2.10.18

Cuidados com o seu violão


Saudações Amados:

Minha filha Brenda Christine é iniciante no tocar violão então resolvi fazer um artigo sobre os "Cuidados com o Violão" que serve tanto para ela quanto para todos os amados visitantes que tem ou estão pensando em comprar um violão.

Os cuidados com o violão são essenciais para que você consiga preservá-lo durante muito tempo sem ter muitos problemas. Após a compra do seu primeiro, por exemplo, não adianta começar a tocá-lo e logo após deixá-lo jogado em um canto repleto de umidade ou com uma constante presença da luz do sol. É importante seguir alguns cuidados para que ele não apresente futuros problemas. Mas então, quais cuidados devemos tomar?


Criar uma rotina de cuidados com o violão pode evitar com que ele empene o seu braço, descole o cavalete ou até mesmo quebrar o seu tampo. Sendo assim, acredito que manter certos hábitos ao guardá-lo e após tocá-lo podem vir a te ajudar a mantê-lo sempre em um bom estado de uso, além de você permanecer com o mesmo violão durante muito tempo.

A seguir cinco dicas que podem ser aplicadas e adquiridas de modo a melhorar o seu cuidado com o violão, principalmente caso você tenha comprado o seu primeiro.

1. Flanela ou pano nas cordas

Após tocar violão durante um tempo, quando for guardá-lo, é importante passar uma flanela ou tecido de algodão ao longo das cordas e do braço do instrumento. Esta ação evita com que as cordas oxidem de maneira mais rápida, devido ao tecido absorver o suor que ficou nas cordas durante o estudo ou apresentação com o violão.

Além disto, é válido também passar por toda a escala do instrumento, casa por casa, desta forma será possível diminuir a absorção do suor pela madeira. Esta dica vale tanto para os violões com cordas de nylon quanto com cordas de aço.

2. Guardar o violão afinado

Um dos maiores mitos do violão é desafiná-lo um pouco antes de guardá-lo para evitar com que o braço sofra danos com a tensão das cordas. Isto certamente é algo que deve ser evitado

O correto é guardar o violão sempre com a afinação em que ele deve estar ao ser executado. Desta forma, o braço do instrumento vai ganhando estabilidade com a tensão das cordas que você utiliza.

Ao guardar desafinado, o braço fica instável e propicia ainda mais o seu empenamento, principalmente em violões que não tem tensor. Sendo assim, nunca desça a afinação de seu violão antes de guardá-lo, ou seja, vá pelo caminho contrário, verifique a sua afinação.

3. Posição para guardar

Outro ponto importante e fundamental para os cuidados com o violão é a posição em que você o coloca quando vai guardá-lo. 

O mais correto é comprar um suporte de chão, em que o violão fica em pé e apoiado pela parte inferior e pelo braço (com as cordas voltadas para frente), ou um gancho de parede, em que fica da mesma forma como em uma loja de instrumentos musicais.

Outra forma possível é sempre posicioná-lo com as cordas voltadas para baixo, caso você tenha uma superfície em que o violão pode ficar plano e “deitado”. 

Desta forma você estará evitando possíveis empenamentos do braço do instrumento. Porém, faço uma grande ressalva. Jamais coloque o violão na parte superior de um armário ou embaixo de uma cama.

Estes locais tendem a ser ou muito úmidos ou muito quentes, o que não é favorável para uma boa preservação do violão. 

Caso não possa comprar estes equipamentos ou não tenha uma superfície plana, você pode guardá-lo em pé e encostado em uma parede pela sua lateral. Outra posição é colocá-lo com as cordas voltadas para a parede. Desta forma você evita possíveis acidentes em que podem quebrar o braço do violão.

4. Evitar guardar o violão em locais úmidos e quentes

A madeira é capaz de absorver a umidade do ambiente assim como secar por conta dele. Por conta disto, muitos violões podem apresentar problemas como inchaços ou rachaduras no tampo, caso não sejam feitos os devidos cuidados.

Com a umidade o violão tende a inchar, podendo interferir no cavalete como elevar alguns trastes, tirando-os do lugar e causando certos trastejamentos. No caso de ambientes secos, a umidade presente no violão tende a sair, ressecando-o e podendo causar rachaduras ou o descolamento do cavalete, isto se ele não levar também parte do tampo.

Se em sua casa tiver um local em que não tenha a ação direta do sol e nem um excesso de umidade, opte em deixar o violão neste local. Desta forma você estará evitando alguns problemas que podem vir a acontecer com seu instrumento.

Evite deixar o violão no carro, principalmente em dias ensolarados. Com o calor a afinação sofrerá alteração por conta do dilatamento das cordas, mudando assim a tensão que elas exercem no braço do instrumento. 

Apenas para pontuar algo que já é óbvio, também não devemos expor o violão a água e, consequentemente, a chuva.

5. Capa ou hardcases

Um item indispensável nos cuidados com o violão é a compra de uma capa para transportá-lo ou um hardcase

Eles garantem uma preservação melhor do violão, protegendo-o contra o sol, chuva e impactos, no caso do segundo item. Além disto, você pode deixá-lo dentro de uma capa ou hardcase sempre que for guardar o violão, principalmente caso você não tenha um suporte de chão ou um gancho de parede, mencionados anteriormente.

Vale ressaltar que uma capa serve mais para o transporte do que a proteção contra impactos. Como existem diversos modelos, principalmente na maneira em que você irá segurar o violão, eles podem ser bem úteis em alguns casos, facilitando o seu deslocamento.

Um hardcase é mais interessante por ele conseguir proteger e transportar o violão, porém, a depender do material ao qual é fabricado, pode ficar muito pesado e grande. Aqui vale levar em consideração o seu uso do violão, no quanto você deseja protegê-lo e no quanto você tem para gastar. Independente disto, com certeza este é item importantíssimo a ser adquirido.

Caso seu violão apresente algum dos problemas antes mencionados, entre em contato com um luthier (profissional que constrói e repara instrumentos) que você conheça ou que lhe seja indicado. É importante resolver o quanto antes qualquer avaria que venha a aparecer, seja no braço ou no corpo do instrumento. Um violão parado só tende a piorar a sua sonoridade.

Caso você esteja procurando um profissional em luthier ou por aulas de violão o SHD Indica:



Sucesso, Saúde, Proteção e Paz!



Um comentário:

  1. Estou adorando as aulas e muito grata a Deus pelo meu violão. Recomendo aos moradores do bairro que querem aprender tocar violão, entre em contato com o thiago.

    ResponderExcluir

Veja também: