5.9.18

Para que serve o chá de alecrim?


O chá de alecrim tem ação antioxidante, é rico em vitaminas, além de ajudar na digestão e ser diurético. Saiba mais sobre seus benefícios e o modo correto de fazer.

O Chá de alecrim é Uma bebida que possui propriedades medicinais, ele é feito a partir da Rosmarinus officinalis, uma planta originada na Região Mediterrânea mais conhecida como alecrim, mas que possui outros nomes como, alecrinzeiro, rosmarinho, erva-coada, rosa-marinha, flor do olimpo, entre outros.

O chá de alecrim é rico em nutrientes entre os quais se destacam:


  •     Antioxidantes: flavonoides, taninos e saponinas;
  •     Fibras;
  •     Vitaminas: vitamina A, C e do complexo B.
  •     Minerais: cálcio, ferro, zinco, fósforo, potássio e magnésio.


Benefícios do chá de alecrim


Os benefícios desse chá estão mais relacionados com os fitoquímicos (antioxidantes) que o alecrim contém e entre esses benefícios podemos destacar:

1. Melhora a digestão

O chá de alecrim ajuda a melhorar a digestão porque estimula a secreção biliar e combate os sintomas da má digestão como a sensação de empachamento, queimação e dores de estômago. Além disso, ajuda a tratar problemas digestivos mais sérios como gastrite e úlceras.

2. É diurético

Outro benefício oferecido pelo chá de alecrim é sua ação diurética. Isso quer dizer que ele atua diretamente no rim aumentando a produção e o fluxo urinário.

Com o fluxo urinário aumentado, ocorre maior eliminação de sódio, um mineral que quando se encontra em excesso no organismo pode causar a pressão alta e as insuficiências cardíaca e renal. Essa característica desse chá é benéfica para quem tem a hipertensão já que ajuda a controlar essa doença.

Além disso, a ação diurética desse chá ajuda a diminuir a retenção de líquido corporal, pois com a maior eliminação de líquidos pelos rins, uma menor quantidade de água é reabsorvida pelo corpo evitando, assim, o famoso inchaço no corpo.

3. É antioxidante

A ação antioxidante do chá de alecrim ocorre por causa da presença das substâncias antioxidantes. Essas substâncias agem de forma a combater os radicais livres, compostos presentes no organismo que podem causar danos às células e, consequentemente, prejuízos à saúde como o aparecimento de doenças, entre elas o câncer, doenças neurodegenerativas, doenças cardiovasculares, entre outras, além do envelhecimento precoce.

4. Melhora a memória

O chá de alecrim possui propriedades que aumenta a acetilcolina, um neurotransmissor que estimula a transmissão dos impulsos nervosos cerebrais. Com isso, as funções cognitivas como capacidade de aprendizagem, concentração e memória melhoram significativamente.

Além disso, esse chá, através dessa propriedade, ajuda a prevenir a redução das funções cognitivas em pessoas de mais idade e, com isso, contribui para amenizar os sintomas de doenças como a demência e o mal de Alzheimer.

Como preparar e consumir

Coloque um pouco mais da medida de uma xícara de água para ferver. Depois de fervida, retire a água do fogo e coloque em um recipiente. Acrescente 1 colher de café de folhas de alecrim e tampe o recipiente. Deixe descansar de 15 a 20 minutos e depois coe o chá.

Você pode tomar o chá quente ou gelado. O consumo médio do chá de alecrim é de 2 xícaras por dia. Mas para adequar o consumo dessa bebida às suas necessidades nutricionais, consulte um nutricionista ou um médico fitoterápico.

Contraindicações

O uso desse chá é contraindicado para gestantes por causa do seu efeito embriotóxico e abortivo, pois seus constituintes podem atravessar a placenta e atingir o feto. Também possui efeito teratógeno que faz com que agentes ambientais como os químicos, físicos e biológicos possam causar anormalidades na gestante e no feto.

Além disso, o chá de alecrim é contraindicado para as mulheres que amamentam e para os bebês. Em altas doses, pode ser tóxico e causar espasmos, sonolência, irritação nervosa e irritação no trato digestivo.




Gostou desse artigo?
Então visite Treino Mestre

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também: