Mostrando postagens com marcador Curiosidades. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Curiosidades. Mostrar todas as postagens

4.10.22

Aparelho de contenção: qual sua finalidade

Uma das maiores ansiedades de quem realiza algum tratamento ortodôntico, é chegar em seu final. Porém, o uso do aparelho de contenção é muitas vezes esquecido por alguns indivíduos.


Já que no final do tratamento, é comum realizar o uso da contenção. Então, é importante saber um pouco mais sobre ele.


Antes de tudo, é sempre bom ressaltar que hoje, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a questão estética da cavidade oral.


Entretanto, ainda falta um cuidado maior em realizar visitas ao consultório dentário, já que é lá que ele cuidará de sua saúde bucal, além de realizar os tratamentos, caso seja necessário.


Dessa maneira, é fundamental conhecer um pouco mais sobre algumas das formas mais comuns de tratamento, que é justamente o aparelho de contenção, entendendo sua finalidade e a razão dele ser utilizado ao final de qualquer procedimento ortodôntico.


Desse modo, se ainda sim, surgir algum outro problema pontual, é relevante consultar um dentista de urgência.


O que é o aparelho de contenção


Muitas pessoas acham que o tratamento ortodôntico consiste apenas no uso daquele aparelho metálico mais comum, que conta com braquetes e borrachinhas.


Porém, isso não necessariamente acontece em todo caso, já que é muito comum utilizar um aparelho de contenção no final da manutenção de aparelho ortodôntico.


Pode ser definido como a última etapa do tratamento, o aparelho de contenção tem uma finalidade diferente do ortodôntico, já que ele não faz com que seus dentes realizem qualquer movimento.


Entretanto, na realidade, ele impede que os seus dentes façam movimentos que possam prejudicar a sua arcada dentária.


O aparelho de contenção tem diversas vantagens quando utilizado no tratamento, e ainda pode evitar o uso de lente de contato para os dentes, por exemplo, já que possibilita a manutenção da sua saúde bucal, além de alguns outros benefícios, como:


     Mantêm os dentes no lugar;

     Impede que o tratamento seja perdido;

     Facilita na hora da escovação;

     Não causa dores.


Vale ressaltar a importância de salientar acerca dos tipos existentes de aparelhos de contenção. Eles costumam ser utilizados, dependendo da necessidade do paciente, sendo então divididos majoritariamente em dois mais comuns, os fixos e os móveis.


No primeiro tipo, ele pode ser aplicado tanto na parte superior da arcada dentária, quanto na inferior. Porém, costuma ser mais comum no segundo caso, e como o próprio nome sugere, ele não pode ser removido pelo paciente.


É uma estrutura simples, em que é composta apenas por uma pequena extensão reta metálica, que fica retida na parte interna do dente e então, se torna um aparelho mais discreto, ficando quase invisível, além de acumular menos bactérias. 


Caso tenha alguns problemas dentários, consulte uma clínica especializada em periodontia.


Em contrapartida, o aparelho de contenção móvel pode ser retirado pelo próprio usuário, como o próprio nome também sugere. Ele é modelado para cada pessoa, sendo composto tanto por materiais metálicos quanto plásticos.

Além disso, costuma ser utilizado mais na arcada superior dentária. Embora seja mais discreto que o aparelho ortodôntico comum, é menos discreto que um fixo.


Pois, o fio metálico aparece na parte frontal dos dentes, mas também é apenas um filete de metal, o que é muitas vezes ignorado.


O uso de ambos é muito importante após o tratamento, pois realmente está lá para garantir que o tratamento seja finalizado com êxito.


Dessa forma, evitam que os dentes se movimentam desnecessariamente e prejudicam o tratamento que já é muito extenso e isso não é nada favorável ao usuário.


Cuidados e higienização com o aparelho de contenção


Agora que ficou mais fácil de entender do que se trata esse tipo de aparelho, assim como o seu uso ao final do tratamento, é importante saber como cuidar da saúde bucal e do próprio aparelho para evitar que esses problemas ocorram.


O primeiro ponto que deve ser ressaltado é que no caso do aparelho móvel, a limpeza é mais fácil de ser feita.


Isso acontece porque, pelo fato dele ser móvel, é mais comum que não se acumulem tantos resíduos, como no caso de um aparelho fixo. Por isso, a limpeza deve ser mantida de maneira constante e eficaz.


Além disso, a escovação dentária deve ser uma prática que sempre deve estar em foco, já que é muito fácil dos aparelhos reterem comida, e isso pode resultar em sérios danos na cavidade bucal, além do surgimento de problemas, como a cárie, por exemplo.


No geral, sempre realize consultas ao dentista, pois ele quem irá fazer a manutenção do aparelho, além de indicar os melhores tratamentos, caso seja necessário.


Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.


Aqui indico ao meu network de amigos diversos produtos interessantes em conteúdo referente ao gosto de meus seguidores.

2.7.22

O chocolate vai acabar? O fim do chocolate no Planeta Terra


Parece improvável, mas a verdade é que existe uma data estimada para isso: 2050. 

O fim desta iguaria, consumida no mundo inteiro, está relativamente próximo, para nossa tristeza!

Aviso oficial

Foi a organização Oxfam Intermón que alertou o mundo da iminente possibilidade.


Antes disso

É claro que, antes de sua possível extinção, o cacau poderia tornar-se um alimento de luxo, tão exclusivo quanto o caviar. O fenômeno da subida de preço aconteceria por volta de 2030.

Produção prejudicada

Segundo o relatório da Oxfam Intermón, a mudança climática seria a principal causa do fim do chocolate.

Seca e aumento de temperatura

Os especialistas apontam o aquecimento global e a seca extrema como as principais causas que afetarão com as plantações de cacau, em todo o mundo.

Gana e Costa do Marfim

O Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT) analisou, em um relatório, as plantações de Gana e da Costa do Marfim. Juntos, estes países são responsáveis por mais de 50% da produção mundial de cacau.

Calor

Segundo o CIAT, nestes dois países, as temperaturas vão aumentar cerca de 2ºC, até 2050, o que tornaria a colheita do fruto quase inviável. O cacau precisa de clima tropical e húmido, além de temperaturas em torno de 20ºC.

Cultivo em florestas tropicais

As sementes do cacaueiro, que crescem com chuvas abundantes ao longo do ano, seriam seriamente afetadas pela falta de chuva e pelo aumento da temperatura.

Processo de maturação do fruto

O cacaueiro precisa de cerca de cinco anos para que seu fruto atinja o ponto ideal de maturação. Por isso, a National Oceanic and Atmospheric Administration afirma que as mudanças climáticas não vão afetar a geração atual de cacaueiros, mas a próxima, sim.

Demanda crescente

Além disso, o longo ciclo de maturação do fruto não supre a alta demanda da sociedade atual.

Há alternativa?

Por enquanto, a Mars, uma das principais fabricantes de chocolate do mundo, fez uma parceria com a Universidade da Califórnia, em Berkeley, para tentar desenvolver um novo método de produção.

Modificação de DNA

O plano é usar o CRISPR, uma tecnologia que permite que o DNA e o genoma das plantas de cacau sejam modificados, para poder sobreviver em ambientes mais secos e quentes.

Recomendações

A National Oceanic and Atmospheric Administration recomenda que os agricultores cultivem plantas de cacau específicas. Sobretudo, que sejam mais resistentes à seca.

Uma medida tradicional e eficaz

Outra alternativa é implementar o método tradicional sustentável, feito no Brasil, conhecido como 'Cabruca'. Neste processo, diferentes tipos de árvores são plantados na selva, para fornecer mais sombra para as plantas de cacau.

Incremento de preço

Certamente, as medidas para ajudar na produção do cacau são válidas, mas está claro que, no futuro, ele será um item muito mais caro do que é hoje.

Chocolate branco?

Por isso, muitas marcas começaram substituir o cacau, diminuindo sua pureza, para tornar o chocolate mais acessível ao público em geral. Basta olhar para as prateleiras dos supermercados. Quem nunca experimentou um chocolate branco?

Informações MSN

20.6.22

Quais os cursos mais procurados em 2022?


Após concluir o ensino médio, o sonho de muitos adolescentes é ingressar na universidade. No entanto, muitos ainda têm dificuldades com relação a escolha do curso, que de fato é uma decisão importante. 


Além dos adolescentes, muitos adultos que desejam ter mais uma graduação se pegam pensando em qual curso iniciar, e muitas vezes acaba até desistindo por conta de não ter certeza da escolha. 


Apesar dessa decisão ser importante, é uma decisão individual, onde o adulto e o adolescente devem levar em conta suas áreas de maior destaque na escola. Isso quer dizer que, se uma determinada pessoa tinha um maior domínio na área de ciências da natureza, um curso, como o de biologia, pode ser interessante. 


No entanto, pensando em facilitar o processo de escolha do curso, separamos aqui em nosso artigo, alguns cursos online gratuitos mais procurados para a graduação. Ao continuar a leitura, você pode ter uma luz e pensar com mais clareza em qual área seguir.

Gestão de recursos humanos

O curso de gestão de recursos humanos, sem dúvidas, é um dos mais procurados por diversas pessoas. Nesse curso, o aluno será preparado para trabalhar no RH de organizações públicas ou privadas de qualquer segmento. 


De forma mais abrangente, podemos dizer que o profissional da área de recursos humanos será o responsável por recrutar, selecionar, treinar e administrar as relações trabalhistas, além de prestar auxílio em qualquer tipo de dúvida relacionada ao trabalho. Por fim, vale destacar que é um curso rápido, com duração de apenas 2 anos, ou seja, quatro semestres.

Administração

Outro curso que também está sendo bastante procurado por diversos estudantes é o de administração. Nesse curso, os alunos serão preparados para gerenciar os recursos de uma instituição (privada ou pública) ou de uma empresa, seja por meios materiais, financeiros ou humanos. 


No caso do curso de administração, sua duração é um pouco maior, podendo durar 4 anos, ou seja, oito semestres, no entanto, alguns alunos podem levar mais tempo para concluir o curso, ao optarem fazer menos disciplinas por semestre. 

Marketing

Mais um curso muito procurado por diversas pessoas é o de marketing. O curso, que tem a duração de 4 anos, ou seja, 8 semestres, consiste em um conjunto de atividades, as quais devem ser desenvolvidas com o objetivo de compreender as necessidades dos clientes e do mercado, para atendê-las da melhor forma. 


Nesse caso, apesar do conceito estar bastante relacionado com a questão das vendas, o marketing engloba diferentes etapas que acontecem antes e depois da comercialização de um determinado produto ou serviço. 

Engenharia

Uma área bem clássica, que nunca deixa de ser concorrida, e que está entre uma das mais procuradas é a de engenharia. É um curso bastante longo, podendo durar até 5 anos, no entanto, nessa área, o estudante têm diversas opções de especializações, veja: 


  • Engenharia Civil;
  • Engenharia Florestal;
  • Engenharia Mecânica;
  • Engenharia Elétrica;
  • Engenharia Biomédica;
  • Engenharia Mecatrônica.
  • Engenharia da Computação;
  • Engenharia de Produção;
  • Engenharia Ambiental e Sanitária.
  • Engenharia de Alimentos.

Medicina

Outra área que também é muito procurada pelas pessoas é a área da saúde, ou seja, medicina. Assim como o curso de engenharia, o curso de medicina tem uma duração bem longa, podendo chegar a 6 anos, sendo 2 anos para o ensino básico, 2 anos para os estudos clínicos e 2 anos para o internato. 


Além disso, o curso de medicina oferece ao estudante diversas áreas de especialização: cardiologia, neurologia, radioterapia, pediatria, patologia, oftalmologia, infectologia, homeopatia, endocrinologia, dermatologia, dentre muitas outras. 

Direito

Outro curso bem clássico e que sempre está em alta entre os cursos mais procurados pelos estudantes é o de direito. É um curso com a duração igual ao curso de engenharia, ou seja, de 5 anos, no entanto, de acordo com o Ministério da Educação, o aluno pode colar grau mesmo sem cumprir o prazo mínimo.


Nesse curso, os estudantes são preparados para se tornarem profissionais qualificados, capacitados para cuidar da aplicação de leis e normas jurídicas, no entanto, é um curso que permite ao aluno escolher a área de atuação que mais lhe agrada. 

Publicidade e Propaganda

Em sétimo lugar, um dos cursos mais procurados pelos estudantes é o de Publicidade e Propaganda. É um curso com uma duração de 4 anos, ou seja, 8 semestres, e apesar de ser muito parecido com o curso de marketing, conta com algumas diferenças. 


Nesse curso, os alunos serão instruídos de forma a conseguirem fortalecer a imagem das marcas e empresas, junto com o público, através da criação de campanhas e peças publicitárias, promovendo serviços, produtos e ideias.

Odontologia

Outro curso da área da saúde que também é bastante procurado por diversos estudantes é o de odontologia. É um curso que tem duração mínima de 5 anos, e é uma das áreas essenciais, já que atua na saúde.


Assim, se você tem dúvida em qual curso escolher, considere algumas das dicas mencionadas aqui e seja um profissional de sucesso.

3.1.22

Depois de ganhar 54 vezes na loteria, ex-BBB acerta 16 quinas na Mega da Virada


Ex-participante do “Big Brother Brasil 11”, Paulinha Leite já começou 2022 com o pé direito: ganhou na Mega da virada, acertando 16 quinas em bolões. A sorte do lado dela não é nenhuma novidade. No reality show da TV Globo, por exemplo, as provas de sorte valendo prêmio, ela faturou carro, apartamento e moto. E quando o assunto são as premiações das Loterias Caixa aí é ainda mais impressionante. Sozinha, a loira acumula 54 vitórias — isso porque ela só conta aquelas em que ganha acima de R$ 1 mil.

“Ainda não recebi o dinheiro do prêmio, não sei o que vou fazer. Escolho os números com base no que vejo no meu dia a dia, que me chamam a atenção. Aí vou misturando com os números que mais saem, outros jogos com os que menos saem e vou escolhendo…”, explica Paulinha, que tem os números 4 e 14 como favoritos.

Jogando desde os 21 anos, a rondoniense, hoje com 34, decidiu aliar o hobby e a sorte com uma empresa de apostas em bolões. Os números são ela quem escolhe, mas criou um sistema para fazer os desdobramentos de jogos, com as diferentes combinações. Em seu site, a ex-BBB disponibiliza as cotas para os interessados comprarem.

Paulinha já perdeu a conta do total em reais de quanto já lucrou, mas já ganhou sozinha, em um único prêmio, R$ 570 mil. Desde que começou a empresa, há um ano e quatro meses, já ganhou em um bolão R$ 2,7 milhões de reais, no prêmio de independência da Lotofácil, que dividiu com mais dez pessoas. O que lucra, vira investimento.

23.10.21

Conheça 7 curiosidades sobre a independência do Brasil


Sem sombra de dúvidas, a independência do Brasil é um marco para a história do nosso país, então, deve ser comemorada sempre. Não é à toa que existe um feriado para o dia em questão, para que todos se lembrem da luta até que esse dia chegasse.


Mas você sabia que existem muitas histórias e curiosidades interessantes sobre esse dia? Pois bem, o texto de hoje abordará 7 dessas curiosidades, algumas um pouco mais informativas e outras simplesmente interessantes por si só.


Nossa pátria amada Brasil, hoje, é uma país independente com um amplo território, uma história fantástica e uma diversidade sem igual. 


Embora a sondagem de solo, por exemplo, tenha se espalhado pelo mundo e a tecnologia continue avançando para evoluir a sociedade em si, nada disso apaga as lutas e a beleza pela qual este país já passou, triunfando em muitas e aprendendo com outras


Pode-se dizer que foi uma longa caminhada de tormento, dificuldades e de sacrifícios até o dia da independência do nosso país, mas graças à ajuda de muitos, junto de outras grandes figuras históricas, nossa independência chegou por meio de uma grande conquista.


Assim como é preciso que um engenheiro civil estude automação predial, é necessário que todos os brasileiros estudem a história do país para entender mais a fundo como chegamos a independência e como essa data é marcante para a história no geral.


Não apenas isso, mas quando se tem o conhecimento sobre algum assunto, fica mais simples entender os motivos que levaram as pessoas da época a tomarem tais decisões e, até mesmo, como elas influenciaram outros momentos marcantes na história.


Portanto, assim como um contador de fluxo precisa ser analisado para se entender o seu desempenho, iremos abordar um pouco mais essa história e apontar algumas curiosidades muito interessantes sobre todo o processo de independência do Brasil.


Para ficar por dentro de todas essas informações e acompanhar de perto, confira os tópicos a seguir, onde o conteúdo será melhor abordado e desenvolvido. Sem mais delongas, vamos a ele.

As curiosidades que englobam o processo

Diferentemente do pensamento de muitos, a independência do Brasil não é apenas um dia, foi um longo processo político que englobou diversas decisões para que chegasse até o momento onde Dom Pedro ergueu sua espada e proclamou a independência às margens do rio Ipiranga.


Assim como a galvanização a quente por imersão, o processo é bastante conhecido por todos e possui algumas curiosidades interessantes, as quais podemos nos apegar e desenvolver um certo interesse de como as coisas nem sempre são como nos contam.


Quando pensamos em independência, primeiramente, nos vem à mente alguns elementos como:


  • Pinturas e imagens heróicas;
  • Processo político;
  • Acontecimentos muito específicos;
  • Idealizações de momentos.

Não tirando a beleza de nossa independência nem a luta e as dificuldades daqueles que viveram na época, mas algumas coisas não são ditas, e é sobre elas que você lerá a seguir. Portanto, se ajeite na poltrona perto da divisória piso teto da sua casa, e confira!

01 - Leopoldina da Áustria assinou a independência

Diferentemente do que muitos pensam, embora Dom Pedro tenha proclamado a independência, foi sua esposa, Leopoldina da Áustria que assinou o decreto. 


Nessa época, em 1822 para ser mais exato, ele havia partido para o que hoje é conhecido como estado de São Paulo para resolver conflitos políticos, nomeando a sua esposa como Chefe de Estado e Princesa Regente interina do Brasil.


Enquanto estava em São Paulo, chegou um ultimato de Portugal para que o Príncipe Regente retornasse para o país. Então, Leopoldina reuniu no Rio de Janeiro todo o Conselho de Estado e assinou o decreto que separava o Brasil de Portugal em 02 de Setembro de 1822.

02 - Problemas intestinais assolavam Dom Pedro

Assim como é possível acontecer imprevistos com uma estação redutora de pressão, não poderia ser diferente com o corpo humano, e foi isso que aconteceu com Dom Pedro.


Em 5 de Setembro, o futuro imperador do Brasil ainda não havia recebido a notícia de que o país se separara de Portugal, e seguia com toda a sua comitiva rumo ao Rio de Janeiro perto do rio Ipiranga.


Porém, Dom Pedro estava sofrendo problemas intestinais e sua comitiva era forçada a realizar diversas pausas não programadas ao longo do trajeto. Quando chegou o dia 7 de Setembro, dia que ele recebeu a notícia, aconteceu o famoso Grito do Ipiranga.

03 - O quadro da independência é idealizado

Mesmo uma empresa que vende sensor de nível pode melhorar um pouco suas qualidades durante o marketing, e não foi diferente com o quadro pintado por Pedro Américo em 1888.


Pois bem, quadro esse que se popularizou, sendo a imagem que a grande maioria dos brasileiros lembram quando se fala de independência.


No quadro, Dom Pedro marcha com a guarda imperial, mesmo que ela ainda não existisse na época. Sem mencionar os cavalos lindos e impecáveis que fortalecem a imagem do Império, sendo que o trajeto foi realizado junto de mulas.


Por fim, a famosa frase não foi dita ao mesmo tempo que o imperador erguia a espada, sendo as suas palavras “Viva a Independência e a separação do Brasil! Brasileiros, a nossa divisa de hoje em diante será Independência ou morte”.

04 - O começo da dívida externa

Embora a independência tenha sido proclamada em 1822, Portugal só a reconheceu em 1825, e cobrou uma indenização enorme de 2 milhões de libras esterlinas. O Brasil com nada, os cofres vazios voltaram para a corte do país.


Sem saída, um empréstimo para a Inglaterra foi requisitado, começando então a famosa dívida externa que acompanhou o país durante longos anos.

05 - O motivo

Assim como quando você precisa de um leito para cabos, a principal causa da necessidade por independência não surgiu do nada, foi um longo processo que se deu a um grande desgaste dos colonos brasileiros com a elite de Portugal.


Isso já acontecia com frequência, mas com a chegada da família real nessas terras, tudo se intensificou, fazendo com que fosse natural a vontade de se criar a independência.

06 - O Prelúdio do Dia do Fico

Dom João VI fez com que o Brasil deixasse de ser um colônia e fizesse parte do Reino Unido de Portugal e Algarves. Porém, com a queda de Napoleão Bonaparte em 1815, houveram muitas revoltas em Portugal e políticos maquinavam acordos com Espanha, Inglaterra ou França.


Dom Pedro, então, foi requisitado a voltar para Portugal mas, com a influência e orientação de diversos intelectuais da época, além de motivos políticos, ele decidiu ficar no Brasil e, sua decisão foi dada em 9 de janeiro de 1822, ficando conhecido como Dia do Fico.

07 - A independência é muito celebrada até hoje

Sendo um motivo de muita alegria e festa, a independência do Brasil é comemorada até os dias de hoje, sendo uma das homenagens mais bonitas e interessantes a do Exército brasileiro junto de seus desfiles e carros fantásticos.


Já em Brasília, os desfiles são marcados com a presença de aviões das Forças Armadas, contendo diversos shows aéreos e até mesmo a participação de membros que lutaram e estiveram na Segunda Guerra Mundial.


Em outros lugares do país, cada Estado comemora de sua maneira e, muitas vezes, o assunto se tornou tema de escolas de samba durante o período de Carnaval.

Considerações finais

O texto de hoje abordou sobre diversas curiosidades e informações importantes sobre a independência do Brasil, mostrando como foi o processo, alguns mitos e outras verdades sobre esse dia que é tão importante para a história do nosso país.


Apesar de tudo, é uma data extremamente importante e que foi o pontapé inicial para que o país deixasse de ser colônia de Portugal e começasse a tomar as suas próprias decisões. Porém, não deve ser descartado esse período histórico.


Portugal faz parte da história de nosso país e muito de nossa cultura vem por influência deles, sem mencionar de outros países e povos mundo afora. Não é à toa que o Brasil é conhecido por ser um país muito miscigenado e diversificado.


Esse tipo de evento constrói a imagem que nossa pátria possui, mostrando ao mundo como apesar de sofrida e difícil, nossa história é repleta de garra, vontade e luta. Em outras palavras, é uma história para se orgulhar.


Agora que já ficou mais claro como é importante entender o passado para projetar o futuro, procure estudar um pouco mais sobre como o Brasil se transformou ao longo dos anos, buscando sempre conhecer ao máximo a nossa história.


Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

GeraLinks - Agregador de links