Mostrando postagens com marcador O que é:. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador O que é:. Mostrar todas as postagens

19.1.22

Saiba o que são ações exponenciais e como aproveitá-las


Investir em ações exponenciais é uma ótima opção para quem procura oportunidades de renda variável.

O grande objetivo de quem busca por essa fonte de renda é a obtenção de retornos financeiros que estejam acima da média.

Na bolsa de valores, as ações exponenciais são as maiores oportunidades para investimento, uma vez que contam com a capacidade de elevar o capital investido de forma exponencial.

Neste artigo abordamos definições, exemplos e dicas para identificar as ações exponenciais, assim você pode aprender mais sobre o assunto. Leia até o fim e confira.

O que são ações exponenciais?

Ações exponenciais são aquelas que permitem a maior rentabilidade dos valores investidos devido ao aumento das suas cotações na bolsa de valores.

Em outras palavras, são aquelas ações que contam com os maiores potenciais de multiplicar o capital investido, de forma exponencial, como de empresas de sistema de gestão integrada, que abriram seu capital.

O crescimento na cotação está diretamente ligado a lei da oferta e da demanda, na qual se tem poucos investidores com intenção de vender suas ações, ao passo que se tem muitos a procura de adquiri-las.

Isso cria uma baixa oferta no mercado, o que, por sua vez valoriza estas ações, o que se acumula periodicamente.

Dessa forma ocorre a multiplicação do valor dos papéis acionários por várias vezes, havendo assim um efeito duradouro. Veja:

  • Retorno de 200%, quando se multiplica por 3;
  • Retorno de 400%, quando se multiplica por 5;
  • Retorno de 900%, quando se multiplica por 10;
  • Retorno de 1.900%, quando se multiplica por 20.

São ganhos interessantes, assim como a aquisição de uma cota contemplada em uma boa escolha de consórcio, seja ele contemplado, de investimentos ou imobiliário, opções disponíveis no mercado.

Com essa possibilidade de ganhos, a busca por ações que contenham um potencial exponencial se torna o objetivo de muitos investidores de sucesso.

Neste ponto vale chamar a atenção para o fato de que é preciso estar sempre atento quando se busca este tipo de negócio, pois é muito comum que agentes financeiros vendam promessas de ganhos exponenciais, ainda que não o sejam.

Isso é muito comum na comercialização de ações das Small Caps, empresas pequenas com uma menor capitalização no mercado.

Tenha cuidado com promessas. É importante que o investidor conheça a origem das ações, afinal por trás de cada uma delas existe uma empresa real atuando no mercado e na economia, com dinâmicas próprias, faturamento, lucro, despesas e custos.

Levante estas informações e esteja atento às tendências do mercado, assim como questões tributárias, como assessoria fiscal e de tributos.

Boas ações exponenciais são provenientes de empresas com grande potencial de crescimento.

É o crescimento da empresa e o aumento dos lucros que atraem a atenção dos investidores, valorizando as ações.

É exatamente esse processo que age sobre o valor dos papéis financeiros, levando ao aumento de suas cotações.

Exemplos práticos de ações exponenciais

A melhor maneira de compreender o tema é conhecendo alguns exemplos reais que se destacaram na bolsa de valores brasileira.

Pontuamos a seguir 4 exemplos, considerando a multiplicação dos pontos do Ibovespa (Índice Bovespa). Confira. 

  1. Unipar

A Unipar Carbocloro (UNIP6) é o nosso primeiro exemplo de uma multiplicação exponencial na bolsa de valores.

Trata-se de uma fabricante do setor de químicos, com um enfoque em soda e cloro, que em meados de 2012 passou por um período desafiador, no entanto, passado esse período, nos próximos 9 anos teve suas ações multiplicadas por mais de 5.000%.

Isso significa que cada ação teve uma rentabilidade financeira de aproximadamente 100% ao ano durante esse período. Ou seja, a cada 12 meses, o capital investido dobra.

Uma das ações que podem levar ao crescimento do negócio é uma boa assessoria fiscal, investimento estratégico que fornece orientações seguras sobre o melhor enquadramento tributário e quais as possibilidades legais para a redução de impostos. 

  1. Magazine Luiza

A Magazine Luiza (MGLU3) também se destacou, passando também por um período de crise, entre 2013 e 2015.

Após esse período as ações da empresa de móveis, eletrodomésticos e eletroeletrônicos, fundada por Luiza Trajano, multiplicaram-se por mais de 70.000%: em pouco mais de 5 anos houve uma multiplicação de mais de 700 vezes.

Isso significa que R$1.000,00 investido na empresa teve um lucro exponencial, saltando para R$700.000,00.

Ao iniciar um negócio, buscar uma boa assessoria para abertura de empresa SP pode lhe trazer uma série de orientações, dando o melhor direcionamento para que sua empresa agregue cada vez mais valor.

  1. Ferbasa

Desde a criação do Plano Real em 1994, uma das ações que mais se multiplicaram estão as da Ferbasa (FESA4), destacando-se entre as demais companhias.

Também chamada Cia Ferro Ligas da Bahia, essa empresa sediada em Pojuca, Bahia, contou com um retorno de mais de 70.000%, ou seja, também uma multiplicação de mais de 700 vezes sobre o capital investido.

A legalização societária é outro ponto importante na valorização e no crescimento de uma empresa, de forma que todas as exigências burocráticas precisam ser atendidas para isso.

  1. PetroRio

A PetroRio (PRIO3) é outro exemplo que sofreu uma multiplicação exponencial após passar por um processo de turnaround.

Fala-se em turnaround quando ocorre uma mudança no desempenho da organização, de forma a inverter o que está em declínio para o crescimento.

E esse crescimento de 2015 a 2021 levou a uma grande explosão na bolsa de valores brasileira.

Identificando uma ação exponencial

Certamente vendo essas valorizações que citamos nos exemplos e potenciais de crescimento na bolsa de valores como estes, a principal pergunta que deve estar passando por sua cabeça é como identificar uma ação exponencial.

Já demos dicas como a contratação de bons serviços de contabilidade para uma empresa se valorizar, mas do ponto de vista do investidor, como encontrar as melhores escolhas?

A grande verdade aqui é que não existe uma fórmula secreta ou uma resposta pronta para esta pergunta.

O meio mais certeiro é estudar minuciosamente as empresas e o mercado, encontrando assim aquelas que contam com maior potencial de valorização.

Dois dos principais atributos que devem ser analisados criteriosamente é o potencial de crescimento e o valuation. A seguir explicaremos melhor estes conceitos.

Potencial de crescimento

O potencial de crescimento é fundamental para uma análise de quais serão as ações que se tornarão exponenciais na bolsa de valores.

Como explicamos, é o crescimento do negócio que define a multiplicação na cotação de suas ações.

A médio e longo prazo são justamente os resultados apresentados que ditarão qual será a direção dos preços das ações.

É justamente ao analisar esse ponto que leva investidores a buscar opções nas small caps, pois contam um menor valor de mercado (market cap), mas muitas possuem um bom potencial de crescimento.

Nesse sentido existem três importantes vias que devem ser consideradas: o crescimento no setor, o ganho de mercado (market share) e o aumento do PIB (Produto Interno Bruto).

Analisando em conjunto estas vias de crescimento, é possível aferir sobre o potencial de crescimento de uma companhia.

Valuation

O valuation de uma empresa é outro ponto fundamental para se encontrar ações exponenciais.

É esse parâmetro que permite a comparação do valor da empresa com o preço de mercado da mesma.

O valuation é o valor de quanto uma empresa vale, considerando fundamentos e parâmetros próprios para o cálculo.

Quando esse valor é muito superior ao preço da ação no mercado, é um indicativo de uma grande oportunidade para investimento.

Além disso, o valuation também é um dado importante para evitar armadilhas no que tange algumas empresas de alto crescimento.

O que ocorre aqui é que em alguns casos os papéis de ações dessas empresas já estão sendo negociados a preços altos, em que já estão precificados fatores como o crescimento esperado.

Dessa forma se tem uma redução no potencial de ganho do investidor. E é exatamente por isso que se deve estar sempre atento. 

Considerações Finais

Neste artigo você aprendeu mais sobre o que são as ações exponenciais, aquelas que possuem alto potencial de multiplicação do investimento realizado.

Para encontrar boas oportunidades na bolsa de valores é preciso conhecer a empresa por trás dos papéis que se visa adquirir.

Para empresas de capital aberto que buscam se destacar no mercado e serem as responsáveis por ações exponenciais, contar com um boa consultoria tributária é uma forma de valorizar seu negócio.

Os parâmetros mais básicos para serem analisados ao buscar oportunidades é o potencial de crescimento e o valuation de uma organização.

Fazendo escolhas conscientes e bem fundamentadas, certamente você terá um ótimo rendimento na renda variável.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

17.1.22

Small caps: o que são e porque essas ações são consideradas as mais rentáveis


Ao procurar investir em algum tipo de companhia é fácil para o indivíduo apostar em grandes companhias, visando a relevância e segurança que essa empresa já estabelecida no mercado oferece. Contudo, existem outras opções, como as small caps.


Cabendo então ao investidor procurar por uma aposta de mercado que melhor se adequa aos seus objetivos a curto, médio ou longo prazo, além da renda disponível para investimentos por parte dessa pessoa, o que irá ajudar em sua definição de mercado.


Pois quando se trata de uma pessoa que dá os seus primeiros passos nesse universos de investimentos, pode ser mais vantajoso apostar nessas citadas companhias de grande porte, como grandes monopólios do ramo de tecnologia ou até mesmo do entretenimento.


Por outro lado, quem possui uma renda mais variada pode se dar o benefício de tomar algumas atitudes mais arriscadas, ao que se refere a procura por consultoria tributária, existindo a opção de investir em companhias novas, de menor porte.


Isso acontece diante uma maior possibilidade de se poder arriscar com o seu capital financeiro, afinal, nesses casos uma pequena perda pode não ser tão impactante para o indivíduo, diferente de alguém que vê todo o seu dinheiro aplicado em um só investimento.


E assim como é possível perder uma quantia significativa ao apostar suas aplicações em uma companhia de menor tamanho, é possível também lucrar de forma inimaginável, diante o crescimento dessa empresa, o que fará suas ações iniciais ganharem maior valor.


Fazendo com que um investimento que começou por um valor baixo de mercado, possa se tornar um dos grandes negócios dentro da sua rede de investimentos, a partir da relação de custos e ganhos relacionados neste projeto de aplicação de capital.


Uma situação positiva a ser analisada pelos responsáveis por cuidar dos serviços contábeis da sua empresa e das suas finanças, verificando a proporção que esse investimento inicial de pequeno porte pode alcançar dentro do mercado financeiro.


Essa aposta de mercado que cresce dentro do ambiente de aplicações, conhecidas como small caps.

O que são as small caps?

As small caps podem ser definidas como um conjunto de ações referentes a empresas de valor de capitalização baixo, se comparadas com os nomes gigantes que estão presentes no mercado, como empresas de tecnologia, transporte ou petróleo, por exemplo.


Apesar de lidarem com um valor inferior se comparadas às ações de grandes grupos do mercado, a quantificação das small caps passa por uma média de grupos de ações com valor entre 300 milhões a 2 bilhões de reais.


Números impressionantes, mas baixos se comparados a outros nomes fortes presentes dentro do mercado de investimento e aplicações, sendo ações associadas a empresas de pequeno e médio porte, independente do seu sucesso comercial.


Podendo estar associadas a companhias que se adequam, por exemplo, ao sistema de serviços de contabilidade, voltado a empresas com destaque ao ramo financeiro, onde sua taxação está diretamente ligada ao crescimento econômico do empreendimento.


Uma taxação de tributos diferenciada daquela seguida por grandes conglomerados, que lidam diariamente no mercado com um valor inestimável de investimento, o que aumenta sua valorização no mercado, assim como a precificação de suas ações.


De certa forma, as small caps lidam com tópicos de desconfiança por parte dos investidores, sendo possível destacar outros pontos além do rendimento menor dessas empresas pequenas, ao entrarem em comparação com grandes títulos do mercado.


Entre esses tópicos pouco atrativos, vale citar a baixa capitalização desse grupo de ações, além do menor valor de mercado dentro da bolsa de valores. Um conjunto de fatores que parece tornar impensável a decisão de investir nas chamadas small caps.


Contudo, existem pontos que podem fazer dessa aplicação algo positivo para o seu leque de opções para investimento, algo a ser estudado pelo escritório que presta serviços de consultoria contábil e fiscal para a sua empresa ou aplicação pessoal.


A partir de uma análise capaz de destacar o investimento em small caps como um negócio seguro e atrativo para o crescimento das suas finanças.

Por que apostar nas small caps?

A resposta para essa indagação está associada está à aplicação a longo prazo que pode ser alcançada ao se investir nesses projetos de menor porte, visando um lucro futuro, que pode ser potencializado de acordo com o crescimento a ser atingido por tal companhia.


Sendo um sistema parecido ao adotado pelos chamados investidores-anjo, que arrisca aplicar o seu capital financeiro em algum projeto que demonstrar ter futuro no mercado, com o intuito de lucrar com esse palpite comercial, visando o sucesso de tal projeto comercial.


Quanto maior for a valorização dessa empresa no mercado, resultado principalmente do reconhecimento que essa companhia passa a ter junto ao seu público, estando diretamente associado a retribuição financeira dessa audiência, maiores serão os seus resultados.


Aumentado proporcionalmente o valor das ações associadas a tal investimento, permitindo a adoção de ações que podem proporcionar um crescimento ainda maior para essa companhia, como na aplicação de um sistema de força de vendas.


Sistema esse voltado à automação do processo de vendas, capaz de otimizar as ações comerciais de uma empresa, ao apresentar um atendimento diferenciado ao seu público. Tudo a aumentar o reconhecimento dessa empresa até então de menor valorização.


Assim, é possível associar o investimento em small caps como uma aplicação ao seu futuro, no qual será possível desfrutar em um ponto distante dos lucros envolvidos em uma ação que depende de paciência e observação por parte do investidor.


Caminhando por uma trajetória diferente, se comparada ao caráter mais imediato que muitos investidores procuram ao aplicar o seu capital, com as small caps destacando-se como um meio de valorização do seu patrimônio, porém a longo prazo.


Apesar dessa ação positiva, é preciso reconhecer que investir em small caps de fato pode ser uma atitude arriscada, dependendo do mercado comercial ao qual está sendo investido, pois existem riscos a serem analisados antes de iniciar esse tipo de aposta financeira.

Riscos presentes em tais aplicações

Existem certos perigos ao se investir em um grupo de ações de menor valorização no mercado, principalmente ao se falar de empresas que não apresentam um plano de crescimento futuro, sem adotar por exemplo um sistema de gestão de ativos.


Por meios de riscos que pode ser sinalizados entre:


  • Menos estabilidade no mercado;
  • Baixa liquidez;
  • Maior probabilidade de serem atingidas por uma crise;
  • Lenta recuperação após um período de instabilidade.

Essas questões acabam também por ser responsáveis pelo menor valor de mercado dessas ações, o que coloca os seus preços em uma média menor dentro do setor financeiro.


Situação que pode ser atrativa para pequenos investidores, com pouco capital a ser aplicado dentro desse mercado e investimento, contudo, é preciso ter atenção ao tipo de ação adotada, pois em caso de falência, todo o seu investimento acaba junto da empresa.


Assim como também é possível alcançar uma posição mais privilegiada, caso essas small caps estejam associadas a uma empresa que demonstra um grande potencial de crescimento, fazendo sua aplicação inicial multiplicar-se de forma proporcional.


Como uma empresa de segurança, que oferece produtos como auditoria blindagem segurança, que encontram uma procura cada vez maior na sociedade, diante dos níveis de insegurança atual da sociedade, que acaba por influenciar na procura por tais serviços.


Ou seja, a principal dica para quem busca apostar em small caps é se informar sobre a situação da empresa, assim como a relação que o mercado e a sociedade possuem diante dos serviços oferecidos por essa companhia em questão a ser investida.

Como encontrar as melhores oportunidades

Quem busca atuar como um investidor precisa ter um certo talento ao colocar suas fichas em uma aposta específica, em algo que se aproxima ao mercado e jogos de azar, com a diferença de que se trata de um negócio legal e positivo ao mercado.


Pois muitas empresas conseguem expandir suas atividades justamente ao contarem com essa aposta externa por parte dos investidores, que acabam sendo recompensados ao aplicarem o seu capital na empresa correta, que apresenta chances de crescimento.


Logo, para se certificar que você está fazendo a aposta correta no mercado, é indicado estudar a fundo a situação dessas companhias, a demanda do mercado por esse tipo de serviço, além de outras questões que podem influenciar no sucesso da mesma.


E quando se trata de empresas de origem estrangeira, é importante recorrer aos serviços de tradução técnica, para que não exista nenhum ruído de comunicação no que se refere às atividades e dados referentes a esse grupo de atuação internacional.


Com base nessas ações, é possível confirmar que o seu investimento pode alcançar os melhores resultados possíveis, seja a curto, médio ou longo prazo, dependendo do tipo de aplicação que você procura.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

17.11.21

Open Banking: o que é e como otimizar as suas operações financeiras


Com o avanço das tecnologias, os mais diversos mercados passaram a contar com um número diverso de possibilidades, através de ferramentas, estratégias e até mesmo produtos baseados em tecnologias. O Open Banking é a novidade do mercado financeiro.


Isso acontece porque o mercado econômico e de soluções financeiras, visto como um dos mercados mais tradicionais na sociedade, também encontra-se em frequente renovação, utilizando das ferramentas disponíveis para trazer melhores soluções ao público.


O que pode ser visto com a própria definição sobre o que a sociedade identifica como dinheiro, ou como algo de valor fiduciário, ou seja, objetos que contêm em si algum tipo de valor por representarem uma certa quantia monetária.


É o mesmo conceito por trás da definição do papel moeda e de outras aplicações utilizadas durante alguma negociação, como cheque, o uso do cartão de crédito, entre outras soluções financeiras a serem analisadas por uma consultoria tributária de uma empresa.


E junto a essas mudanças, a de maior destaque nos últimos anos para o mercado financeiro é a questão da digitalização do dinheiro, com as moedas digitais, conhecidas como criptomoedas, posicionando-se como algo a se observar no mundo.


Mas além desse tipo de moeda, existe um conceito mais simples de compreensão, que são as transferências digitais, onde o dinheiro é colocado em circulação sem ao menos precisar se movimentar de forma presencial, com a troca de cédulas e moedas.


Algo cada vez mais comum graças aos aplicativos bancários, permitindo que o cliente de um banco acesse sua conta, realize transferências e pagamentos diretamente do seu celular, ou de qualquer aparelho digital ao qual esse usuário tenha acesso.


Sendo esse novo modelo de transações comerciais algo a ser analisado por um escritório de contabilidade e consultoria, que busca apresentar soluções para os seus clientes, baseados nas novas possibilidades que estão sendo adotadas pelos consumidores.


E quando se fala em soluções financeiras, as instituições bancárias também passam a contar com uma nova estratégia, permitindo a elas não só terem um maior acesso aos dados pertencentes aos clientes, mas também uma maior proteção sobre tais informações.

Como funciona o Open Banking?


O Open Banking é um conceito que trabalha com operações a nível mais esclarecidos, justificando a origem desse termo em inglês, a ideia de um “banco aberto”. Porém, não é como se suas transações pessoais fossem liberadas ao público, não se preocupe.


O que de fato fica em aberto são as responsabilidades e os dados de transação utilizados pelas instituições financeiras entre si, facilitando a todas ter acesso a um maior contato com os dados referentes aos seus clientes, permitindo uma análise profunda sobre os mesmos.


Tudo para que seja ofertado aos usuários desses bancos um conjunto amplo de possibilidades econômicas, passando por empréstimos bancários, financiamentos ou apoio econômico durante o processo de abertura de empresa simples.


Ao criar uma base de dados conjunta entre as entidades financeiras, a ser compartilhado por essas empresas que atuam no ramo, é possível para a mesma definirem melhores estratégias na captação e retenção de clientes associados à sua instituição.


E para o lado dos usuários, as soluções tornam-se exponencialmente maiores, com diferentes bancos tendo acesso ao ser perfil de consumo, oferecendo então às melhores soluções financeiras respectivas às suas necessidades de base econômica.


Um sistema que conversa com as inovações tecnológicas adotadas nos mais diferentes tipos de mercado, no qual a conexão torna-se o principalmente motivador por trás das mais diversas relações que hoje podem ser encontradas no mercado.


Passando por um novo modelo de associação adotado pela própria sociedade, através das redes sociais e de outras plataformas nas quais os usuários preenchem e alimentam com suas informações, enquanto recebem conteúdos produzidos por pessoas terceiras.


Uma relação que permite a todos os presentes compartilharem experiências, conhecimentos e até mesmo necessidades, o que diretamente acaba por afetar os mercados comerciais, tendo acesso a esses dados refinados de comportamento.


Facilitando para uma empresa que presta serviços de segurança patrimonial encontrar não apenas o público que mais se adequa às soluções oferecidas pela sua companhia, como também encontrar e desenvolver recursos mais atraentes para essa audiência.


Por outro lado, quando se pensa em questões que envolvem o seu dinheiro, é comum o indivíduo ficar inseguro sobre essas novas possibilidades financeiras, mas o Open Banking conta com um sistema de proteção capaz de responder a essas preocupações.

A segurança que envolve o Open Banking

Quando se pensa em diversas instituições financeiras, podendo compartilhar os seus dados entre si, é compreensível a insegurança dos clientes ao pensar na possibilidade de ver as suas informações sendo partilhadas por diferentes associações.


No entanto, o Open Banking é operado com toda a segurança possível, ao ser institucionalizado em território nacional pelo Bacen (Banco Central), permitindo que apenas as instituições regulamentadas pelo mesmo possam adotar o sistema de Open Banking.


Da mesma forma que ocorre com as transferências via Pix, um programa financeiro cada vez mais popular no Brasil, visto as praticidades que essa ferramenta trouxe para os usuários e para os projetos comerciais por eles administrados.


Por isso, assim como um escritorio de contabilidade e consultoria deve trabalhar com softwares de segurança e sistemas próprios, quando se pensa na administração das informações sobre os seus clientes, o mesmo acontece com o Open Banking, porém em escala maior.


Nesse caso, as instituições bancárias operam através de uma API (Application Programming Interface, uma interface de programação de aplicações). Programa esse que é criado com intuito de criar uma plataforma exclusiva para as entidades bancárias.


Ou seja, uma interface protegida contra a invasão de terceiros, ao mesmo tempo que pode ser alimentada com os dados referentes aos clientes dos bancos, formando assim um conjunto otimizado de informações, através do cruzamento dessa grande série de dados.


Tudo a ser regulamentado pela LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), uma lei que trabalha com a proteção dos dados dos usuários, dando a ele o completo controle das suas informações, com os bancos precisando de sua permissão para acessar suas informações.


Uma relação que faz com que um escritório que atue com o serviço de antecipacao de recebiveis tenha certas responsabilidades no que se trata da faixa de crédito dos seus usuários, sendo necessário a autorização dos mesmos para oferecer soluções associadas.

Os benefícios trazidos pelo Open Banking

Para garantir que os clientes de uma instituição financeira se sintam confortáveis a partilhar os seus dados, é preciso que os mesmos sejam recompensados com soluções que se relacionam ao uso dessas informações por diferentes entidades econômicas.


Como resultado direto a isso, se encontra o Open Finance, um serviço que atua com o compartilhamento desses dados em busca de oferecer aos clientes diferentes possibilidades de investimento, em cima da base de dados coletada no Open Banking.


Entre os beneficios, vale destacar alguns, tais como:


  • Controle sobre os seus dados;
  • Maior gerência sobre suas finanças
  • Tarifas e taxas reduzidas;
  • Liberdade durante a contratação de serviços;
  • Inclusão financeira.

Com base nessas vantagens citadas, o mais fácil de ser compreendido é o poder que o usuário passa a ter sobre as suas finanças, facilitando assim as operações realizadas por uma assessoria trabalhista, que busca garantir os direitos do seu cliente.


Muito disso graças ao acesso também dos clientes ao seu próprio perfil comercial, formado a partir do seu valor de crédito no mercado, ou seja, o seu status de bom credor, que é analisado pelas instituições em uma situação de empréstimo ou financiamento.


Com o Open Banking, essa relação torna-se mais fácil de ser analisada, sem que um usuário precise construir um perfil de pagamentos em dia junto a uma instituição específica para obter acesso aos seus serviços ofertados, já tendo um bom histórico em outro banco.


Uma relação que permite a todos os envolvidos, dos bancos aos clientes, contarem com o auxílio de um sistema que protege ambos os lados presentes em uma negociação financeira, garantindo uma maior segurança tanto para o credor como para o fiador.


Favorecendo assim o trabalho realizado também por instituições que atuam como a ponte entre ambos os públicos citados, como um serviço de auditoria blindagem segurança, que busca identificar problemas e pontos positivos relativos ao investimento em um projeto.


Garantindo assim uma maior segurança para os indivíduos que buscam aplicar as suas economias em um investimento específico, como a abertura de um negócio próprio.


O mesmo acaba por valer aos bancos e instituições financeiras relacionadas, que permitem esse empréstimo tendo uma maior certeza sobre a probabilidade do mesmo ser recompensado positivamente com esse investimento terceiro.


De uma forma geral, é possível associar o Open Banking como um serviço responsável por uma relação mais segura entre os bancos e seus clientes, tendo a certeza de que os seus dados estão sendo manuseados e analisados com segurança pelas entidades relacionadas.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

GeraLinks - Agregador de links