Blog Diferente Para Ser Diferente
O Portal do Bem Seja Hoje Diferente tem o objetivo de unir em todo o Brasil pessoas, grupos e organizações que fazem o bem não importa a quem!

Divulgação Reprodução - Crédito Fonte

A Prefeitura da cidade de São Paulo, por meio do Prefeito Bruno Covas, anunciou neste domingo, 17 de maio de 2020, a suspensão do rodízio mais rigoroso que estava em vigor desde 11 de maio de 2020.

“Retiramos em média, quando comparamos essa semana do rodízio com a anterior, 1,27 milhão de veículos por dia. Mesmo diante de tanta incompreensão, diminuímos em 5,5% o número de passageiros da cidade nesta sexta-feira, 15, comparado com a sexta-feira, 08. Menos 64.266 passageiros circulando em nossos ônibus”, disse.

Contudo, segundo Covas, foi reduzido em apenas dois pontos percentuais o isolamento social, chegando a uma média de 46% a 48%, mantendo-se abaixo de 50%, o que seria o ideal.

O rodízio funcionava durante o dia inteiro, com um dia podendo circular apenas veículos com placas finais pares e no outro somente veículos com placa final ímpar.

Mesmo com o objetivo de aumentar o índice de isolamento e de acordo com a Prefeitura, ter retirado por dia cerca de 1,5 milhão de veículos, o saldo de uma semana não foi o esperado, com o isolamento subindo entre 1 e 2% apenas, e o transporte público recebendo um aumento na demanda de passageiros.

“A capital não é uma ilha como a nova Zelândia, nossas ruas se misturam, são 1.746 ruas que começam em uma cidade e terminam em outra”, afirmou o prefeito.

REGRAS DO RODÍZIO

De acordo com Covas, as regras do rodízio voltam como antes da pandemia, como o rodízio normal, válido apenas nos horários de pico (das 7h às 10h e das 17h às 20h), com a seguinte restrição:

Segunda-Feira: carros com placas finais 1 e 2;
Terça-Feira: carros com placas finais 3 e 4;
Quarta-Feira: carros com placas finais 5 e 6;
Quinta-Feira: carros com placas finais 7 e 8;
Sexta-Feira: carros com placas finais 9 e 0.

MULTAS

Ainda segundo o prefeito, as multas aplicadas na semana passada serão mantidas, sendo anuladas apenas quem tinha direito à isenção, após os recursos serem analisados. “Quem foi multado, foi multado”, disse Covas.

FERIADOS

O prefeito também vai enviar um Projeto de Lei para a Câmara apreciar em regime de urgência, com o objetivo de antecipar dois feriados municipais. Assim, o dia de Corpus Christi e da Consciência Negra seriam pontos facultativos.

“É difícil acreditar que alguns prefiram que a população seja submetida a uma roleta russa”, disse. “Não há outro caminho no momento em que estamos, antes de pensar em abrir precisamos parar”.

A proposta será discutida nesta segunda, 18, às 15h. A expectativa, caso o projeto seja aprovado, é de que os feriados sejam antecipados ainda para esta semana.

LOCKDOWN

Sobre a possibilidade de lockdown na cidade de São Paulo, o prefeito Bruno Covas afirmou que a decisão deve ser tomada em conjunto com outros municípios, partindo do Governo do Estdo.

“O governador mencionou que tem estudos sobre a mesa, isso está sendo debatido no comitê de saúde criado por ele. Estamos debatendo com o governo do estado esse tema. o município não tem condições de fazer isso sozinho porque não tem poder de polícia e porque a gente vive em uma região metropolitana, com mais de 1700 ruas, que começam em São Paulo e terminam em outra cidade”, disse Covas.

Fonte: Jessica Marques para o Diário do Transporte
Postagem Anterior Próxima Postagem

Direcione qualquer que seja sua colaboração e doação ao SHD, diretamente conosco, só assim nossa corrente do bem em ajudar a quem precisa e grupos parceiros ligados direta ou indiretamente ao SHD, onde repassamos em 100% a quem precisa de modo simples, humilde, honesto e verdadeiro; só assim você terá a certeza que 100% da sua colaboração chegará ao SHD; Dúvidas, Sugestões, Feedback; Agendar Entrega na sede do SHD ou Retirada Pelo Fusca do SHD ou Veículo Autorizado; Ofertar Colaboração, Doação; Parcerias, Divulgação, Guest Posts e Outros. Entre em contato pelo Whatsapp no botão abaixo:

Whtasapp Oficial do Seja Hoje Diferente