15.8.18

Aumenta as pessoas que estão colecionando selos - Colecionar Selos


Diversas são as maneiras de se iniciar uma coleção. Uns iniciam com selos retirados das correspondências da família ou recebidos como herança de algum parente filatelista que deixou uma coleção. Outros começam comprando os selos nas Agências dos Correios ou em casas comerciais especializadas.

Na hora de decidir como você vai montar sua coleção de selos, é preciso criatividade para pensar como ela será desenvolvida. Você pode escolher o tema que mais gostar: esportes, artes, cidadania, ecologia, personalidades, meios de transporte, aviação, fatos históricos, educação, entre outros, e ilustrar a coleção com selos do Brasil e de outros países.

Para ser um bom colecionador, é fundamental que você conheça, também, um pouco da história das comunicações e do selo postal. Assim, na hora de conversar com seus novos amigos, você não ficará de fora e entenderá tudo o que é comum ao bate-papo de um grupo de amigos do selo.

Selos são pequenas estampilhas adesivas, geralmente de papel, utilizadas para comprovar o franqueamento de objetos postais ou o pagamento de prestação de serviços postais. Eles são ilustrados com motivos de cunho artístico e cultural alusivos a temas específicos, razão pela qual se tornam peças de colecionamento muito procuradas e de alto valor agregado.

Para ser reconhecido internacionalmente, todo selo emitido precisa ter o seu Edital, uma espécie de “Certidão de Nascimento” em que estão detalhadas todas as características da emissão.



SELO COMEMORATIVO: 



Selo postal de tiragem limitada, alusivo a comemoração de data de destaque no segmento sociocultural, com repercussão nacional ou internacional. O prazo de comercialização é pré-determinado e o prazo de circulação indefinido.

SELO ESPECIAL: 



Selo temático não relacionado a comemorações de eventos específicos, voltado à demanda filatélica nacional/internacional, com tiragem limitada, prazo de comercialização pré-determinado e circulação indefinido.

SELO REGULAR: 

Também conhecido com selo ordinário, selo definitivo ou selo permanente, trata-se de emissão não comemorativa, com tiragem ilimitada e prazo de comercialização indeterminado e circulação indefinido. São normalmente auto-adesivos, apesar de existirem modelos gomados.

SELO PROMOCIONAL: 

Selo destinado a estimular a divulgação de idéias, fatos ou campanhas promocionais específicas, em âmbito nacional, sem caráter comemorativo, idealizado pelos Correios ou em parceria com outras instituições.
Pode ser pré-taxado, ou seja, valor adicional não vinculado à emissão e nem ao serviço postal. Depende de autorização do Ministério das Comunicações e a renda gerada é repassada da ECT para a instituição parceira.

SELO PERSONALIZADO: 

Selo destinado a estimular a divulgação de idéias, fatos ou campanhas promocionais específicas, em âmbito nacional, sem caráter comemorativo, idealizado pelos Correios ou em parceria com outras instituições.

Pode ser pré-taxado, ou seja, valor adicional não vinculado à emissão e nem ao serviço postal. Depende de autorização do Ministério das Comunicações e a renda gerada é repassada da ECT para a instituição parceira.

Para saber mais sobre modelos de Selos:
Acesse: www.blogdoscorreios.com.br 

2 comentários:

  1. Sou colecionador de selo a 38 anos, tenho selos raros de alto valor no mercado de colecionadores, como também tenho selos que não vale mais que centavos mas são lindos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Show Odair Obrigado por sua visita e participação. Deve ser uma coleção linda, um forte abraço.

      Excluir

Veja também: