17.7.18

Ovinis e Ufologia


Ufologia (ou ovniologia) é o estudo de todas as hipóteses, evidências ou registros visuais dos ufos. UFO é a sigla de Unknown Flying Objects que significa Objetos Voadores Desconhecidos. É o mesmo que OVNI - Objetos Voadores Não-Identificados, de onde deriva a palavra "ovniologia".

São inúmeras as evidências que surgem sobre o fenômeno, desde fotos, sons, filmes ou relatos gravados por quem supostamente viveu alguma experiência relacionada. O avistamento de discos voadores, a presença de seres alienígenas na terra, o controle da humanidade por extraterrestres (ETs) são as hipóteses mais difundidas entre aqueles que acreditam no fenômeno. No entanto, acredita-se que as visões estejam relacionadas com fenômenos naturais, visões deturpadas ou alucinações.



O fenômeno dos UFOs está intimamente ligado ao universo místico e sobrenatural. As lendas e contos populares também fazem parte do processo fantasioso. Por isso, há um forte ceticismo quanto às supostas evidências que surgem sobre o tema.

Por ser difícil obter dados credíveis para estudo dos objetos que fazem parte desse fenômeno, a pesquisa feita por ufólogos não é considerada de caráter científico, apesar de cientistas das mais diversas áreas estarem envolvidos nas pesquisas.

O termo "OVNI" (do inglês ufo - unidentified flying object), largamente utilizado hoje, é relativamente recente. Foi criado pela Força Aérea dos Estados Unidos no início dos anos 50, em meio aos milhares de relatos de avistamentos que passaram a pipocar em todo o território americano desde o incidente de Washington, em 1947. 

O termo se refere a qualquer objeto extraordinário, em vôo ou pousado, que o observador não consiga identificar. Após investigação, 90% dos casos são solucionados. Em geral, trata-se de aviões em treinamento, balões meteorológicos, planetas, cometas, meteoros ou até mesmo fenômenos atmosféricos que pouca gente conhece, como formações incomuns de nuvens e alguns tipos de relâmpagos. O grande mistério, no entanto, reside nos 10% de casos que permanecem sem explicação.

Os casos de avistamento de óvnis são muito comuns entre pilotos de avião. Normalmente, as testemunhas descrevem objetos ou luzes misteriosas que riscam o céu numa velocidade muito maior que a das aeronaves conhecidas. Sozinhas ou em bandos, elas fazem inúmeras manobras arriscadas e desaparecem rapidamente, sem deixar vestígios. 

Um dos casos clássicos é o dos Foo Fighters (algo como "aviões caça-fantasmas"). Durante a Segunda Guerra Mundial, pilotos americanos relataram ter observado bolas luminosas e coloridas que surgiam do nada e pareciam perseguir seus aviões. A essas luzes, algumas vermelhas, outras laranjas e brancas, que piscavam como luzes de árvores de natal, eles deram o nome de Foo Fighters. 

Os americanos achavam que eram armas secretas dos países do Eixo. Curiosamente, os pilotos alemães relataram a mesma coisa - e pensavam que fossem armadilhas dos Aliados. Na explicação de alguns ufólogos, tratava-se na verdade de naves extraterrestres com a missão de espionar as operações militares na Terra.

Na Fonte do Blog da Brenda

Veja também: