Mostrando postagens com marcador Casa e Jardim. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Casa e Jardim. Mostrar todas as postagens

24.11.21

Faxina: 5 dicas para planejar a limpeza da casa


Fazer uma limpeza em casa é fundamental. Ela garante que você terá ambientes mais agradáveis e que seus móveis e eletrodomésticos durarão mais tempo, sendo cuidados com muito mais atenção.

Entretanto, para muitas pessoas, a faxina pode parecer um luxo, devido a suas rotinas corridas e estressantes, que não dão o tempo adequado para poder parar e realmente fazer uma limpeza pesada na casa, trocando até mesmo a manta asfáltica.

Para realizar uma faxina com qualidade, o passo mais importante que você precisa dar é o planejamento. Dessa forma, você consegue uma programação de limpeza, identificando pontos de maior importância e como otimizar seu tempo nesse processo.

Cada casa é única, e tem suas próprias necessidades. Enquanto a poeira pode ser o maior problema de um apartamento, o excesso de gordura pode ser uma urgência para resolver em outro.

É importante que você conheça sua casa e faça uma análise detalhada de todas as necessidades e prioridades na questão de limpeza, uma vez que isso ajuda a conseguir estruturar melhor a ordem de faxina que será realizada.

Saber desse tipo de ação ajuda a identificar uma série de elementos importantes, como por exemplo:

  • Quantidade de faxinas em um mês;
  • Tipos de produtos necessários;
  • Tempo de cada faxina;
  • Necessidade de ajuda.

Dessa forma, seu planejamento indica todos os detalhes que você precisa ver para manter sua casa em ordem com qualidade e com mais saúde, uma vez que terá uma estrutura adequada para os cuidados com o local.

Normalmente, uma faxina é realizada mensalmente, mas isso não significa que a casa fica à deriva o resto do mês. Fazer um planejamento de limpeza envolve também a manutenção da faxina, que pode ser semanal.

Isso acaba tendo um impacto muito positivo em sua rotina, uma vez que você começa a se programar com antecedência e consegue entender melhor sua necessidade e como otimizar o tempo da limpeza para aproveitar melhor sua casa limpa e até mesmo fazer a limpeza de caixa d água com qualidade.

Por que fazer um planejamento de limpeza?

Embora o ato de limpar a casa seja de comum acordo com a maioria das pessoas, poucas se preocupam com a questão do planejamento. A desculpa mais comum para deixar de lado esse processo é que as tarefas simplesmente irão se repetir.

Esse argumento não é mentira, uma vez que você fará sempre as mesmas tarefas quando estiver limpando a casa, mas é esse motivo especificamente que torna tão importante o planejamento de limpeza.

Isso porque com o planejamento adequado, você consegue identificar melhor a distribuição dessas tarefas, e quando realmente precisa realizá-las, otimizando assim o tempo para realizar a tarefa em uma rede de proteção varanda e o tempo para aproveitar posteriormente.

Com um bom planejamento, você mantém uma casa limpa e organizada, que dá gosto de ficar, mas sem perder um tempo precioso de seu descanso fazendo essa limpeza. Além disso, é ideal que você cuide de um cômodo por vez.

Dessa maneira, você consegue prestar atenção detalhada a esse cômodo, garantindo que não vai deixar nada por fazer e que o local estará arrumado e organizado corretamente, evitando o retrabalho posteriormente.

O planejamento é consistência. Isso significa que com o tempo, é possível ter uma mentalidade apropriada sobre o processo de limpeza da casa. É comum que pessoas que desenvolvem um sistema de limpeza evitem o acúmulo de bagunça.

Assim, você trabalha na base toda vez que usar algo e sujar, como pratos e talheres, você limpará imediatamente depois do uso, evitando a necessidade de perder tempo em uma limpeza desnecessária.

Quando for a hora de fazer uma faxina mais pesada, esse tipo de atitude facilita o trabalho, uma vez que será mais fácil limpar sujeira que tenha ficado e organizar itens que já haviam sido lavados anteriormente, como rampa avançada.

O planejamento também cria uma forma justa de divisão de tarefas entre você e os outros moradores de sua residência, sejam amigos ou familiares. Com o planejamento, todos têm suas tarefas definidas.

Essas tarefas podem ser rotativas, para não ficar maçante para ninguém, mas é importante que cada um faça sua parte para você conseguir resultados mais efetivos ao fazer uma boa limpeza em sua residência.

Dicas para planejar uma faxina

Agora que você entende melhor a importância de fazer um bom planejamento para a limpeza de sua casa, é hora de pensar em algumas dicas que podem tornar esse processo muito mais fácil de lidar.

Entretanto, é preciso ter em mente que nem todas as dicas funcionam para todas as pessoas. É preciso ter em mente que cada um tem sua maneira de fazer limpezas e faxinas, e as dicas de planejamento são para ajudar a otimizar esse processo.

Por isso, é importante que você consiga adaptar esse tipo de recurso a sua realidade para alcançar resultados mais expressivos na faxina e consiga aproveitar melhor seus recursos para deixar a casa limpa sabendo comprar produtos de limpeza.

  1. Estabelecendo rotinas

A limpeza é, por si só, um trabalho repetitivo. Por isso, quando você estabelece algumas rotinas, consegue identificar as limpezas diárias de cada cômodo, reduzindo o acúmulo de sujeira para dias de limpeza mais pesada.

Arrumar a cama e guardar roupas, lavar louça e tirar lixo são ações que devem ser realizadas todos os dias, para garantir um ambiente saudável e limpo em sua residência mesmo em dias que não foram separados para a limpeza.

Além disso, uma das rotinas mais importantes para decorar é a de guardar um objeto imediatamente depois de usar. Assim, você evita a desorganização, que muitas vezes leva tempo desnecessário nos dias de faxina.

  1. Divida as tarefas ao longo da semana

Para lidar com todo o serviço que a casa demanda sem perder todo o tempo de descanso que você tem, é possível distribuir as atividades ao longo dos dias da semana, o que ajuda a aliviar um pouco este trabalho.

Criar um cronograma pode ser uma maneira efetiva de trabalhar com as necessidades de sua casa, mas também de aproveitar cada dia para dar uma atenção especial para alguns elementos em particular, como a limpeza de corrimão de vidro.

Conhecer sua casa é uma excelente maneira de conseguir um resultado mais efetivo para esse tipo de ação, uma vez que você consegue compreender as dificuldades e as atividades relacionadas a este ambiente.

  1. Pense na complexidade

A realização de atividades de limpeza durante a semana não é de igual dificuldade. Existem algumas tarefas mais simples, enquanto outras demandam mais tempo e atenção.

Portanto, é importante pensar em dias que você está mais descansado para fazer as atividades mais exaustivas. Além disso, é interessante pensar em produtos de qualidade para facilitar esse tipo de trabalho.

Hoje, existem diversas opções no mercado pensadas especificamente para você conseguir um resultado mais satisfatório com sua limpeza, sem precisar ficar se desgastando desnecessariamente.

  1. Atenção a sua rotina

A melhor maneira para criar um cronograma de limpeza satisfatório é adaptá-lo à sua rotina.

Assim, você consegue fazer todas as atividades necessárias para manter a casa em ordem sem precisar se desdobrar em um dia que você tem muitas tarefas além dos serviços de limpeza e conservação.

Com isso, você consegue adaptar melhor o programa de limpeza com seu tempo livre, incluindo o período de descanso. 

Se você deseja ter um dia em que não faz nenhuma tarefa, é fundamental saber controlar melhor os outros dias para atingir este objetivo.

  1. Divisão de tarefas

Todas as pessoas que moram em sua casa dividem os espaços comuns e muitas vezes tem seus próprios cômodos para cuidar. A responsabilidade de manter a casa em ordem é coletiva, e não singular.

Cada pessoa tem um tempo livre específico, além de condições e disposição para ajudar. Se você mora com alguém que tem problemas respiratórios, pode colocá-lo para ajudar na limpeza da cozinha, evitando locais com poeira como estofados.

No final, todos os moradores conseguem colaborar para um ambiente mais organizado e confortável, podendo finalizar a faxina decorando vasos com plantas de uma distribuidora de flores, gerando assim uma responsabilidade coletiva na manutenção desse ambiente.

Considerações finais

Para realizar uma faxina de qualidade em sua casa, é necessário pensar em diversos elementos, e muitas vezes ter um bom planejamento de limpeza ajuda a identificar cada um destes pontos e como você pode otimizar estes resultados para conseguir melhores ações.

Dessa forma, você consegue um ambiente mais confortável e satisfatório, onde todos poderão aproveitar melhor e descansar sem a preocupação de atividades que ficaram por fazer para a manutenção do imóvel.

Atualmente, você pode até mesmo contar com o apoio da tecnologia, usando aplicativos que ajudam a manter o controle do planejamento e com produtos de limpeza de ponta que facilitam o trabalho como um todo.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

20.11.21

O que são as luminárias solares e porque você precisa de uma?



As luminárias solares são equipamentos que utilizam a energia solar para gerar luz elétrica, contribuindo diretamente para a redução da conta de luz dos estabelecimentos e residências. Este tipo de dispositivo é muito utilizado em jardins, piscinas, garagens e áreas abertas em sítios e condomínios, conferindo charme e iluminando o ambiente.
 
Com um sistema de funcionamento muito parecido com os sistemas de geração de energia solar, as luminárias solares contam com uma pequena placa solar instalada em seu interior. Este dispositivo é responsável por captar a energia do sol e transformá-la em luz elétrica, sendo que muitos modelos acendem automaticamente com o cair da noite. 

Como funciona uma luminária solar?

O funcionamento das luminárias solares é muito semelhante ao dos sistemas instalados nos telhados, em que as placas solares captam a energia do sol e a transformam em eletricidade que é distribuída pela casa. Porém, a luminária funciona de maneira isolada: cada uma delas tem uma placa independente, que capta e reserva a energia para funcionar a noite. 

Para isso, o dispositivo é formado pelos seguintes componentes:

  • Painel solar fotovoltaico, que capta os raios solares e os converte em eletricidade;
  • Controlador de carga, que controla a tensão e corrente para carregar a bateria da luminária sem causar danos elétricos;
  • Bateria, que armazena a energia gerada;
  • Fotoresistor, que detecta o cair da noite e aciona a lâmpada automaticamente;
  • Lâmpada LED. 

Onde as luminárias podem ser utilizadas?

Este é um dispositivo ideal para jardins, áreas com piscina, garagens, sítios, parques, campos esportivos a céu aberto, áreas industriais, estradas, aldeias rurais e muitos outros locais. Em geral, a indicação de uso é para pontos onde não é necessária tanta luz constante, uma vez que suas lâmpadas são pequenas. 

Locais com chão de terra ou grama são ideais, uma vez que a instalação das luminárias solares não exige que sejam quebrados os pisos e paredes para conectar fios elétricos. O próprio sistema do dispositivo garante seu abastecimento.
 
Vantagens de utilizar luminárias solares

A principal vantagens das luminárias solares é sua facilidade de instalação. A maioria dos modelos é do tipo “espeto”, bastando apenas fincar o dispositivo no local que será iluminado. Caso seja necessário trocar a peça de local, é só tirar do lugar e espetar em uma área nova. 

Outro benefício importante está associado ao fato de as luminárias serem independentes da rede elétrica, e seu funcionamento não representa um gasto a mais na conta de luz. Esta é uma característica que também dispensa o uso de fios ligados a tomadas, o que poderia prejudicar a estética e decoração do local. 

A maioria dos modelos conta com função de acionamento automático, o que também representa facilidade no dia a dia, já que não é preciso lembrar de ligar e desligar o dispositivo. Por fim, é importante destacar também que este é um tipo de energia sustentável, que ilumina o ambiente sem emitir nenhum tipo de poluição ou consumir alguma fonte não renovável. 

20.10.21

O que é um interruptor intermediário?


O interruptor intermediário, também conhecido como four way é utilizado para ampliar o número de interruptores em um circuito paralelo. Ou seja, com ele é possível utilizar três, quatro, ou mais interruptores para ligar ou desligar uma mesma lâmpada! Assim, um hall amplo, com várias entradas, pode ter um interruptor próximo a cada porta e todos irão ligar a desligar as mesmas lâmpadas que iluminam este hall. Por este motivo, o interruptor intermediário deve ser adquirido sempre em conjunto de mais um par de interruptores paralelo. São necessários dois interruptores paralelos e ao menos um intermediário para se completar um circuito com um interruptor intermediário.

Qual a diferença de um interruptor intermediário para um paralelo ou um interruptor simples?

Um interruptor paralelo comanda a iluminação de 3 ou mais pontos distantes. A instalação deve ser sempre realizada com 2 interruptores paralelos e quantos interruptores intermediários forem necessários para atender ao circuito de iluminação.

O interruptor intermediário é diferente do interruptor paralelo e do tradicional. Ele pode possuir mais de quatro terminais, ou bornes, em sua parte de trás. Geralmente os interruptores intermediários possuem seis terminais. Enquanto o interruptor paralelo possui três terminais e o interruptor tradicional possui apenas dois terminais.

Existe uma maneira mais simples?

O Bluelux Pro é um produto que se conecta ao seu interruptor simples já instalado. Ele cria um novo interruptor paralelo virtual em seu smartphone!

Utilize interruptores do tipo pulsador

Um botão pulsador é o tipo de interruptor geralmente utilizado em campainhas. Eles também podem ser utilizados para controlar a automação e são muito utilizados em Automação Residencial. Clique aqui para saber mais sobre Interruptores do tipo Pulsador.

Caso utilize Interruptores do tipo Pulsador e um módulo Bluelux, você criar de uma maneira super simples um circuito com N Interruptores do tipo pulsador que ligam e desligam o mesmo circuito de iluminação.

Basta ligar um fio de fase em cada um dos Pulsadores e o Retorno de Fase de todos no mesmo fio Vermelho do módulo Bluelux. Depois disso, basta configurar pelo aplicativo que este módulo está conectado a Interruptores Pulsadores que o circuito já estará funcionando!

Configuração do módulo que deve ser realizada no aplicativo Bluelux para poder utilizá-lo em conjunto com Pulsadores.

14.10.21

5 dicas para escolher as cores certas para o seu ambiente

Escolher as cores certas para cada ambiente de sua casa é um passo fundamental para conseguir decorar o imóvel do jeito que você está planejando. Embora em alguns casos seja ideal contar com a ajuda de um especialista, a decisão final permanece sua.

As cores são muito importantes para definir elementos como o tom que o ambiente terá e o quanto de leveza você deseja para o cômodo usando tinta oleo. Além disso, a funcionalidade do imóvel também deve ser levada em conta nesse tipo de situação.

Ambientes empresariais ou comerciais devem ter alguns padrões diferenciados, enquanto ambientes residenciais estão mais vinculados ao estilo do proprietário e o que ele deseja fazer para decorar o ambiente.

Dessa forma, as cores acabam tendo um importante papel desde o início do planejamento de design. As cores são um dos principais elementos notados, por isso é importante que você saiba escolher corretamente esse tipo de atividade na hora de ir a uma loja de vendas de tintas.

Normalmente, os ambientes da casa têm pouca ligação entre si. Você não vai pintar sua cozinha da mesma cor que o quarto ou a sala de estar. Por isso, é importante saber como escolher suas cores e que tipo de tom dá uma impressão melhor para cada ambiente.

Pintando sua casa: veja como!

Se você deseja fazer a pintura por conta própria, é importante se atentar a alguns elementos importantes. Embora não seja uma tarefa impraticável de se fazer por conta, é preciso conhecimento e técnica para que tudo saia conforme o desejado.

Pintar uma parede vai muito além de simplesmente pegar um balde de tinta e começar a aplicar no local. Você precisa de algumas ferramentas que serão fundamentais para o trabalho, por exemplo:

  • Pincéis e espátulas;
  • Lixas;
  • Lonas plásticas;
  • Bandejas para tinta.

Além de muitos outros elementos que ajudarão você a trabalhar corretamente a questão das cores e da pintura. Ademais, pintar uma parede pode fazer muita sujeira se você não for cuidadoso, principalmente em um ambiente com cerâmica decorativa.

O ideal é que você retire os móveis do ambiente antes de realizar a pintura, mas caso isso não seja possível, pelo menos afaste-os da parede para que você consiga trabalhar de maneira mais adequada com esse tipo de situação.

A cor da tinta também é um detalhe muito relevante, uma vez que a combinação de cores pode representar uma série de sensações e sentimentos que vão de encontro ao tipo de ambiente que você está querendo criar.

Dessa forma, você pode utilizar as cores para tornar um cômodo mais aconchegante, como um quarto, ou mais funcional, como uma área de home office ou uma cozinha. A escolha final de cores é sua, e deve refletir a qualidade desse tipo de ação.

Muitas pessoas pensam que os custos de uma reforma são muito altos. Mas a verdade é que com uma escolha diferente de tintas, você pode fazer uma transformação completa em sua casa com um custo muito menor do que o imaginado.

É importante, entretanto, que você saiba escolher com qualidade a tinta para a parede, uma vez que ela ficará um longo tempo em exposição. É melhor gastar um pouco mais para ter tranquilidade na hora de fazer suas ações, sem atrapalhar, por exemplo, a implementação de automação luzes residencial.

Além disso, o tipo de cor que você escolhe para um ambiente diz muito sobre ele e o que você está tentando despertar nas pessoas que estão neste cômodo.

Se você quer estimular as pessoas a circularem e interagirem mais em um determinado ambiente, o ideal é tratá-lo com cores quentes. Por outro lado, as cores frias como o azul e o violeta deixam o ambiente mais calmo e relaxante, ideal para um espaço de reflexão.

Mesmo o branco pode ser uma excelente opção de cor para as paredes, uma vez que você pode aproveitar o tom para lugares mais funcionais, onde a iluminação deve ser clara e objetiva. É muito comum encontrar em áreas de serviço e cozinhas.

A mescla de temperatura pode gerar ambientes únicos e muito interessantes. A escolha certa pode deixar uma área de sua casa muito mais profissional, sendo perfeito para um cômodo de home office ou uma oficina de ACM revestimento chapa.

Neste caso, o ideal é fazer uma combinação que estimule a atividade e o mantenha desperto, mas sem tirar o foco da atividade em si.

Escolhendo as cores para seu ambiente

Se você deseja ter uma escolha assertiva de cores, é interessante ter em mente alguns pontos. Neste conteúdo foram separados itens importantes para a escolha correta de cores em sua casa, embora estes não sejam os únicos elementos que você deve ter em mente.

É preciso saber lidar com os esquemas de cores, sobretudo para adaptá-los à sua realidade, dessa forma permitindo escolhas muito mais assertivas para suas atividades em geral de forma harmoniosa e assertiva para a decoração de seu imóvel.

1 - Análise de espaço

Um dos pontos mais importantes para esse tipo de atividade é identificar o espaço que você tem para realizar suas ações. No caso de uma residência, é preciso pensar no tamanho dos cômodos para identificar as cores que serão aplicadas.

Cores muito escuras em um ambiente apertado podem passar uma sensação claustrofóbica, que acaba sendo ruim para o ambiente e impede que as pessoas possam aproveitar com qualidade o espaço de, por exemplo, serviço de calibração.

Já em empresas, é interessante pensar em como o espaço impacta a produtividade de seus colaboradores, identificando formas de aprimorar esse tipo de atividade com mais qualidade.

2 - Prioridade de cores

As cores que você gosta devem ser priorizadas na hora de trabalhar com este recurso. Não adianta você montar um ambiente que não vai se sentir confortável para poder utilizar com qualidade.

Sua residência deve refletir seu estilo e gosto pessoal, por isso é muito importante que você saiba como trabalhar isso em relação às cores que aplica em sua residência, dando prioridade para aquelas que estão dentro de um mesmo espectro.

No caso de empresas, é importante pensar em sua identidade visual quando estiver escolhendo as cores. Dessa maneira, você consegue trabalhar muito mais assertivamente com esse tipo de recurso, por exemplo, em uma loja de produtos para limpeza de pisos industriais.

3 - Faça a simulação da pintura

A tecnologia é uma importante ferramenta de trabalho, e ela pode ajudar você a identificar uma série de detalhes antes de colocar a mão na massa efetivamente, conseguindo um resultado muito mais próximo daquilo que você esperava.

Hoje, existem diversos softwares de arquitetura e decoração que permitem que você trabalhe com relação a esse tipo de situação, permitindo que você simule como sua casa ficaria pintada das cores desejadas.

Assim, você consegue ter uma ideia de como ficará o ambiente pronto, decidindo assim se utilizará as cores escolhidas ou se mudará os planos para escolher tons que combinem mais com o ambiente que você está tentando criar.

4 - Busque novas inspirações

A internet é um excelente local para você buscar novas inspirações na hora de pintar sua casa. Existem diversas imagens de ambientes decorados que podem ser a base para aquilo que você quer fazer em sua casa.

Por isso, é importante que você faça uma boa pesquisa antes de investir em uma reforma de pintura, identificando quais são suas principais necessidades e como trabalhar efetivamente com estes recursos, observando suas opções em vendas de tintas

5 - Ajuda profissional

Embora você possa fazer tudo sozinho, muitas vezes o gasto de tempo e recursos acaba não valendo a pena, por isso planeje e faça orçamentos com profissionais para identificar se o valor se encaixa em seu orçamento ou não.

Os profissionais de pintura farão o trabalho de forma rápida e precisa, muitas vezes limpando qualquer resíduo de tinta ou sujeira que for feita durante o processo. Em muitos casos, acaba sendo a melhor opção para você conseguir trabalhar efetivamente.

Se você pode aproveitar a ajuda profissional para realizar sua pintura, não hesite, uma vez que isso pode ser muito benéfico a longo prazo.

Considerações finais

Escolher as cores de sua casa pode ser um trabalho custoso, e leva tempo até que você consiga identificar todas as misturas de tons que deseja fazer. Por isso, o planejamento é uma parte essencial desse processo, o qual você precisará se atentar a diversos pontos.

Assim, quando iniciar o processo de reforma e a pintura das paredes, você terá um norte a seguir caso algum imprevisto venha a acontecer, permitindo que você esteja mais adaptado a qualquer problema e consiga trabalhar para ter um imóvel como você sempre sonhou.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

16.9.21

Aerogerador para casas pode gerar até 5kWh/dia


Uma empresa indiana desenvolveu e lançou para o mercado um pequeno aerogerador para casas que permite gerar até 5kWh/dia, e isto ao preço de um smartphone!

O projeto foi desenvolvido pela startup Avant Garde Innovations, sendo assim um gerador de energia de baixo custo que pode ajudar famílias em zonas isoladas, bem como quem pretenda poupar dinheiro com eletricidade!

Caraterísticas do aerogerador para casas

Este dispositivo possui 3 metros de diâmetro, visto ser pequeno é ideal para casas, pequenos comércios ou aplicações em zonas rurais. Consegue gerar até 5kWh/dia e tem um custo de apenas 750€, valor inferior ao de um iPhone (por exemplo).

O aerogerador tem o nome de AVATAR™, e visto que funciona com a energia do vento, gera energia durante o dia e a noite, quer faça sol ou chuva. A empresa garante que tem baixa manutenção, gera energia renovável limpa e dá uma garantia de dois anos e uma vida útil de 20 anos!


Este aerogerador pode ser instalado em pouco tempo, numa pequena área no chão ou no telhado de uma casa!

Caraterísticas técnicas

  • Turbina de fluxo axial supereficiente, multifásica, multivoltagem e sem escova
  • Energia renovável limpa, capaz de produzir 5kWh por dia a velocidades médias do vento de 5,5m/s
  • Acionamento direto, sem engrenagens
  • Velocidade inicial de apenas 1,4m/s, capaz de aguentar até velocidades de 60m/s
  • Silencioso, mesmo de 10% do ruído do vento
  • Possível controlar as RPM para uma maior vida útil do rolamento e instalação segura no telhado
  • Ajusta-se à direção do vento
  • Produz energia dia e noite, faça chuva ou sol, verão ou inverno
  • Consegue otimizar o espaço, apenas precisa de 1/3 do espaço ocupado por painéis solares e pode funcionar em complemente ao sistema fotovoltaico
  • É amigo das aves, sendo que tem as lâminas pintadas e à noite brilha no escuro
  • Vida útil entre a 20 a 25 anos
  • Tem baixa manutenção e sem necessidade de limpeza regular
  • Potência nominal 1kW
  • Tensão nominal 24V/48V/230V

Onde comprar aerogerador para casas?

A Startup colocou este aerogerador para casas à venda em sites da internet, como o AliExpress, sendo compatível com 48v 96v, 110v, 120v, 220v, 230v, 240v e já tem valor de conversão da moeda.


GeraLinks - Agregador de links