Blog Diferente Para Ser Diferente
Seja Uma Pessoa Melhor, Diferente Você já é ! - Junte-se ao Grupo de Amigos do Seja Hoje Diferente - Bem Vindo (a).

Imagem Reprodução Divulgação

O GP da Rússia de Sebastian Vettel pareceu promissor por cerca de 25 voltas: na manhã deste domingo (29), ele largou em terceiro, mas saiu muito bem e virou líder após estratégia da Ferrari, junto a Charles Leclerc, para segurar Lewis Hamilton. 

A briga pela vitória parecia que ficaria com a escuderia italiana, mas não foi bem assim.

As informações são do Esporte Yahoo Confira:

Na volta 28, logo após sua primeira parada nos boxes, Vettel foi forçado a abandonar em Sóchi. Via rádio, a Ferrari avisou que o piloto deveria encostar o carro: "Pare agora", foi a ordem direta.
Vettel ainda contestou: "É sério?" - mas de nada adiantou. O MGU-K de seu motor, que recupera energia de frenagens, sofreu falha e parou de funcionar. 

O tetracampeão do mundo, então, se revoltou e bradou contra os motores atuais da Fórmula 1: "Tragam a porra dos motores V12 de volta."

Os motores V12, no caso, não são usados na F1 desde 1995. Os V6 híbridos chegaram à categoria em 2014, e têm sido alvo de polêmica desde então.
Postagem Anterior Próxima Postagem

Veja abaixo mais um artigo do Seja Hoje Diferente!