14.11.18

Princesa Isabel


Filha do Imperador Dom Pedro II  e da Imperatriz Tereza Cristina ela assinou a Lei do Ventre Livre e a Lei Áurea.

Tornou-se herdeira do trono brasileiro depois da morte prematura do irmão mais velho. A Princesa Isabel foi regente do Império em três ocasiões, sempre durante as viagens de D. Pedro II à Europa.

Uma das mulheres de destaque na história do Brasil, a princesa Isabel morreu no dia 14 de novembro de 1921, durante seu exílio na Europa. 

Conhecida pela sua luta pelo fim da escravidão no Brasil, ela decretou, no dia 13 de maio de 1888, por meio da Lei Áurea, o fim do trabalho escravo no país. 

Milhões de escravos foram libertados após mais de três séculos de uso desse tipo de mão de obra. Por ter acabado com a escravidão no Brasil , que atingiu 12 milhões de africanos, o papa João XIII ofereceu à princesa a comenda da Rosa de Ouro. 

Anos antes, ela já tinha sancionado a Lei do Ventre Livre, no dia 28 de setembro de 1871, que consistiu no passo para a extinção da escravidão. Por esta lei, todos os filhos de escravos nasciam livres. 

A princesa Isabel foi regente do Império em três ocasiões, sempre durante viagens do imperador Dom Pedro 2º para a Europa. Fato raro na época, a princesa Isabel só teve o seu primeiro filho, Pedro de Alcântara, 11 anos após seu casamento, em 1864, com Gastão de Orléans, o conde d Eu. 

Depois, nasceram outros dois filhos: Luiz Maria Felipe e Antônio Gusmão Francisco. Com a proclamação da República, em 1889, a família real deixou o Brasil para se exilar na Europa. 

A princesa Isabel viveu os seus últimos dias em Paris, com grandes dificuldades de locomoção no final de sua vida. 

Uma curiosidade é o tamanho do seu nome completo: Isabel Cristina Leopoldina Augusta Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga de Bragança e Bourbon d Orléans. 

A princesa nasceu no dia 29 de julho de 1846, no Rio de Janeiro.

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário