30.11.18

Os Valores da Família

Imagem  Família Divulgação Internet

A família é a primeira escola das virtudes sociais de que a sociedade tem necessidade" (Diretório da pastoral familiar CNBB. Frente a esta realidade a família traz em si inúmeros valores essenciais que por nada pode ser ofuscado, tolhido ou menosprezado, pois a família não é somente lugar de crescimento pessoal, afetos e transmissão de cultura entre as gerações, mas sim uma comunidade de amor, o lugar do direito e do princípio do cuidado, da solidariedade, da partilha, da amizade, do companheirismo e do respeito e unidade.

A família é imagem de Deus do qual tem sua origem, seu modelo perfeito, motivação e fim último na comunhão de amor das três pessoas. E ao tornar-se pais, os esposos recebem de Deus o dom de uma nova responsabilidade. O seu amor paternal é chamado a tornar-se para os filhos o sinal visível do próprio amor de Deus, pois, "È de Deus qual deriva toda a paternidade no céu e na terra". 

Tendo em vista que Deus constituiu o matrimônio princípio fundamental da sociedade, a família tornou-se a célula primeira e vital da mesma. É da família que saem os cidadãos e também é no seio da família que se encontra a primeira escola das virtudes sociais; conhecidas como a alma da sociedade.

A família foi sempre considerada como a primeira e fundamental expressão da natureza social do homem. "A família delineia-se, no desígnio do Criador, como lugar primário da "humanização" da pessoa, da sociedade, do berço da vida e do amor".

A família é o lugar e ao mesmo tempo o instrumento mais eficaz de humanização e de personificação da sociedade. Não obstante, em nossos tempos é possível constatarmos uma sociedade cada vez mais despersonificada, desumana e desumanizante. Observamos por exemplo: o crescimento da violência de forma assustadora, à miséria, a fome, as drogas, pornografia e tantas outras desordens que fere a essência da família.

Segundo o compêndio de doutrina social "A família, comunidade natural contribui de modo único e insubstituível para o bem da sociedade. Ela é a primeira sociedade humana, tendo em vista que ela é uma comunhão de pessoas".

A família deve estar em conexão intima com a sociedade, e esta em resposta a sua participação não deve deixar de lado o seu dever de respeitar e promover a família tendo em vista que ela constitui um valor indispensável e irrenunciável, possui direitos próprios, inalienáveis, que jamais podem ser rechaçados. Assim afirma a exortação apostólica: (...) "As autoridades públicas devem fazer o possível por assegurar todas aquelas ajudas econômicas, sociais, educativas, políticas, culturais de que têm necessidade para fazer frente, de modo humano, a todas as suas responsabilidades".

Infelizmente em nossos tempos a família célula base da sociedade sujeito de direitos e deveres tanto do Estado como de qualquer outra comunidade encontra-se muitas vezes como vítima da sociedade da lentidão das suas intervenções e das suas patentes injustiças.

A família é o lugar natural onde o amor, que é o valor essencial e a mais profunda exigência humana, se realiza e se expande; amor mútuo do homem e da mulher; amor de ambos pelos filhos, que são a síntese viva deles mesmos e a garantia de sua prolongação e sobrevivência no tempo; amor dos filhos aos pais e dos irmãos entre si. 

Quando a família falha nessa função, os reflexos dessa falência podem traumatizar profundamente os seus membros e dar origem a desajustes psíquicos que repercutem em toda a sua vida, mesmo profissional e pública.

Artigos Maravilhosos sobre a Família clique aqui

COLUNISTA PORTAL - EDUCAÇÃO
O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.
Acesse: www.portaleducacao.com.br

Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário