benéficos tanto para o seu animal quanto para os outros com os quais ele pode se deparar e, por consequência, para todos que estão ao seu redor.

#sejahojediferente #sejadiferente #correntedobem #heroisdoslacres #sejavoce #fuscadobem #fusquinhadobem #unidosdobem #ermelinomatarazzo

4.12.19

Dezembro Verde: Diga não ao abandono de animais


Na época de festas o número de animais abandonados aumenta, pois os tutores deixam os pets em clínicas veterinárias ou hotéis e não voltam para buscá-los

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Goiás (CRMV-GO) e outras instituições, vão promover a campanha Dezembro Verde, para alertar sobre a situação do abandono de animais. Médicos-veterinários explicam que o número de rejeição aumenta na época de festas, quando tutores deixam os pets em clínicas veterinárias e hotéis para cachorros e não voltam para buscá-los.

De acordo com a Lei 9.605/98, o abuso e maus-tratos de animais são crimes sujeitos à penalidades de acordo com a gravidade. A Médica -Veterinária Ingrid Bueno Atayde Machado, explicou que existe um conjunto de responsabilidades e atitudes que o tutor deve tomar nos cuidados com os pets. Confira

1 – Ele é um membro da família – É fundamental ter consciência de que o animal vai gerar custos com alimentação, serviços veterinários e que vai viver por volta de 12 anos. Para isso, a família precisa de espaço e tempo para cuidar do novo morador.

2 – Adote – Para ajudar os bichinhos que foram abandonados, as pessoas podem adotar animais procurando-os em abrigos públicos ou privados.

3 – Conheça seu pet– É imprescindível que o tutor conheça as características do animal que pretende criar, de acordo com o seu porte e temperamento. É necessário respeitar as diferenças e oferecer os cuidados necessários para que ele possa se desenvolver bem, fisicamente e mentalmente.

3 – Passeios – Sempre que for passear com o seu animal, leve um saquinho para recolher suas fezes. Além de ser um exercício de cidadania e preservação do meio ambiente, é obrigatório por lei. Para segurança de todos e do seu animal, não se esqueça de colocar coleira e guia.

4 – Identifique o seu animal – Existem várias formas de identificar o animal e facilitar sua localização quando perdido. Por exemplo, você pode colocar os dados básicos como nome e telefone na coleira. Além sisso, o seu bichinho pode ter um RGA – Registro Geral do Animal, que possui um número de identificação, informações sobre o animal e o seu dono.

5 – Esterilização – A esterilização ou castração é uma das formas para se evitar as crias indesejáveis e animais soltos pelas ruas. Além de não prejudicar o animal, ela evita maus tratos e o abandono. Machos castrados evitam brigas por disputa territorial,  demarcação com urina em todos os lugares da casa, previve tumores de próstata e evita que fujam de casa atrás de fêmeas no cio. Já a castração nas fêmeas evita infecção uterina, diminui as chances de desenvolver tumores, evita a gravidez indesejada, o abandono de crias e os incômodos do cio.

6 – Cuidados básicos – A alimentação adequada e higienização do animal são de responsabilidade do próprio tutor, assim como o ambiente em que ele vive. É importante também que ele tenha um espaço físico adequado à sua raça e tamanho.

7 – Proteja seu bichinho – As vacinações e o controle de ecto e endoparasitas (carrapatos, pulgas, vermes etc) são fundamentais para deixarem os animais prevenidos contra diversas doenças. Problemas graves de saúde pública no Brasil como a Leishmaniose, zoonose endêmica no território goiano, que afeta especialmente os cães. As zoonoses são doenças transmitidas dos animais ao homem, portanto, semestralmente, procure um médico-veterinário para avaliar a saúde do seu animal e lhe orientar sobre os procedimentos e a melhor forma de prevenir ou tratar as doenças.

8 – Cuide dele com carinho – O comportamento dos animais reflete a forma como são cuidados. Se for criado num ambiente com amor, carinho e responsabilidade, ele vai corresponder da mesma forma. Além disso, o dono precisa ter consciência de que o seu animal não vive isolado e que passeios e contatos com outros animais farão muito bem a ele. Observe sempre o comportamento do seu animal e quando notar algo diferente, procure um médico-veterinário imediatamente.

8 – Educação e adestramento – Além de fofos e saudáveis, todo dono sonha em ter um animal de estimação bem educado em casa. O adestramento profissional pode ser uma alternativa, mas com paciência você também pode treiná-lo em casa. Uma das técnicas recomendadas é a do reforço positivo, onde os animais aprendem por repetição, estímulos positivos e recompensa, valorizando as atitudes corretas e evitando maus tratos. Informe-se também com seu médico-veterinário sobre o assunto.

As informações são do Jornal Opção

Seja Diferente, Junte-se ao Seja Hoje Diferente. 
#sejahojediferente #sejadiferente #correntedobem #heroisdoslacres #sejavoce #fuscadobem #fusquinhadobem #unidosdobem #ermelinomatarazzo

27.11.19

O Fusca que faz Bem de Ermelino Matarazzo


Ao olharmos para a sociedade ao nosso redor, percebemos a carência existente. 

Crianças, jovens e adultos imersos na vulnerabilidade social são privados de infraestrutura e direitos básicos.

Uma lista que vai desde alimentação, segurança, saneamento básico e moradia até dignidade e afeto. A falta de apoio e preparo dos indivíduos são algumas das muitas causas que, infelizmente, fazem do país palco de ciclos viciosos que se repetem por diversas gerações da mesma família, propagando a falta de oportunidades por décadas.

Dada essa realidade, o desejo de se colocar à disposição e fazer o bem ao próximo pode surgir do sentimento de empatia e solidariedade, encorajado por todas as religiões, bem como pode se manifestar pela própria consciência, uma vez que todos somos todos iguais. Ajudar pessoas traz um bem maior do que o realizado, nos tira da visão egoísta da vida, desperta a humanidade profunda e nos faz mais próximos de Deus.

Para quem ainda não conhece esse é o fusquinha do Seja Hoje Diferente de Ermelino Matarazzo, facilmente encontrado nas ruas do bairro, dentro das comunidades mais simples buscando fazer o bem não importa a quem.

Ao ver este fusca rodando nas ruas da zona leste de São Paulo, estacionado em alguma rua, em algum evento ou entrando a fundo dentro das comunidades mais carente da Zona Leste, saíba que há um trabalho voluntário, uma ação de ajuda, um ato de solidariedade esta acontecendo.

A cada dia este fusca que faz bem vem ganhando reconhecimento por inumeros moradores e comerciantes do bairro.

Junte-se a Nós você também de Ermelino Matarazzo e Região ao Seja Hoje Diferente.

Veja como você pode nos ajudar de maneiras simples que valem ouro, confira clicando aqui.

É isso ai galera de Ermelino Matarazzo e Região, obrigado pelo reconhecimento e respeito ao nosso humilde Fusca.

Não tem preço ser parado nas ruas ou quando estacionado em algum lugar, as pessoas chegarem junto comentando sobre o blog, as ações sociais que participamos e divulgamos, o carinho da comunidade: Crianças, Jovens, adultos e idosos.

Dos manos das quebradas das comunidades aos Senhores das comunidades alta, o respeito e carinho é imenso.

Fiquemos todos com Deus e Juntos Somos Mais Fortes.

Veja também: 

As 5 possibilidades para quem quer fazer o bem ao próximo

Seja Diferente, Junte-se ao Seja Hoje Diferente. 
#sejahojediferente #sejadiferente #correntedobem

26.9.19

Saudades do seu sorriso: Diz namorado de jovem achada morta em SP

Imagem Reprodução Divulgação - Facebook

O namorado da estudante Mariana Bazza, 19 anos, prestou uma homenagem à jovem no fim da noite dessa quarta-feira (25/09/2019). Ela foi encontrada morta em Itápolis (SP) após ter sido sequestrada ao receber ajuda para trocar o pneu do carro, em Bariri (SP).

“Saudades do seu carinho, daquele sorriso que eu adorava e você sempre escondia. Saudades deu te dizer ‘amor, não precisa ficar horas se maquiando, pois eu te acho muito mais linda natural’. Saudades de você me cobrar para chegar no horário na faculdade mesmo estando a quilômetros de distância. Tudo que eu sinto resume em saudades de você”, escreveu Jefferson Vianna.

“Queria te dizer isso pessoalmente, meu amor. Para sempre vou te amar, que nosso Deus te dê aquele abraço que hoje eu não posso te dar… como me dizia ‘nunca se esqueça que eu te amo’, e eu respondia ‘nunca me deixe esquecer’ … eu jamais vou esquecer”, prosseguiu o namorado de Mariana.

As informações são do Metrópoloes Confira:

A mensagem, que ainda traz lembranças de momentos vividos pelo casal, foi postada em rede social pelo namorado da vítima. Junto ao texto, uma foto em que ambos aparecem trocando olhares. “Nossa última conversa era qual o nome que íamos dar aos nossos filhos, planos de logo morarmos juntos e dividir, mais que carinho, um lar, construindo juntos nossos objetivos”, relembrou.



O crime
Mariana Bazza foi encontrada morta nessa quarta-feira (25/09/2019). O corpo da jovem estava em uma estrada de Itápolis (SP), cidade a 60 quilômetros de Bariri (SP), onde foi sequestrada. O criminoso confessou aos investigadores o local onde estaria a vítima.

A polícia prendeu o suspeito em Itápolis, mesma cidade onde a vítima foi localizada morta. O homem teria ficado em silêncio durante a prisão.

Mariana desapareceu depois de receber ajuda para trocar o pneu do carro. A estudante de enfermagem deixou a academia nessa terça-feira (24/09/2019) e foi abordada pelo homem em Bariri.

Nas imagens obtidas pela Polícia Civil, ela é abordada pelo homem e os dois conversam. Pouco depois, ele se dirige a uma chácara do outro lado da rua e a jovem entra no carro para ir ao mesmo local, onde ele troca o pneu do carro dela. Desde então, a universitária não foi mais vista.

Algum tempo depois, o carro de Mariana deixa a chácara, mas não é possível identificar quem está ao volante.

Veja o vídeo clicando aqui.

23.9.19

O valor do cuidado da casa

Imagem Reprodução Divulgação

Olá a todos!
Eis a ideia para vocês refletirem ao longo da semana: “o valor do cuidado da casa”.

As informações são do Fé com Virtudes Confira:

Na cultura em que hoje vivemos, é muito comum desvalorizar o trabalho de cuidado da casa, vendo muito mais importância nos trabalhos relacionados com a carreira profissional. Em parte isso se deve ao fato de estes últimos serem remunerados e o cuidado da casa, pela esposa ou pelo marido, não o ser. E também pelo fato de parecer que não se está fazendo nada de útil ou produtivo ao cuidar da casa. Como vivemos numa cultura materialista, o conceito de útil acaba sendo identificado com um valor material, isto é, o dinheiro.

No entanto, o cuidado da casa tem um valor humano e espiritual belíssimo e elevadíssimo. Veja que palavras tão bonitas diz uma inglesa a respeito desse tema.

* * *

Encanta-me o fato de que os seres humanos sejam ao mesmo tempo seres materiais e espirituais, por ser possível transmitir valores espirituais através das coisas materiais. Por exemplo: imaginem que alguém da nossa casa esteja doente. Se, ao preparar a bandeja para essa pessoa que está no quarto, utilizarmos um guardanapo de pano bordado, uma toalha sobre a bandeja, umas pequenas flores e fizermos uma comida bem apetitosa para lhe dar água na boca, se incentivarmos essa pessoa a comer alguma coisa para sentir-se melhor, a mensagem que estaremos dando é esta: “Nós amamos você; você é importante para nós! Fazendo isso também trazemos um pouquinho do céu à terra!”.

O que representa o trabalho de cuidado de uma casa é parecido com o que representa a família na sociedade: é como sua coluna vertebral que sustenta tudo. Da mesma forma, o que sustenta uma família é, entre outras coisas, esse cuidado amoroso das coisas da casa.

Um lar bem cuidado faz as pessoas felizes. Um lar bem cuidado transforma-se num lugar para a família recuperar forças, tanto material como espiritualmente. E, sobretudo, para experimentar o amor, que é a nossa grande fonte vital. E esse amor, se o lar é bem cuidado, estará em cada detalhe material, alimentando por sua vez o amor no coração de cada pessoa. Um lar bem cuidado é assim um pedacinho do céu. E as quatro paredes feitas de tijolos e argamassa passarão a ser um reflexo da essência da família, da encarnação de suas crenças, valores e ideais de vida.

Porém isso não acontece de forma automática. Além do amor que deve haver no nosso coração, requer-se dedicação, trabalho. São necessárias muitas qualidades para criar um lar maravilhoso: talento, engenhosidade, criatividade, generosidade, magnanimidade, ordem, boa organização, sentido comum, carinho, um bom sentido de humor e sobretudo muito, muito amor ao demais.

O bom cuidado da casa envolve muitas coisas: todos os elementos da cultura, da arte, da ciência, da beleza, da poesia, da comunicação. Além de conhecimentos de nutrição, saúde, segurança, economia, logística, maquinário etc. Não é algo pequeno!

* * *

Não é verdade que estas palavras nos fazem olhar de outra maneira para o cuidado da casa? Cuidar da casa é cuidar do maior tesouro que a sociedade possui: o ser humano, e, mais concretamente, cada pessoa que faz parte da nossa família. E o ser humano se cuida com amor, com carinho, refletidos em cada pormenor de um lar.

Que essas palavras sirvam para dar o devido valor a este trabalho oculto e silencioso que muitas vezes é tão desvalorizado.

Uma semana abençoada a todos!

Padre Paulo .

Seja Hoje Diferente: Portal de Família para Famílias
Artigo Organizado em: Na Palavra e Seja Diferente.

16.9.19

Ofereça um carinho, provoque um sorriso e

 Belas Frases

Ofereça um carinho, provoque um sorriso e melhore o dia de cada pessoa que passar pela sua vida.

13.11.18

Conheça as 5 raças de cachorro mais companheiras


Que os cachorros são os melhores companheiros do homem, isso não dá para negar. Porém, existem raças de cachorro que são mais carinhosas e dóceis do que outras. Às vezes por uma questão de temperamento ou de criação.

Essas raças têm grande chance de sofrer com ansiedade de separação, elas não conseguem suportar a ausência da família. Logo, se você fica muito tempo fora por conta do trabalho ou faculdade, é melhor evitá-las.

É importante ressaltar que toda as raças podem ser carinhosas e doces, tudo depende como serão educadas e criadas. Porém existem algumas que são mais fáceis de lidar e acostumar.

Separamos 5 raças mais companheiras para você pesquisar antes de escolher seu novo amigo.

Golden Retriever


Usado muito como cão de terapia, os Goldens são uma raça altamente amigável e brincalhona. É conhecido por seu temperamento ativo, ama buscas esportivas e precisa de um dia para gastar toda essa energia, de preferência em um campo, onde tenha bastante lugar para correr.
Se você quiser treiná-lo, encontrará dificuldades, já que ele se distrai facilmente com seu comportamento ativo, porém ele adora aprender e agradar seu dono, o que é um ponto positivo.
A obediência competitiva dele é impressionante, a todo momento ele quer mostrar que pode fazer e buscar objetos com a boca, sendo sua atividade predileta.

Labrador


Que os labradores são companheiros isso não é novidade, eles são basicamente sinônimo de amor e companheirismo. Os filhotinhos ganham o coração de qualquer um e quando crescem isso continua igual.

Alguns estudos dizem que as cores do animal alterem o temperamento, por exemplo o amarelo, que é resultado de uma genética recessiva, é mais agitado, tem problemas temperamentais e é ansioso, muito mais do que as outras cores.

Ainda não foi comprovado cientificamente, mas a possibilidade de ser verdade é alta, dado os comportamentos.

Amável, devotado e obediente, o labrador coloca seu dono em primeiro lugar e fará de tudo por ele. É uma das melhores raças para conviver com crianças, são dóceis e pacientes.

Greyhound


Apesar da fama de cães de corrida, eles preferem 1000 vezes o colo do dono à uma pista de corrida. Nos países ingleses ficou conhecido com o apelido de: a batata de sofá mais rápida do mundo.

Dentro de casa costumam ser calmos e educados, mas quando ficam ao ar livre tendem a perseguir qualquer coisa que se mova. Conseguem se dar bem convivendo com outras espécies ou raças e procuram sempre agradar seu dono.

Eles precisam praticar exercícios diariamente, para gastar a energia acumulada, já que são corredores. Não deve ser criado do lado externo da casa, já que prefere morar em lugares quentinhos, com camas macias.

Bichon Frisé


Um dos cães mais populares no Brasil, o Bichon Frisé adora um colo. Não solta pelos adoidado e é um ótimo companheiro para apartamentos. Muitas vezes é confundido com o Poodle, já que tem o pelo enroladinho, porém, esses dois de igual tem só a aparência, são muito diferentes em temperamento.

Brincalhão e saltitante, essa raça conquistou o coração das pessoas, além de tudo se adapta bem com crianças, outros animais e estranhos.

Afetuoso e carinhoso, ele adora ter atenção do seu dono e receber bastante carinho durante o dia, entretanto pode acabar latindo bastante, o que é uma característica da raça.

Por ser branquinho, precisa de banhos semanais e cuidado com seus pelos, também tem necessidade de gastar suas energias, mas se satisfaz com brincadeiras dentro de casa mesmo.

Cavalier King Charles Spaniel


Seu jeito calmo e sereno conquista a atenção de quem está procurando por um cachorro tranquilo e companheiro. No Brasil ainda é pouco conhecido entre as raças de cachorro, mas é extremamente sociável com as crianças, idosos e visitas, sendo tolerável ao barulho e a situações estranhas.

Sinônimo de cachorro perfeito, ele se encaixa em muitos pedidos dos futuros donos. Amável, gosta de agradar e quieto. Quando está ao ar livre adora explorar caçar e cheirar coisas.
Ficar no colo é a coisa favorita deles, recebendo muito carinho e atenção. Se você fica muito tempo fora de casa, é melhor procurar outra raça, os Cavalier precisam de atenção e cuidados frequentes.

Encontrar o cão perfeito é difícil e muitas vezes ficamos em dúvida, pesquisar e conhecer mais sobre as raças é essencial para fazer uma boa escolha. Existem milhares de raças de cachorros pelo mundo, cada uma com sua peculiaridade e individualidade especial.

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

7.10.18

Não mendigue atenção Doe Atenção



Saudações Amados:

Vamos falar um pouco sobre mendigar atenção, muitas vezes mendigamos atenção até mesmo sem perceber por gostar, amar e querer bem pessoas ligadas a nós e não recebemos a atenção e carinho desejado e muitas vezes ainda recebemos como prêmio a ingratidão.


Seja diferente, mude o seu foco comece a deixar de mendigar atenção e passe a doar atenção inclusive à essas pessoas que você mendigou sem perceber por atenção. 







Mas qual a diferença então?

Foque sua atenção doe sua atenção aos que querem a sua atenção, aos que precisam de sua atenção e aos que gostam de sua atenção de estar com você e gaste suas energias com essas pessoas, já as outras você ira doar atenção, aquela atenção quando te procurarem, quando te ligarem, quando te encontrarem em algum lugar ou quando por um acaso venham a te visitar. 


Quando você começar a ter essa visão e aplicar essa atitude você vai começar a perceber quais são as pessoas que lhe dá atenção e lhe doa atenção.


Muitas vezes você anda dando ou buscando mais atenção de pessoas que lhe doam atenção do que aquelas que lhes dá atenção.


O importante é você ser diferente, não ficar chateada (o) e, começar a falar desta pessoa ou destas pessoas e, começar sem querer soltar negatividade a elas e o pior isso volta para você, tudo volta, então esteja focado em ser pessoa de bem e comece então a doar atenção aos que te doam, desejando de coração a felicidade e sucesso dessas pessoas.


Você dedica seu tempo a elas, curte tudo que elas postam nas redes sociais, elogia, e não recebe um obrigado, uma curtida em sua foto nova, ou aquele audio ou mensagem que enviou pelo whatsapp foi visualizado somente. Acontece muito disso não é verdade.


Sem falar na vida fora das redes e mídias sociais, você faz de tudo para agradar, tentar unir-se, tenta reunir a turma e recebe a indiferença, o descaso ou aquela atenção que não chega a 1% da qual você dedicou-se.


Isso acontece devido ao que estou a lhe dizer você esta aplicando atenção, esta dando atenção a quem esta te doando atenção, sem querer você esta mendigando atenção de pessoas que mesmo próximos, mesmo do mesmo sangue não esta preocupado em lhe dar atenção alguma por diversos motivos que certamente são negativos, mas esse negativismo não é culpa sua, não é parte sua e sim dessas pessoas, elas que tem algum problema, elas que não são diferentes, e é a elas que você deve agora mesmo começar a doar atenção.



Leia: Ladrão de Idéias


E gaste energias fortemente, dando atenção aos que querem sua atenção.

Doando atenção com amor, com carinho, sem falsidade, desejando o bem, mas sabendo que é melhor doar atenção do que aplicar atenção a essas pessoas, o tempo mostrará e uma hora essas pessoas irão se sentir mal, uma hora algo irá acontecer que o disco irá mudar e elas começarão então a lhe dar atenção e como já disse aplique atenção a quem lhe da atenção e doe atenção aos que não lhe dão atenção.


Quando chegar esse dia, você estará então aplicando atenção e não doando atenção a aqueles que você mesmo sem querer mendigava atenção.




E se não acontecer isso?


Amados caso aconteça de não acontecer de quem lhe doa atenção passe a te aplicar atenção não se preocupe porque com a sua mudança e aplicando atenção aos que te querem, você terá tanta pessoas maravilhosas em sua vida, que não sentirá mais esse sentimento de falta de atenção.


Pode acreditar!


Um forte abraço.


Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!




29.9.18

Três Meses juntos!


Saudações Amados:

O SHD: Seja Hoje Diferente by BrendaSystem, completou três meses de existência, lançado oficialmente em 14 de julho de 2018.

Três Meses de Existência com Experiência de 10 Anos

Isso mesmo o blog nasceu a poucos meses mas conta com a experiência de 10 anos.

O SHD: Seja Hoje Diferente by BrendaSystem foi planejado há mais de um ano. 

O nosso contador de acessos é prova disso.

O criador e administrador do Blog SHD (Alessandro Turci) esta aplicando todo seu conhecimento de mais de dez anos de trabalho com sites, blogs, marketing digital, marketing social, SEO (Otimização de Site para ferramentas de buscas), links patrocinados, links building e outros.

O Blog SHD herda experiências de antigos blogs descontinuados criados na internet por Alessandro Turci.

Blogs de Sucessos que deixaram saudade na internet:

Escrivaninha do Alê - Desenhos para Imprimir e Pintar - Zicalinks Agregador - Mas para que Serve - Mec Oferta - Filmes da Hora Net.

Todos vinculados ao nome BrendaSystem Open Richness primeiro domínio criado por Alessandro Turci que completará 10 anos de existência em 21 de outubro de 2018.

Acertos e erros e outros motivos fizeram com que esses blogs, sites e agregador fossem descontinuados e deixados de existir.

O administrador precisava de tempo para novos estudos, formação profissional e unir o melhor de cada um deles em um só Lugar em um só blog assim, nasceu o projeto para o SHD: Seja Hoje Diferente By BrendaSystem.

O projeto inicial era para lançamento oficial em primeiro de janeiro deste ano porém, o futuro a Deus Pertence, acontecimentos na vida particular do administrador do blogue acabou atrasando seu lançamento oficial na qual data-se de 14 de julho de 2018, na verdade o blogue iniciou na internet em primeiro de julho porém, o administrador adotou a data de 14 de julho por ser a data de seu aniversário.

Palavra do Administrador:

Olá Amados amigos visitantes do Blog.

Agora que você ficou sabendo um pouquinho do projeto e surgimento do blog Seja Hoje Diferente, quero aproveitar a oportunidade para agradecer a todos vocês pelo crescente sucesso do blog.

Não lancei este blog da noite para o dia é um projeto de muito carinho que teve inicio nos meses final de 2016 que demandou muito tempo de estudos e demanda tempo para ser atualizado diariamente. Tempo e trabalho que faço com muita motivação e carinho para ter um conteúdo de qualidade para todos nós.

Três meses onde passamos por processo de mudança de layoute, fechamento de parceria de anunciantes, participação nos dois melhores Agregadores encontrados na Internet atualmente, lançamento do SHD no Google Business e outros trabalhos que irão promover e beneficiar o blog a curto prazo.

Dois meses de configuração de localização aos sistemas de busca centralizando nosso foco no bairro de Ermelino Matarazzo e Ponte Rasa, configurações que em curto prazo trarão ao blog sua apresentação em computadores e smartfone aos moradores de Ermelino Matarazzo e Região e com foco direcionado ao Estado de São Paulo e 35% aos demais Estados do Território Nacioanl.

Também aplicamos 10% em códigos para buscar brasileiros em outros paises em princinpal: Estados Unidos, Itália, Japão, Australia e Portugual

Trabalhos e tarefas a parte, quero mesmo é agradecer a todos que direta ou indiretamente esteve conosco nesses três meses, não só na visita do blogue como nas participações das midias e redes sociais, lista de transmissão no Whatsapp.

Que todos vocês recebam meu agradecimento.

Primeiro agradeço a Deus e ao nosso Senhor Jesus Cristo, pelo lançamento e crescimento do blogue nesses três meses de existência.

Em especial a todos que deixam seus comentários nas paginas do blog através de campo de comentários.

Aos que curtem e compartilham nossos artigos em suas redes sociais através dos botões de compartilhamento.

Aos que participaram até agora do "Escreva para o SHD".

Aos nossos anunciantes em banners e artigos divulgativos que estão acreditando em nós.

A um amado primo do Paraná que trocou de celular só para poder acompanhar os artigos do SHD. 

A Minha prima Márcia Turci que teve e terá novas participações no SHD.

A todos meus irmãos de Igreja que estão divulgando, visitando o SHD, em especial ao irmão em Cristo Herbert Pereira que não só visita o blog como tem ajudado em divulgação e registro de comentários em nossos artigos.

Aos administradores de Grupos Parceiros no Facebook que autorizam o compartilhamento de nosso conteúdo em especial ao grupo Sou 100% Ermelino Matarazzo administrado pelo amado amigo Carlos Augusto Martins.

A todos os membros do Grupo Oficial do SHD.

Aos amados da associação Braços Forte, Meus Amigos do Lar Vicentino, Meus Amigos do Samba no Asfalto, Amigos dos Moto clube do Bairro, Amigos Fusqueiros, Amigos Comerciantes do bairro.

Aos irmãos de outras igrejas, pois quem me conhece estou junto com todos que querem o bem ao próximo e o melhor para nossa comunidade idependente de religião.

Em fim a todos que eu sei que esta conosco. Talvez eu não saiba de todos que estão direta ou indiretamente conosco, mas nosso Deus Sabe, e a Ele peço que abençoe de maneira maravilhosa a vida de todos que estão conosco direta ou indiretamente.

Muito Obrigado.

Agora todos vocês sabem que o blog não nasceu da noite para o dia e que tem muita gente do bem envolvida direta e indiretamente.

Caso você seja novo por aqui, junte-se a Nós!

Participe do Nosso Grupo no Facebook e Nossas Mídias Sociais.

Veja como participar e como nos ajudar clicando aqui.

Um forte abraço.

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!




GeraLinks - Agregador de links