4.9.18

Agora você tem que pagar para ler notícias - O que é pay wall?


Pay wall é um sistema de assinatura usado por jornais e outros veículos de comunicação digitais que permite ao internauta o acesso a conteúdos restritos.

Diante da diminuição das tiragens impressas, os jornais vêm adotando o pay wall em suas versões eletrônicas, na intenção de elevarem suas receitas. O primeiro jornal a aplicar o paywall de maneira abrangente e integrada foi o norte-americano “The New York Times”, cobrando por três níveis de acesso diferentes, que consideram a arquitetura de conteúdo.

Ao contrário do que se podia imaginar, a implementação do paywall -- barreira que restringe o acesso dos usuários não pagantes aos sites -- contribuiu para disparar a audiência dos grandes jornais brasileiros, que têm registrado também um significativo aumento na venda de assinaturas digitais.

Segundo executivos de jornais entrevistados pelo Centro Knight, a adoção deste "muro de pagamento" teve impactos na mentalidade e no funcionamento das redações, e tem alterado o modelo de financiamento do negócio e o perfil dos leitores, com reflexos na linha editorial das publicações.

De 2014 para 2015, a média das assinaturas digitais cresceu 27%, enquanto a média de circulação paga dos jornais impressos caiu 13%, de acordo com o Instituto Verificador de Comunicação (IVC), que há décadas certifica a tiragem dos jornais e mais recentemente começou a conferir também a circulação digital.

Em setembro de 2016, as assinaturas digitais de 33 jornais com edições online monitoradas pelo IVC chegaram a 818.873, um número 20% maior do que a média de 2015. No mesmo período, a circulação impressa caiu quase 20%, chegando a cerca de 2,6 milhões de exemplares vendidos no Brasil.

Veja mais sobre o Pay Wall clicando aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Veja também: