Mostrando postagens com marcador Redes Sociais. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Redes Sociais. Mostrar todas as postagens

27.9.21

30 quilos de moedas de 5 centavos, foi assim que este patrão pagou a rescisão de um ex-funcionário


Rian Keogh viralizou nas redes sociais após expor seu ex-chefe, depois de receber sua rescisão de contrato em moedas. No twitter, o rapaz contou sobre a péssima experiência e acabou ganhando atenção global com sua história.

Keogh trabalhava no bar Alfie’s, um tradicional bar em Dublin, na Irlanda. Depois de pedir a conta e deixar o posto, ele conta que precisou “correr atrás” do seu último pagamento, somado ao valor da rescisão. Ainda assim, acabou sendo surpreendido.

No twitter, ele compartilhou prints das conversas que manteve com seu ex-chefe. Nas mensagens, o ex-patrão chega a perguntar se poderia pagar em dinheiro porque não havia registrado os dados bancários de Keogh.

Interessado em receber seu dinheiro, o rapaz apenas pediu que o pagamento fosse feito o mais rápido possível. Ele não imaginava que seu ex-chefe apareceria em sua casa, com um balde cheio de moedas.

Keogh pesou o balde e constatou que se tratavam de quase 30 quilos de moeda de 5 centavos. O rapaz não expos porque decidiu deixar o trabalho, mas provocou o antigo local de trabalho ao ironizar que aquilo servia para quem quisesse conhecer o ambiente de trabalho do bar.

O irlandês também não expôs o valor total das moedas, mas o caso ganhou grande repercussão mesmo assim. Na web, muitas pessoas compartilharam a frustração do rapaz e condenaram a atitude do ex-chefe.

O caso ainda acabou ganhando um desdobramento quando um conhecido questionou Keogh sobre a exposição e afirmou que tudo não passava de uma “brincadeira”.

18.9.21

Grupo no Facebook 100% Ermelino Matarazzo completa 8 anos de existência


O grupo no Facebook 100% Ermelino Matarazzo completa 8 anos de existência, criado pelo casal e administrado por Carlos Augusto Martins e Andréia Reguengo que nos deixa o recado abaixo:


Carlos Augusto Martins e Andréia Reguengo

O casal Carlos Augusto Matins e Andréia Reguengo moradores do bairro Ermelino Matarazzo onde a família SHD reside a mais de 40 anos dispensa apresentação, direta e indiretamente fazem e fizeram parte de diversas atividades de solidariedade e prol-Ermelino Matarazzo.

Grupo 100% Ermelino Matarazzo:

Nós do Seja Hoje Diferente aproveitamos a oportunidade para parabenizar o casal pela iniciativa e administração do grupo 100% Ermelino Matarazzo no Facebook.

Não podemos deixar de agradecer também pela parceria e ajuda divulgação dos artigos e atividades de solidariedade do Seja Hoje Diferente que são publicados periodicamente no grupo 100% Ermelino Matarazzo onde, não somos só grato aos administradores como aos amigos participantes do grupo que são seguidores e visitadores do Seja Hoje Diferente.

Parabéns Carlos e Andréia e que venha mais anos de 100% Ermelino Matarazzo.

Um forte abraço!

17.9.21

Carteira adiciona função de receber gorjetas via Lightning Network no Twitter


O Twitter planeja integrar pagamentos em Bitcoin (BTC) via Lightning Network. No entanto, a carteira Zebedee saiu na frente e já liberou esta função.

Esta extensão está disponível para usuários dos navegadores Google Chrome e Brave. Agora, os usuários da carteira podem integrar o aplicativo com o navegador e o Twitter para receber pagamentos em BTC.

Como receber as gorjetas
Em primeiro lugar, é preciso fazer o download da extensão da Zebedee. O download pode ser realizado pelo mesmo link tanto para o Chrome quanto para o Brave. Após o download, instale a extensão no navegador.

Feita a instalação, o ícone da Zebedee aparecerá na lista de ícones do navegador. Em seguida, basta abrir o ícone e abrir o QR code presente na extensão. O próximo passo é abrir o aplicativo da carteira e escanear o QR Code da extensão, o que finaliza a integração do aplicativo com o navegador.

Os próximos passos são realizados através da descrição no Twitter. Após a integração, é preciso pegar o endereço de e-mail criado na Zebedee (ex: nome@zbd.gg) e colocar o e-mail. Porém, este passo deve ser feito de uma forma específica.

Primeiro, o endereço precisa estar ao lado do emoji de raio (que marca a Lightning Network). Também é preciso que o endereço esteja em uma linha separada do resto da bio. Outro ponto importante é que o perfil no Twitter pode dar alguns problemas caso esteja no idioma português. Portanto, mude o idioma do perfil para o inglês.

Se os passos acima forem ativados com sucesso, o perfil no Twitter receberá um botão de “tip” ao lado do botão de seguir. Este botão não é visível para o dono do perfil, mas é visível para os seus seguidores. Ao clicar nele, qualquer pessoa pode enviar satoshis via Lightning diretamente pelo Twitter.

15.9.21

Professora usa memes na chamada e bate 11 milhões no TikTok


Uma professora de Taubaté, no interior de São Paulo, está usando memes na chamada dos alunos e o vídeo engraçado está bombando nas redes sociais.

Berenice Cortez inovou. Ela pede que as crianças digam um meme para confirmar a presença na aula. E a cada resposta, a turma cai na gargalhada.

É tão divertido, que o vídeo da professora já teve mais de 11 milhões de visualizações no TikTok.

Reduziu as ausências

Berenice Cortez dá aulas para o 4º ano do ensino fundamental e conta que o momento da brincadeira é tão esperado, que as crianças não faltam mais às aulas on-line.

“As aulas ficam mais interessantes, e as ausências dos alunos foram reduzidas nas aulas”, contou a professora à Isto É.

E além de diminuir as faltas, a professora também conseguiu se aproximar dos alunos.

“Essa foi a forma que encontrei de me conectar com as crianças”, disse.

No vídeo dá pra ver que os alunos adoram esse momento de descontração.

“As crianças amaram e eu fiquei muito contente com o resultado”.

A repercussão

Com poucos seguidores na rede social, até então, ela nunca imaginou que um simples vídeo iria chamar a atenção de tanta gente.

“Eu nunca imaginei que fosse ‘bombar’, geralmente meus vídeos possuem poucos engajamentos”, contou.

Outros professores

Mas o vídeo de Berenice chamou a atenção inclusive de outros professores.

Agora vários colegas de profissão estão escrevendo para ela e fazendo elogios.

“Recebo muitas mensagens com pedidos para que eu faça novos vídeos. Eu também recebo mensagens de outros professores com elogios e apoio nesta brincadeira”, concluiu.

Assista abaixo ao vídeo que está viralizando no TikTok. A professora Berenice também compartilhou no perfil dela no Instagram e lá já teve mais de 53 mil visualizações:


27.8.21

Youtube suspende pagamentos a canais bolsonaristas por divulgação de fake news


Após decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre disseminação de notícias falsas, o Youtube informou na quinta-feira (26) que suspendeu pagamentos a produtores de conteúdo de 14 canais.

"Em cumprimento à decisão do Tribunal Superior Eleitoral de 16 de agosto, o YouTube informa que já suspendeu o acesso à receita atribuída aos responsáveis pelos 14 canais indicados pelo TSE", afirmou a plataforma em nota.

"Reforçamos nosso compromisso de permanecer colaborando com o trabalho das autoridades no Brasil e de prosseguir investindo em políticas, recursos e produtos para proteger a comunidade do YouTube de conteúdo nocivo", acrescentou a empresa.

Na semana passada, o corregedor-geral da Justiça Eleitoral, ministro Luis Felipe Salomão, determinou que as plataformas digitais Youtube, Twitch, Twitter, Instagram e Facebook suspendessem o repasse de valores obtidos por meio da exibição de propagandas para pessoas e páginas que estariam propagando notícias falsas sobre o sistema eleitoral brasileiro.

A decisão diz que os valores que seriam pagos pelas redes sociais a esses canais, páginas e sites ficarão indisponíveis, depositados em uma conta judicial até o fim das investigações, mas os canais vão continuar no ar.

Entre os canais e páginas compreendidas pela decisão estão o canal Terça Livre, o Jornal da Cidade Online e o canal de Oswaldo Eustáquio, todos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Oswaldo Eustáquio chegou a ser preso na investigação sobre atos antidemocráticos.

A decisão atende a um pedido da Polícia Federal, que investiga a organização e o financiamento de ataques ao sistema eleitoral. Na investigação, a PF identificou uma engenharia criminosa que transformou a divulgação dessas mentiras sobre as urnas em um negócio.

O objetivo do TSE é secar a fonte de recursos financeiros dos sites que ganham dinheiro propagando uma campanha infundada contra o sistema eleitoral do Brasil e contra a própria democracia.

16.8.21

TIK TOK NÃO DÁ DINHEIRO

14.8.21

HYPE" — O CÂNCER DA INTERNET

O que é HYPE? 

É a "promoção" exagerada de uma pessoa, produto ou ideia — quando alguma coisa está muito na moda, ou “dando o que falar”, diz-se que tem muito "HYPE" em cima daquilo... MAS O HYPE, em termos de YouTube, significa que você tem seus 15 minutos de fama digital... 


Neste documentário exclusivo no COnTV, vemos o porquê do fenômeno social do "hype" ser a ruína de muitos famosos (e anônimos).

18.5.21

O curiar não é considerar

17.4.21

Espanhol alega ser o único humano vivo em 2027 e pede ajuda na web

Javier mantém perfis no TikTok e no Instagram. Ele diz ter acordado seis anos no futuro e descoberto ser 'o último homem vivo'

Certo dia, ao despertar de sonhos intranquilos, Javier deu consigo na cama de um hospital de Valência, na Espanha, no ano de 2027. Jazia no mundo sozinho, como “o último homem vivo”. Essa é a ideia que um espanhol enigmático tenta transmitir por meio do TikTok e do Instagram, sob o perfil Único Sobrevivente.


Ainda não está claro se Javier encara esse universo alternativo como mera criação ou se realmente acredita ser a única testemunha do fim dos tempos. No entanto, o que fica perceptível logo de início — além da indestrutibilidade da internet e da rede de transmissão de energia elétrica — é o desejo do rapaz de retornar a 2021.

Entre vídeos que alternam ruas, estabelecimentos comerciais e praias vazias, ele aos poucos constrói a distopia que aparenta viver. Em uma postagem, Javier respondeu à pergunta de uma seguidora, que queria saber como ele foi parar seis anos à frente.

“Despertei sozinho em um hospital de Valência (Espanha). Não recordava meu nome nem de onde vinha. Decidi sair à rua. E não havia ninguém”, descreveu na legenda de um vídeo. “Tudo estava como em 2021, mas os aparelhos eletrônicos mostravam 2027.”

Enquanto tenta encontrar algum resquício de atividade humana nesse realidade, Javier também aproveita a disponibilidade de recursos, aparentemente sem custo ou proprietário. O espanhol já compartilhou passeios de Mercedes, barco e até com uma moto Ducati. Talvez não seja tão difícil encontrar as chaves dos veículos em um mundo sem ninguém.

Obviamente, toda essa história de “extinção humana”, vinda de alguém que compartilha conteúdos de 2027 em 2021, não cola para muitos internautas, que se dividem entre questionadores, oportunistas ou inconsequentes. Um deles, por exemplo, sugeriu que o rapaz queimasse uma viatura de polícia e filmasse. Enquanto outro pediu os números sorteados na loteria colombiana.

O mais recorrente entre os detratores é justificar o vazio da realidade de 2027, por meio dos bloqueios realizados para o controle do novo coronavírus. O administrador das contas se vira como pode para preencher lacunas e responder dúvidas — com o trunfo de que algumas coisas são demasiadamente absurdas para se adequarem ao encadeamento lógico usado por humanos em busca de razões.

Sobre flores frescas vistas em um cemitério durante uma gravação, por exemplo, Javier conta que a cada despertar, tudo muda de lugar. Como se as flores colocadas em algum dia do passado aparecessem no mundo não povoado do dia seguinte. Ainda não está claro, mas talvez essa seja a conexão que o permite se comunicar com a nossa realidade. Não faz sentido? Tanto quanto querer que um tiktoker alucinado justifique postagens embasado na física…

Acredite ou não nessa jornada, o espanhol anunciou recentemente que precisa de ajuda (ou engajamento). Em um vídeo com melodia dramática, Javier disse que já estava acostumado a ficar sozinho. Mas, precisa voltar a 2021 — sem entrar em detalhes do porquê — e pediu sugestões do que fazer.

Dentre as ideias mirabolantes que envolvem a Área 51 ou o Grande Colisor de Hádrons, uma delas se destaca pela objetividade: “Faça uma live e te ajudaremos”, disparou uma colega de TikTok.


Obrigado por visitar o Seja HOJE Diferente.

23.2.21

Como aconteceram as traições na pandemia?

Traições virtuais aumentaram exponencialmente durante a pandemia

O isolamento social aproximou muitos casais, mas também prejudicou outros tantos relacionamentos, fazendo com que diversas relações chegassem ao fim. Só o número de divórcios aumentou 54% entre os meses de maio e julho de 2020. 

Mesmo com restrições de mobilidade, as traições continuaram. Muitas pessoas recorreram aos casos extraconjugais para lidar com o medo, angústia, insegurança e perda de interesse pelo parceiro causados pelas incertezas da pandemia. 

De acordo com a plataforma líder em relacionamentos extraconjugais, Ashley Madison, o Brasil é o segundo país da lista com maior número de usuários. Mais de 4.000 pessoas se cadastraram no site, diariamente, durante a pandemia. 

34% dos entrevistados pela plataforma alegaram tédio durante a quarentena. Conseguir um novo affair, para eles, foi uma forma de se empolgar durante o isolamento. Além disso, 84% deles viram a traição como forma de autocuidado. 

Encontros virtuais

Para se adaptar à quarentena e manter casos extraconjugais, os infiéis tiveram que deixar as desculpas de viagens de negócios e reuniões fora do horário para trás. A saída foi apostar em sites, como oAshley Madison e Gleeden.  

As traições facilitadas pelo ambiente virtual mais do que dobraram durante a pandemia. Os infieis trocaram nudes e investiram no sexting, prática de sexo virtual por mensagens. 

As pessoas aproveitaram as saídas com o cachorro para acessar sites de encontros e fugir da vigilância dos pares. Os que não possuem pet apontaram o banheiro e a varanda como bons locais para buscar um parceiro extraconjugal virtual. 

Traição em espaços físicos

Os infiéis mais ousados e despreocupados com o isolamento encontraram nas idas ao supermercado, ou ao posto de combustível o momento certo para se encontrar com seus amantes. 

Os encontros extraconjugais, que costumavam durar toda uma noite nos móteis, agora duram alguns minutos. Eles acontecem em estacionamentos, ruas vazias, praças, parques, entre outros locais pouco movimentados por conta da quarentena. 

Investigação conjugal pode ajudar na descoberta de uma traição

Do outro lado da moeda existem os traídos. Muitas vezes, eles recorrem a uma investigação conjugal e contratam detetives particulares para descobrir se o parceiro ou parceira está cometendo traição. 

Vale ressaltar que a função de um detetive particular não é descobrir o porquê o parceiro ou parceira é infiel, mas sim reunir provas que comprovem a infidelidade, como beijos e toques íntimos em terceiros. 

Como os detetives particulares agem investigações virtuais

Detetives particulares também realizam investigações virtuais. Neste caso, o objetivo é  levantar informações sobre como os infiéis agem em ambiente digital, através do monitoramento de emails, redes sociais, computadores e celulares.

As investigações virtuais requerem um alto grau de cautela, já que o detetive pode ser descoberto se deixar rastros online. Para isso não acontecer, softwares de monitoramento são instalados no computador e celular dos investigados.

Dessa forma, o profissional pode monitorar constantemente as redes sociais  e mensagens trocadas em plataformas como o WhatsApp. 

Seja qual for a modalidade escolhida, uma investigação conjugal realizada por profissionais sérios e dedicados pode tirar as dúvidas daqueles que estão desconfiados de traições realizadas por parceiros ou parceiras durante a pandemia.

"Não deixe de conferir o infográfico produzido pela Detetive Daniele sobre Sinais de uma Traição, e tenha em mãos as principais informações sobre esse tema".

28.1.21

Morre Ygona Moura, influencer que se aglomerou e debochou da pandemia

Morre Ygona Moura nesta quarta-feira (27). 

A influencer ganhou fama após se aglomerar em festas clandestinas no Réveillon de debochar da pandemia do novo coronavírus.

Reprodução Divulgação - Crédito na Fonte de Informações

Há cerca de 10 dias ela deu entrada em um hospital com falta de ar e foi intubada em uma UTI em São Paulo logo em seguida. “Pessoal, perdemos a Ygona”, escreveu a mãe da influencer no Instagram que ela usava. A conta tem mais de 180 mil seguidores.

Mais cedo a mãe da influenciadora havia atualizado o boletim médico de Ygona. “Ainda está intubada e em coma. O quadro se mantém estável e sem nenhuma previsão. Continuamos firmes na fé”, escreveu. Quando ela foi levada à UTI a mãe assumiu a conta da filha e vinha publicando notícias sobre seu estado de saúde.

Ela ganhou destaque no começo do ano após passar o Ano Novo no Rio de Janeiro. “Aglomerei mesmo e recebi bem para isso. Hoje, estou aqui pela Tiradentes, estou caçando um baile, quero aglomerar de novo, estava morrendo de saudade de aglomerar”, debochou à época.


Nossos sentimentos do SHD aos familiares e amigos!

Que Deus a Tenha!

Obrigado por sua visita ao SHD Blog.

22.1.21

6 passos importantes para vender pela internet

Escolha de uma boa plataforma digital e criação de relação próxima com o cliente são importantes para vender bem nas redes.

Apesar de ser uma aliada para muitos empreendedores, capaz de oferecer todo um novo mercado para o seu negócio, a internet também é marcada pela alta concorrência. Afinal, ela permitiu que todo mundo tivesse um espaço a mais para crescer, o que facilitou a possibilidade de venda, mas tornou mais difícil se destacar.

Felizmente, algumas estratégias ajudam a impulsionar as vendas virtuais. Além de escolher uma plataforma de e-commerce personalizada e que dialogue bem com o seu cliente, é necessário prestar atenção em outros aspectos para conseguir vender bem na internet. Abaixo, conheça seis passos fundamentais nesse processo.

Invista em uma boa plataforma digital

Uma boa plataforma digital é um aspecto fundamental para as vendas on-line. É por meio dela que você irá disponibilizar os seus produtos e o cliente terá contato com a sua loja. Essa experiência precisa ser agradável para o usuário, pois quanto melhor ela for, mais ele estará inclinado a comprar.

Por isso, não hesite em investir em uma boa plataforma digital. Além da interface compatível com os clientes, que você pode personalizar para transmitir melhor o que a sua loja é, uma boa plataforma precisa ter fácil manuseio, facilitando o trabalho.

Dessa forma, lembre-se sempre de avaliar quais são as praticidades e as funcionalidades existentes na plataforma que você pretende escolher. Não se esqueça de certificar que ela seja segura, protegendo não apenas os seus dados, mas as informações dos seus clientes também.

Contrate profissionais para monitorar as vendas on-line

Além da qualidade do produto e de bons preços, o atendimento ao cliente precisa ser importante. Para facilitar esse processo, é necessário que você tenha funcionários capazes de acompanhar o andamento das vendas on-line.

Entre as atividades que precisam de atenção especial, estão o acompanhamento do desempenho do site e a resolução de dúvidas dos clientes sobre os produtos. Também é necessário observar as interações nos canais da empresa, como sites, redes sociais e e-mail marketing.

Tenha uma equipe de marketing

Hoje, o sucesso de vendas na internet está associado a um bom plano de marketing em sua empresa. É necessário que você tenha uma boa equipe de comunicação que entenda o assunto à sua disposição, uma vez que o marketing de conteúdo funciona como uma “isca”: você produz algo que atrai o público a conhecer sua loja e seu produto.

A ideia é que você gere conteúdo, seja por postagens de textos em blog ou vídeos, que possam ser relacionados a sua área de atuação. Converse com sua equipe e estude quais dúvidas, assuntos ou tópicos podem gerar um conteúdo agregador, capaz de interessar o seu potencial público-alvo, permitindo que ele conheça o seu negócio.

Conheça o seu mercado

Compreender o mercado do seu empreendimento e a sua concorrência é outro passo importante. Você precisa saber qual é a dinâmica dele, quais são os pontos fortes e fracos, identificando possibilidades de estratégias e ações que podem distinguir o seu empreendimento dos demais.

O bom conhecimento de mercado também ajuda você a precificar os seus produtos e serviços da maneira correta, com um valor que esteja dentro da realidade. Fique atento a isso para não estipular um custo surreal.

Saiba qual é o seu público-alvo

Tão importante quanto a sua concorrência é o conhecimento sobre o seu público, uma vez que saber para quem você vai vender é a chave do sucesso. Discuta com sua equipe estratégias que podem ser utilizadas para conhecer os desejos e as preocupações da persona que você quer atender.

Somente assim você saberá o que as pessoas aspiram e pode encontrar um produto que sane o problema ou o desejo que o cliente tem.

Não se esqueça do pós-venda

Na internet, é necessário que você preste atenção nos seus clientes após conseguir realizar a venda do seu produto. A opinião deles sobre o item e a experiência no processo (navegação pelo site, tempo, condições de entrega, atendimento para resolver dúvidas, etc) deve ser ouvida e valorizada.

O ideal é que você planeje ações para que possa ter um feedback deles sobre esses aspectos. Um exemplo é enviar um e-mail perguntando sobre o que ele achou do produto, pedindo por uma avaliação, além de uma caixa para comentários ou sugestões.

Quanto mais essa relação for estreitada, e o cliente sentir que sua opinião está sendo ouvida e considerada, maiores serão as chances dele repetir uma compra na sua loja futuramente. Não deixe esse aspecto de lado se você deseja construir uma boa base de consumidores.

16.12.20

Assassino do Twitter' que guardava cabeças de vítimas é condenado à morte no Japão

Um homem que assassinou nove pessoas e guardou suas cabeças depois de contatá-las pelo Twitter foi condenado à morte, em um caso que chocou o Japão.

Takahiro Shiraishi, apelidado de "assassino do Twitter", foi preso em 2017 depois que partes de corpos foram encontradas em sua casa.

O rapaz de 30 anos admitiu ter assassinado e esquartejado suas vítimas - quase todas mulheres jovens que ele conheceu pela rede social.

A série de assassinatos gerou debates sobre como o suicídio - um interesse supostamente comum a todas as vítimas - é discutido online.

Segundo a imprensa local, mais de 400 pessoas apareceram para assistir ao veredicto, dado nesta terça-feira (15). O tribunal, no entanto, tinha apenas 16 assentos disponíveis para o público.

O apoio popular à pena de morte continua alto no Japão, um dos poucos países desenvolvidos a manter a pena de morte.


Como ele encontrava as vítimas?

Shiraishi usou o Twitter para atrair mulheres com tendências suicidas para a sua casa. Ele dizia que poderia ajudá-las a morrer e, em alguns casos, disse que se mataria ao lado delas.

Ele estrangulou e esquartejou oito mulheres e um homem, todos entre 15 e 26 anos. Os crimes aconteceram entre agosto e outubro de 2017, informou a agência de notícias japonesa Kyodo, citando a acusação.

Os assassinatos vieram à tona pela primeira vez no Halloween de 2017, quando a polícia encontrou partes de corpos no apartamento de Shiraishi na cidade japonesa de Zama, perto de Tóquio.

A mídia japonesa chamou o lugar de "casa dos horrores" depois que os investigadores descobriram nove cabeças junto a um grande número de ossadas com braços e pernas escondidos em refrigeradores e caixas de ferramentas.

O homem de 27 anos teria dito que retirou a carne dos corpos e cobriu as partes restantes com areia de gato para escondê-las.

O que aconteceu no julgamento?

Promotores pediram a pena de morte para Shiraishi, que admitiu ter matado e esquartejado suas vítimas.

Mas os advogados de Shiraishi argumentaram que ele seria culpado por uma acusação menor de "assassinato com consentimento", alegando que as vítimas haveriam dado permissão para serem mortas.

As nove vítimas de Shiraishi incluem três estudantes do ensino médio - a mais jovem com 15 anos - uma estudante do sexo feminino, quatro mulheres e um homem na casa dos 20 anos.

O único homem do grupo foi morto depois de confrontar Shiraishi sobre o paradeiro de sua namorada, informou a mídia japonesa.

Shiraishi mais tarde contestou a versão de sua própria equipe de defesa e disse que matou sem o consentimento das vítimas.

Na terça-feira, o juiz que deu o veredicto disse que "nenhuma das vítimas concordou em ser morta".

"O réu foi considerado totalmente responsável", disse Naokuni Yano, noticiou o jornal The Straits Times.

Qual foi o impacto do caso?

O pai de uma vítima que tinha 25 anos disse ao tribunal no mês passado que "nunca perdoará Shiraishi, mesmo se ele morrer", segundo a emissora japonesa NHK

"Mesmo agora, quando vejo uma mulher da idade da minha filha, eu a confundo com minha filha. Essa dor nunca vai embora. Devolvam ela para mim", ele disse.

Os assassinatos chocaram o Japão, desencadeando um novo debate sobre sites onde o suicídio é discutido.

15.12.20

Aquele Rock Rádio Online

A Rádio Aquele Rock, surgiu a partir de sua página no Facebook. 

Com um crescimento surpreendente, a página logo se tornou uma das maiores páginas de Rock do Brasil, e uma das maiores do mundo. 

Atualmente são mais de 4 milhões de seguidores que curtem e compartilham o melhor do Rock Nacional e Internacional.


Com o aumento de seguidores, surgiu também a ideia de disponibilizar Rock para os seguidores 24h por dia/sete dias na semana, sem interrupções! nascia assim a Rádio Aquele Rock. 

A Rádio atualmente, é uma das maiores audiências das Web Rádios no segmento Rádio Rock, com aumento significativo mês após mês.

Para manter a qualidade de transmissão, estaremos disponibilizando um novo Aplicativo para as plataformas: Android, IOS e Windows Phone. A previsão é que os app’s estejam no ar nas primeiras semanas de 2020. Assim que os mesmo estejam disponíveis, avisaremos em nossas redes sociais.

Para acessar a Rádio através do navegador clique aqui.

Obrigado por visitar o SejaHojeDiferente.com

2.12.20

Conheça a Rapunzel japonesa não corta o cabelo há 15 anos

Rin, que nasceu em Tóquio, nunca teve permissão para deixar o cabelo crescer quando criança. Ela estava no time de futebol feminino, então teve que ser curta, mas quando ela se tornou adulta, decidiu assumir o controle do seu cabelo e usá-lo como uma “arma de expressão”. 


A última vez que ela cortou o cabelo foi há 15 anos, e agora seus cabelos pretos e lisos está na altura dela, até mais do que a própria Rin. Embora seu cabelo às vezes atrapalhe nas tarefas mais simples, como trocar de roupa, a dançarina e modelo japonesa disse que ama seu longo cabelo, acrescentando que ela e a “beleza da Ásia”.  

Apesar das críticas, Rin Kambe considera seu cabelo “uma coisa linda” e não tem planos de cortá-lo tão cedo. Tornou-se uma “arma de expressão” para ela até encontrou maneiras de incorporá-lo em suas rotinas de dança. 


Um forte abraço!

28.11.20

Saiba quais são os digitais influencers que podem ensinar você sobre economia

Em um momento em que as redes sociais e os influencers estão cada vez mais presentes na vida das pessoas, por que não utilizar desses momentos de acesso às redes para aprender sobre diversos assuntos?

No mundo da economia e de finanças diversas são as dúvidas entre aqueles que estão começando no ramo e até mesmo os um pouco mais experientes. Qual será o melhor tipo de investimento? Será que fundos de fundos vale a pena? Como poupar para os objetivos?

Essas são algumas das muitas perguntas comuns no dia a dia das pessoas e cada vez mais respondidas por influencer em suas redes. Pensando nisso, reunimos alguns nomes do mundo da internet para você conferir!

Nathalia Arcuri

Se você já pesquisou sobre finanças nas redes sociais, certamente você já ouviu esse nome. Nathalia Arcuri é jornalista e uma das maiores influencers do ramo de finanças no Brasil.

A jornalista dona do canal “Me Poupe” no Youtube conta com mais de 5,44 milhões de inscritos nessa rede e mais de 1,4 milhões de seguidores do @mepoupenaweb no Instagram. Além disso, ela também utiliza seu perfil pessoal para compartilhar dicas sobre investimentos e dinheiro.

A influencer já até mesmo participou de um reality show na TV para ajudar pessoas endividadas a pagar as suas contas e tem um livro lançado com o nome “Me Poupe – 10 passos para nunca mais faltar dinheiro no seu bolso”.

A youtuber já ganhou prêmios brasileiros e foi a única influenciadora brasileira a participar do Fórum Econômico Mundial 2019. Em seus perfis, com humor e linguagem simples, ela passa informações sobre orçamento, investimentos e dá até cursos sobre o tema. Vale a pena acompanhar!

Nath Finanças

Entender de finanças e organizar seu orçamento e investimento não é apenas para aqueles que possuem muito dinheiro. E é justamente para o público de Baixa Renda que Nath Finanças - @nathfinancas se coloca.

Intitulada como “orientadora financeira para baixa renda” dá dicas desde auxílio emergencial, FGTS até investimentos, siglas, planejamento para orçamento e muitos temas importantes para todos aprenderem.

Com canal no youtube e perfil no Instagram, Nath Finanças é, sem dúvida, um perfil importante para se acompanhar!

Jamil Amin

Dono do perfil @mestre_milionario, Jamil Amin é investidor desde 2006 e compartilha dicas de investimentos para todos, inclusive para aqueles que conhecem pouco ou nada sobre o tema.

Esse perfil é excelente para quem está começando a investir e quer aprender a diferenciar oportunidades e vantagens para seu dinheiro trabalhar para você.

Além de dicas, o investidor analisa diversas empresas e bancos e dá comparações importantes para que o seguidor entenda como o dinheiro pode trabalhar em diferentes locais.

Rafael Seabra

Autor do best-seller “Quero ficar rico: Tudo o que você precisa saber sobre dinheiro e criação de riqueza em 60 minutos”, Rafael tem um Instagram chamado @queroficarrico e mantém um canal no Youtube.

O especialista em educação financeira e investimentos é referência na área e leva muitos conteúdos para aqueles que querem acompanhar sobre o tema em suas redes sociais.

Rafael fala sobre diversos tipos de investimentos, ações, acompanha o mercado financeiro e dá importantes visões para seus seguidores a respeito do tão importante tema: dinheiro.

Gabriela Mosmann

A economista e investidora Gabriela Mosmann - @gabrielamosmann tem mais de 100 mil seguidores para quem compartilha seu conteúdo sobre finanças e educação financeira. Com dicas de vídeos, livros, podcasts, e-books e diversos conteúdos ricos, a proposta da influencer é ensinar os seguidores a cuidarem do seu dinheiro.

Carol Sandler

Dona de um dos perfis que mais engajam no Instagram, Carol Sandler cria conteúdos para o Finanças Femininas - @financasfemininas. O conteúdo é compartilhado, principalmente, sobre independência financeira da mulher e é repleto de dicas, materiais e ensinamentos sobre temas importantes do mundo do dinheiro.

Além de Instagram, Carol tem canal no Youtube com vídeos sobre investimentos, organização financeira, orçamentos, formas de poupar e muitos temas interessantes para colocar a vida financeira em ordem.

A influencer também é colunista na revista Cláudia e no E-Investimento, do Estadão, apresenta o podcast “Meu dinheiro, minhas regras” e autora dos livros “Dinheiro nasce em árvore?” e “Detox das Compras”. Certamente vale a pena acompanhar!

Aprender sobre economia e finanças é muito importante e, melhor ainda quando isso é feita de forma leve e inserida no seu dia a dia e checagens às redes sociais. Você já segue algum influencer sobre o tema? Aproveite nossas dicas e acompanhe agora mesmo esses especialistas!

27.11.20

Qual é a melhor rede para potencializar um e-commerce de roupas?

As redes sociais são ótimas aliadas para potencializar um e-commerce, devido à sua ampla presença na internet e seu crescimento cada vez maior entre os usuários.


Para termos uma ideia, existem mais de 90 milhões de páginas comerciais no Facebook e 25 milhões de perfis no Instagram. Isso sem contar as outras plataformas, como o Pinterest e o Twitter.


Além disso, cerca de 73% dos usuários acessam o Instagram justamente porque a rede tem uma excelente interação com as marcas. Ao mesmo tempo, 42% das pessoas compram online e 24% visitam o perfil da loja antes de ir até o estabelecimento físico.


No ramo de vestuário, ter uma sólida presença nas redes é ainda mais importante, devido à própria dinâmica dessas plataformas, com um forte apelo imagético. Dessa maneira, fica fácil divulgar os produtos, aumentando as chances de venda.


No artigo de hoje, conheça qual é a melhor rede para potencializar um e-commerce de roupas e saiba como usar o marketing digital da melhor forma para o seu negócio. Acompanhe a leitura!



Em primeiro lugar, saiba como agir

Antes de sair divulgando a sua camisa time futebol infantil personalizada da loja de roupas virtual, é necessário saber como agir nas redes. Afinal de contas, o usuário não leva em conta só a presença do e-commerce nessas plataformas, mas a maneira como a marca age digitalmente.


De acordo com pesquisas em marketing, existem algumas ações que podem contribuir com a melhor recepção da sua empresa pelo público. São elas:


  • Produção de conteúdo relevante nas redes;
  • Uso de imagens com qualidade;
  • Interação com o seguidores;
  • Ter ofertas, promoções e sorteios;
  • Compartilhar os conceitos visuais da marca;
  • Oferecer conteúdos exclusivos.

Importante dizer que as redes sociais também funcionam como canais de comunicação entre o público e loja. Por esse motivo, é interessante responder os usuários quando eles comentarem uma publicação, bem como no contato direto por mensagens privadas.


Ademais, o seu e-commerce deve ter uma identidade visual. Sendo assim, use o mesmo logo para as sacolas ecobag personalizadas, tendo uma integração das redes sociais com o marketing tradicional.

Mas qual rede social usar para divulgar a loja virtual?

Não há uma resposta certa para essa pergunta. Afinal, a escolha da rede irá depender fundamentalmente das preferências do seu público-alvo, sendo importante escolher a plataforma onde o seu cliente está.


Por essa razão, é fundamental realizar uma pesquisa de mercado para descobrir quais são as redes mais usadas pela audiência.


No entanto, no ramo da moda, algumas plataformas já são bem consagradas e podem ser usadas pela sua empresa. A seguir, conheça quais são elas:

1 - Facebook

O Facebook é a rede social mais popular do mundo. Só no Brasil, a plataforma concentra mais de 130 milhões de usuários - não é à toa que o nosso país ocupa o terceiro lugar no ranking entre as nações que mais usa o Facebook, perdendo apenas para Índia e EUA.


Além da popularidade e do alto engajamento, o canal também funciona como um excelente marketplace, pois há a opção de vender produtos diretamente por lá.

2 - Instagram

O Instagram é a segunda rede social mais popular do mundo e, nos últimos anos, o seu crescimento foi exponencial.


Devido ao forte apelo imagético, a plataforma é ótima para os e-commerces de roupas, pois é possível divulgar uma peça, além de mostrar os bastidores pelos Stories.


Assim, os seus seguidores podem acompanhar o passo a passo de como a loja coloca um adesivo lacre, por exemplo.


Outro recurso interessante é o Instagram Shopping, que marca os produtos diretamente na publicação, encurtando a jornada de compras do cliente. Essa funcionalidade é uma das preferidas das lojas de roupas.

3 - Tik Tok

O Tik Tok é uma rede social bem recente, mas que já se espalhou para todo o mundo, conquistando milhões de seguidores. O foco da plataforma é a produção de vídeos humorísticos, com alto potencial viral.


Para os e-commerces de roupas, o Tik Tok é um excelente canal para encontrar influenciadores. Assim, a marca pode enviar peças em uma sacola kraft lisa, em troca de divulgação. Essa estratégia é ótima para conquistar novos clientes.

Conclusão

As redes sociais se tornaram indispensáveis para qualquer negócio que deseja ter uma boa presença online. Dinâmicas e intuitivas, elas são usadas pela maioria dos usuários.


Por esse motivo, é fundamental investir em uma boa estratégia de marketing nas redes sociais para conquistar seguidores e expandir sua marca.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

GeraLinks - Agregador de links